RSS contos eroticos

Conto Erotico Chorei na rola do Negrão.

Meu nome é João Pedro (fictício) tenho 23 anos 1,68 de altura e peso 55 kg. e o que passo a relatar, aconteceu quando tinha 19. Eu já tinha certa tendência a gostar de homens, mas nunca tinha feito nada, por causa do meu pai, não sei como ele reagiria. Nosso apto. estava sendo pintado e numa sexta feira meu pai falou: Amanhã vamos para o sítio ( que eu odiava) e você vai ficar aqui pois o pintor virá envernizar a porta da frente, você tome conta, ok? Tudo bem, não vou fazer nada mesmo. Dia seguinte, atendi a porta. Era o dito pintor, um negro bem grande, de nome Betão de uns 30 anos. Falei para ele ficar à vontade e terminar o serviço. Ele falou: vou envernizar a porta e depois ainda tenho que dar uns retoques na sala. Fiquei na net, depois resolvi entrar no quarto da minha irmã, para fazer o que sempre gostei: escolhi uma calcinha, tirei a roupa, coloquei a calcinha e fiquei me olhando no espelho... rs. Lá Pelas 11 horas, fiquei vendo o Betão terminar a sala quando ele me diz: desculpa, mas então, você gosta? Perguntei: do quê? Da pintura? Ele falou: não de usar calcinha e se olhar no espelho. Fiquei vermelho na hora e falei: você me viu? Sim disse ele, mas fique frio, não tenho nada com isso e nada contra também. Mas você fica bem com ela, e deu uma risadinha marota. Terminado o serviço, ele me pediu para usar o banheiro para lavar-se. Ok disse, pode usar tem toalhas lá, e sentei no sofá. Ele demorou um pouco e eu no sofá bem envergonhado. Ele saiu do banheiro, e na maior cara de pau sentou-se ao meu lado e perguntou: quer conversar a respeito? Falei que tinha essa fantasia e que gostava. Ele falou.... você fica uma gracinha, vai lá e coloque de novo, mostra prá mim. Voltei só de calcinha e me mostrei, ele falou: vem cá. Acariciou minha bundinha (eu adorei) falando: você parece uma menininha, mas você nunca fez nada mesmo? Sim, respondi, nunca fiz só fantasia. Ele falou senta aqui, to louco por você, quero enfiar minha rola nesse cuzinho virgem, quer ver ela? Quero falei. Ele levantou-se abaixou as calças tirou a cueca e apareceu uma rola enorme na minha frente. 23 cm por 5,5 falou ele, faz o que quiser com ela. Peguei a rola dele e beijei da base até a glande daí coloquei na boca e comecei a chupar bem gostoso, ele gemia de prazer e estocava minha boca, quase me afoguei naquilo. Depois ele falou, tenho uma camisinha comigo, você topa? Ou ta com medo? Falei eu quero, mas tenha cuidado você é o primeiro. Fui buscar um creme, voltei e deixei passar no meu buraquinho, coloquei a camisinha nele e passei creme nela também. Ele falou, fique de joelhos em cima do sofá, e empine a bundinha pra mim. Fiz o que pediu, pus a cabeça no encosto do sofá e esperei ser penetrado. Quando ele encostou no meu rabinho me deu um calafrio, era grosso demais eu não ia agüentar... ele forçou e a cabeça entrou eu gritei e comecei a chorar, falando tira, tira, ele nada, foi forçando mais e aquela rola foi dilatando meu rabinho, eu me mordia e chorava, ele segurou meus quadris e enfiou tudo sem dó, e começou a bombar, aquilo entrava e saia do meu cuzinho, e cada vez eu ficava mais dolorido, mas em minutos já não sentia tanta dor, mas prazer o negro era bom mesmo, quando estava para gozar, parecia um louco, me agarrou e lá no fundo senti a rola tremer todinha dentro de mim, eu rebolava, ajudando ele a ter mais prazer ele urrava enquanto eu ainda gemia mas agora de prazer. Quando ele tirou, quis fazer uma coisa.... tirei a camisinha dele e limpei sua rola com a boca, foi uma delícia. Assim foi minha primeira vez.
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.