RSS contos eroticos

Conto Erotico Carolzinha.... presentinho para meu marido

Bem minha historia com a Lú, e seu marido Beto, já acontece há alguns meses, quase um ano e já nos divertimos e até comemoramos nossas datas especiais cheias de transas muito boas. Na verdade a Lú até me deixa dar alguns palpites em nossas aventuras. Tivemos muitas noitadas, mas tudo começou com a historinha em que eu fui contratada por ela como sua ajudante de afazeres em casa e pediu para que eu fosse vestida como uma puta, bem vadia, poderia levar até brinquedinho, pois seriam 05 dias juntos e muitas trepadas. Lú ditas às regras, primeiro, me mostra o pau do marido, as fotos dele mole e duro, o corpo dele frente e costa. Se eu topar (é importante nos três nos acertarmos) mando fotos minhas. Mandei fotos minhas nuas, queria que vissem que tenho algumas coisinhas a mais em que ele pegaria, mostrei minha buceta, com alguns pelinhos lindinhos e lisos e ela totalmente raspadinha, cheia de creminho hidratante. Minha bunda, meus peitos enormes e branquinhos, e mais algumas. Adoraram, ele até me mandou mensagem falando que adorava minha bunda grande e que mamaria muito em meus peitos. Bem as roupas, comprei o que ela me recomendou, (ela sabe mais do que eu os gostos dele) um vestidinho rosa transparente e curto, vestido de renda curto, usado somente com fiozinho na frente e atrás, que atolaram e entraram na minha bunda e buceta. Outro pouco mais cumprido, para os passeios, com calcinha fio dental, quando caminhamos em lugares mais desertos ou pelo sitio, ela levanta o vestido atrás e deixa ele ficar olhando a bunda rebolando a sua frente, ele adora, e ela vibra com tudo isto, as vezes, quando é mais seguro, ela abaixa o decote deixa eu andar com os seios para fora, balançando, e ele fica alisando, mas, só um pouquinho para judiar.... Ás vezes na bunda, ás vezes, os peitos. É uma delicia. Na primeira vez estava muito nervosa, tremia um pouco, e eles estavam um pouco também, mas, assim que começamos a conversar, e eu fui colocar minha roupinha de safadinha, eles ficaram mais a vontade e começamos, com as passadas de mão, ele me encaixava onde dava, e eu sempre que podia abaixava e mostrava a bunda e os peitos. Até que acabei sendo mamada na cozinha, ele sentado na cadeira e eu em pé ao lado dele, e a Lú fazendo almoço pra gente. Ela olhava sorria e falava, chupa forte – isso, põe à mão na bunda dela, segura forte meu amor – e assim, depois de quase meia hora, estava pelada, deitada de bruços na mesa, ele metendo na minha buceta muito gostoso e a Lú limpando minha buceta babada, fiquei molhada de escorrer muitas vezes, ela enxugava e depois colocava o pau dele novamente e vinha me fazer carinho na cabeça e abria minha bunda para ver ele meter gostoso. Gozei duas vezes, e ele se acabou em cima de mim. Ele foi tirar uma soneca no quarto, eu fui tomar banho e colocar uma roupa mais de puta ainda e ajudar Lú fazer almoço. Nós dormimos na mesma cama, e geralmente estamos sempre os três juntos, ás vezes, andamos pelados os três pela casa e pelo quintal, ficamos assim um dia inteiro, maravilha. Podemos transar quando a Lú sai, e fazemos várias vezes isto, para que ela chegue e nos veja metendo gostoso. Ele é muito tarado, já me comeu de madrugada e acordou a Lú, para come-la de quatro, ao meu lado, fomos tomar banho, eles sempre me banham, como se eu fosse uma preciosidade deles, adoro isto, banhinho, ajudando na casa com roupinhas de puta, ela e eu conversamos bastante e namoro com ele muito. É uma delicia essa vida, não nos trocamos por nada, mas, estamos ai para ver outras aventuras. E tem muito mais acreditam?
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.