RSS contos eroticos

Conto Erotico EU E MEU PADRASTO

Tinha 12 anos, meus pais eram separados e minha mãe conseguiu um novo namorado. Ele era grande, de cabelos brancos, peludo, e com barriga grande. Sempre imaginei como seria o pau dele. Um dia estava sozinho com ele em casa, percebi que ele estava me olhando de uma forma diferente neste dia. Ele me perguntou se queria sair pra comer alguma coisa antes da minha mãe chegar do trabalho, respondi que sim. Ele disse que só ia tomar um banho rápido antes. Fiquei assistindo tv, um pouco depois levei um susto, meu padrasto sai do banheiro pelado e senta do meu lado no sofá. Ele estava secando o cabelo com uma toalha e disse: o bom de só estar a gente em casa é que podemos ficar peladão, e deu risada. Eu não conseguia parar de olhar pra benga dele, não era grande tinha uns 5 centimetros e era bem grossa. Meu pau ficou duro e não consegui esconder, e ele percebeu que eu tava gostando daquilo. Ele então segurou o pinto e começou a balançar. Coloquei a mão dentro da minha cueca, tava com muito tezão. Fiquei olhando e derrepente ele colocou a mão por cima do meu calção. Fiquei sem graça e ele disse que eu podia ficar tranquilo que não ia contar pra minha mãe. Ele tirou o meu calção e minha cueca, pegou no meu pau. Meu pinto era quase do tamanho do dele, ele disse que era grande e começou a chupar. Tava quase gozando quando ele parou de me chupar e me deitou no sofá e enfiou o pau na minha boca, eu chupava como um pirulito e melequei ele de cuspe. Ele tirou da minha boca e me virou, só senti a cabeça do pau dele entrando no meu cuzinho, ele segurava na frente o meu pau, as vezes tirava a mão dele por que ele apertava muito forte e doía. Ele meteu bastante e gozou, o pinto dele ficou mole dentro do meu cu. Depois ele disse que queria me ver gozando, e sentou no meu colo enquanto eu estava deitado. Meu pau entrou de uma vez quando ele sentou em mim. Ele sentou de frente, ele passava a mão no meu peito e pulava no meu colo, falava pra mim gozar dentro dele. Tava com muito tezão, e gozei rápido, meu pau ficou mole, e ele começou a chupar de novo até ficar duro, o resto de porra que tinha ele lambia, quando meu pau ficou duro de novo o dele também tinha ficado, então ele colocou de novo o pau na minha boca e me fez chupar até ele gozar, não consegui engolir o gozo, então escorreu no saco dele, ele passou a mão e depois passou no meu pau. E chupou até eu gozar na boca dele também. Ficamos no sofá pelados, depois que meu pau e o dele ficou mole, ele ficou ali me fazendo carinho, e depois fomos tomar banho, e transamos de novo. Depois disso sempre tentava ficar sozinho com ele pra transar de novo.



Gostou? Então Compartilhe!