RSS contos eroticos

Conto Erotico Carona gostosa com pai e filhinha

Ola meu nome é carlos (nome ficticio) e trabalho numa empresa de transporte de valores e viajo todo norte do parana na supervisao de empresas, e foi numa dessas viagem que aconteceu essa situação verdadeira.
estava viajando na região de foz do iguaçu por volta de umas 17:00 horas quando vejo na estrada um homem com uma menina pedindo carona, não costumo dar coranas nas estradas mas resolvi parar e ajudar os dois, pergunte para onde eles iam e como eu ia passar perto os levei.
eles entraram no carro ele e a menina ele se chamava paulo e a menina evelyn.admireia a beleza da menina devia ter uns 11 anos muito bonitinha mas tava meio suja com uma vestido e de chinelo, um pouco magrinha, era loirinha cabelos até o ombro olhos clarinhos.
saimos e comecei a conversar com o paulo e a evelyn pediu para vir sentar no banco da frente com o pai dela, como a estrada era bem tranquila disse que não tinha problema e ela veio, ao se sentar nao pude deixar de reparar que ela sentava e nem ligava de abrir as pernas e mostrar sua calcinha, era azul com desenhos e tava bem sujo parecendo que não era trocada a dias. continuamos a conversa e sugeri que parassemos para comer, eles adoraram a ideia, paramos no posto da frente, como ja era de tarde falei que ia tomar um banho e ja voltava, e disse que eles podiam ficar a vontade.
fui e demorei uns 20 minutos ao voltar vi uma cena diferente a filha tava no colo do pai e o pai fazendo arinho em sua perna quase na altura na bundinha mostrando toda calcinha da filha, aquilo nao era normal entre pai e filha, ao me verem ele disfaçou e pediu para eu olhar a evelyn que ele ia tomar um banho tambem.
ele foi e ficamos eu e a menina ela tava sentada no banco do passageiro e eu no do motorista e sugeri se ela queria vir no meu colo brincar de motorista, ja sugeri isso com segundas intençoes pois ela era muito lindinha, ela aceitou na hora e veio começamos a conversar e ela sempre muito simpatica disse que estudava e tava na 4 serie, mas ja tinha repetido um ano.
no meu colo parece que ela mirou sentou bem em cima do meu pau que ja tava duro ao sentar acho que ela sentiu pois olhou para mim com uma cara mas não falou nada apenas riu, ela ficava pulando no meu colo e eu morto de tesão nisso começei a brincar de fazer cocegas nela, ela gostou e riu bastante e com isso aproveitei comecei a passar a mão em sua perna e bundinha e ela nem ligava estava muito bom pena que seu pai chegou e nos viu na hora me assustei nem pensei o que falar, mas ele nem ligou disse:
-ja ficaram amigos né ja tão brincando e minha filha é bem timida.
e ai fomos comer, pedimos comida e refrigerantes comemos e saimos, como ja era tarde sugeri que dormissemos, pois, ainda estava longe eles concondaram, pegamos um hotel de beira de estrada, como o hotel era muito sem vergonha so tinha quarto com 2 camas e como nao tinhamos escolha pegamos esse mesmo eu dormia na de solteiro e ele e a evelyn da de casal.
entramos e fomos nos acomodar o paulo pediu para a evelyn ir tomar um banho pois ela estava toda suja e pediu para ela lavar o vestido e a calcinha pois vestia uma camiseta sua pois ela nao ia sair do quarto mesmo.
ela entrou no quarto e logo pediu para o pai levar a tolha para ela , o pai deu uma regata pra ela vestir, ficou com uma camisolinha curta, agora ela tava lindinha cherosinhae limpinha.
conversamos um pouco e fomos deitar, pois iriamos sair cedo no outro dia.
deitamos e adormeci ao acordar me deparo com uma cena na cama ao lada muito excitante...
continua