RSS contos eroticos

Conto Erotico Adorei ser uma puta!!!!

Sou casada há 20 anos,sou loira,gordinha e apesar de meu marido ser o primeiro e único homem que transei,minha vida sexual é muito boa.Estavamos sentados em um barzinho e depois de ter tomado duas caipirinhas eu fiquei mais solta e disse a meu marido que meu sonho era de ser uma puta,ele logo me disse que so não aceitaria outro homem me comer,mas poderia resolver meu problema. Fomos para o nosso sítio,chegamos lá ele arrumou a sala com mesinha,me mandou me vestir como uma puta.Sentou na mesa e me chamou,como se realmente estivesse em um puteiro.Me sentei a seu lado e ele perguntou quanto eu cobrava para fazer o serviço completo,dei um sorriso de safada e disse que era para irmos ao quarto e depois de pronto ele mesmo me pagaria como valeria o meu serviço. Seguimos para o quarto,ajoelhei e tirei de sua calça seu cacete,que por sinal é uma delicia,grande e grosso.chupei como uma putona chupa,enquanto ele estava em minha boca eu olhava na cara dele com jeito de safada.Ele foi ao delírio,tomava uma cerveja e me via chupá-lo.Me mandou deitar na cama e eu o obedeci,abriu minhas pernas puxou minha saia e calcinha e caiu de boca na minha buceta que é gordinha e estava totalmente depilada,ele chupava com tanto gosto que logo gozei na sua boca,quanto mais eu gozava mais ele chupava,eu me contorcia toda e gemia alto igual uma cadela vadia.Depois,ele me colocou de4 e apoiou seus pés na cabeceira da cama,e enfiava seu enorme cacete com tanta força que eu gemia e pedia mais.De repente ele deu uma chupada no meu cu e me disse que queria realmente o serviço completo,eu na hora gelei porque ja tinha tentado fazer anal com ele ñ aguentei de dor e desisti.Ele não esperou enfiou a cabeça daquele pau no meu cu e deu uma socada que me fez bater a cabeça na parede.Dei um grito de dor e tentei tirar meu cu daquele cacete,mas ele me pegou pela cintura e enfiava mais,foram socadas fortes.A dor foi dando espaço para o tesão e começei a rebolar e gemer,mandando ele socar mais e não parar.Naquele momento eu me senti uma puta de verdade e aquela sensação estava me deixando ainda mais com tesão,gozei pelo cu,não sabia que era possível,mas foi.Ele me mandou sentar na beirada da cama e colocou seu pau na minha boca,gozou muito e me mandou engolir,engoli e dei uma risada.Deitamos e depois de descansarmos ainda tiramos mais uma foda gostosa. No outro dia recebemos uns amigos para um churrasco,eu estava sentada,com o cuzinho ainda dolorido,conversando com uma amiga.Ele chegou atrás de mim e falou baixinho no meu ouvido. Quem te vê com esta carinha de puta,não sabe a piranha,safada que vc é.Soltei uma gargalhada alta,e todos me olharam sem entender nada. Espero que tenham gostado da minha história,como vcs podem ver,eu adorei ser a puta do meu marido.Bjs