RSS contos eroticos

Conto Erotico Minha esposa deu-me sua irma de presente

Minha esposa disse que sua irmã viria em nossa casa para passar o feriado, quinta-feira de madrugada minha esposa foi buscá-la no aeroporto, eu fiquei dormindo pois andava muito cansado.

não vi ela sair nem chegar, no dia seguinte acordo perto da 9:00 e vou para cozinha tomar café.

minha cunhada estava preparando o café, beijei-a e perguntei onde foi minha esposa, ela disse que foi até o super, mas iria voltar logo.

serve um café colonial com tudo que tenho direito, logo minha esposa chega e diz:- vejo que ta tratando bem meu maridinho, minha esposa é muito safada, já estava pensando em outras coisas.

minha esposa sentou no outro lado e por de baixo da mesa começou a me excitar com os pés, claro que minha cunhada viu, deixou cair uma colher para ver meu pau que já estava para fora do pijama e disse sem vergonha nem uma, que lingüiça linda me deixa frita-la.

minha mulher começou a ri e disse que essa lingüiça era somente dela, eu fiquei meio envergonhado e sai da mesa com o pau duro ainda.

fui tomar um banho minha esposa veio atrás e me chupou loucamente, eu disse que ela estava louca ela disse que a irmã dela e ela ficaram com as calcinha molhadas.

fui trabalhar, voltei pro almoço, tudo estava normal, combinamos que a noite iríamos jogar baralho.

chequei a noite, jantamos, e fomos jogar, eu sentei na ponta, minha esposa sentou-se de um lado e minha cunhado no outro da mesa.

começamos o jogo, eu já estava de pijamas e minha esposa com uma camisola transparente e uma calcinha fio dental, minha cunhada estava com uma mine saia, bem curta. logo senti um pé me tocando, pensei é minha esposa novamente querendo me constranger perto da irmã.

mas eu não tinha certeza pois o pé parecia maior, pedi um copo de vinho para minha esposa, ela levantou e minha cunhada com um olhar de puta me olhou e continuo a me excitar, fiquei louco mas eu tinha que contar para minha mulher, sempre fizemos loucuras mas contávamos um para outro antes.

tentei disser para minha cunhada parar, mas ela não parava, fiquei ali mais ou menos umas duas horas, como vi que ela não ia parar, disse que estava cansado e precisava ir dormir, infelizmente, ia deixa-las jogando sozinhas.

levantei me cuidado pois estava muito excitado e fui para o quarto, não agüentei fui até o banheiro e bati uma punheta para aliviar meu tesão.

acordei-me um pouco mais tarde com minha mulher me chupando, fiquei louco e perguntei para ela o que estava acontecendo ela com uma carinha de vagabunda disse: meu amor você me ama? eu disse claro que sim. e é verdade amo muito minha esposa.

ela voltou a perguntar me chupando e olhando dentro dos meus olhos. você me ama? eu respondi claro que sim meu amor. ela com uma carinha de puta me olha e diz preparei uma surpresa pra ti venha aqui, eu nem imaginava, achei que queria dar algum presente. levou-me até um dos quartos, pois nossa casa é bem grande, quando abri a porta, fiquei perplexo...

tinha um monte de uvas no chão e uma música de própria para dançar, me mandou sentar e disse olha a surpresa! sua irmã entra dançado e tirando a roupa.

cara foi demais, minha mulher é loira alta, seios bem formados, e a irmã dela é morena alta, ambas são muito gostosas.

a minha cunhada começou a dançar e tirar a roupa enquanto minha mulher me chupava, eu tentava não olhar, mas minha mulher me obrigava a ver a minha cunhada gostosa.

minha mulher levanta e diz: agora é sua vez eu vou dançar pra ele e você vai chupa-lo, minha mulher é muito safada, começou a dançar enquanto minha cunhada me chupava, meu pau estava muito duro, ela mordia e dizia para minha esposa olhar.

minha esposa vem por cima de mim e faz eu chupar sua buceta, eu adoro chupar a buceta da minha mulher, minha cunhada pega meu pau e coloca dentro da buceta, que estava toda molhada, minha esposa me manda fuder cada vez mais forte, minha cunhada grita de tesão e minha mulher mexe o rabo na minha cara e começa a gritar e gozar feito louca.

minha esposa manda eu me levantar e diz que agora quer me ver eu comendo o cuzinho da minha cunhada, minha cunhada fica de quatro já esperando meu pau, eu enterro tudo ela grita de prazer, minha mulher diz: sente vagabunda esse pau dentro de ti.

manda-me, comer mais forte, mas forte... logo vem e fica do lado da irmã e manda-me meter um pouco no cú dela e um pouco no cú da irmã, fica o tempo todo comandando, diz: come essas vagabundas, come seu safado, come, mete, mais forte, eu tiro de uma e boto na outra.

eu fico louco quase gozando minha mulher faz a irmã se abaixar e se abaixa também e começam a chupar meu pau e pede pra eu gozar na boca delas, as duas ficam me olhando com cara de vagabunda e eu gozo completamente na boca, na cara, e nos seios das duas.

essa história é verídica, se tiver comentários positivos, eu conto como minha mulher deu pra mim e chupou um cara desconhecido dentro do avião.