RSS contos eroticos

Conto Erotico Eu queria...

Oi, meu nome e Lucas, hoje tenho 19 anos e vou relatar aqui a minha fantasia de quando eu tinha 12 anos...Eu era um tanto magro naquela epoca, mas meus musculos ja estavam se desenvolvendo, junto com meu penis, que media 13 cm nos meus 12. Eu tinha varios amigos, tanto na net quanto na escola ou na vizinhança. Quando eu era moleque, eu tinha um amigo que considerava ele como amigo e inimigo, e as vezes me mastubava pensando em eu fodendo ele, e eu gozava muito mais rapido! Só fazia aquilo porque queria esculachar ele de um jeito mais privado... Mas um dia não aguentei. Ele fazia um curso do lado da minha casa, e toda vez que a aula terminava ele ia para minha casa esperar o pai dele vir buscar ele. Quando ele chegou, lá pelas 17:00 eu estava esperando ele, fiquei sem camisa, deixando um leve tanquinho da minha barriga a mostra, e então ele disse oque havia acontecido para eu tirar a camisa (eu só tirava se estivesse num dia MUITO quente mesmo) Ai eu falei que tava me soltando, falei pra ele tirar também, estava um dia quente, então ele nao recusou. Meus pais achariam estranho, mas eles estavam trabalhando e só chegariam lá pels 19:00 (eles faziam de tudo pra pegar muita hora extra), ele falou que o pai dele ia chegar tarde, então vi que tirei sorte grande, olhei pra barriga dele, ele era meio gordo, e se esticava deitado no meu sofá, comecei a fazer carinho na barriga dele, dava pra sentir pequenhos sinais de fortes musculos debaixo da gordura, ele nem ligou, dava pra perceber que ele tinha entendido um pouco do que acontecia. Me deitei do lado dele e continuei a fazer carinho, passei a fazer carinho na perna dele, ele me retribuio fazendo carinho nas minhas costas, ai passei a massagear o penis dele, era meio groço, devia ser pela cueca e a calça, ele fez o mesmo. Depois de um tempo, puxei a calça dele, deixando a cueca a mostra e fiz mais carinho do penis dele, então ele fez igual. Depois de um tempo, coloquei a minha mão dentro da cueca dele e massageei as bolas dele, que eram gordas, bem gordas, e um pouco nuas, e como aconteceu antes, ele tambem passou a massagear as minhas bolas, das pra sentir suas unhas se enroscarem nos pelos no meu pinto (havia muito pelo), mas ele nem ligava e tomou dianteira: pegou no meu pinto, e é claro, que eu segui o exemplo, dai senti a groçura do pinto dele, por outro lado, não era tao grande, uns 10 cm, o meu era fino e maior que o dele, 13 ou 15 cm. o Pinto dele endureceu logo, o meu continuava mole. Fiquei muito exitado, tirei a cueca dele e vi o seu pinto,ele tinha bolas meio escuras, ele era moreno oque levava a isso, eu era bem branquinho, minha mãe era decendente de alemão. O pinto dele media uns 12 cm duro e era bem groço, comecei a tocar punheta para ele, que gemia de prazer. A cabeça do seu penis era bem vermelha, ele falou para eu para, então tirou o meu pinto para fora e lambeu ele um pouco e tocou punheta pra min tambem, então ficamos tocando punheta um para o outro por um bom tempo, e toda a vez que um de nós estava preste a gozar o outro parava e esperava a vontade passar, para ficarmos naquele jeito por mais tempo. Era umas 18:47 quando gozamos, e logo depois o pai dele chegou e ele foi embora, dai meus pais chegaram, jantei, tomei banho, e fui dormir, ancioso pelo proximo dia. No dia seguinte, tudo ocorreu como sempre. eu acordei lá pelas 6:00, tomei café, me arrumei e fui pra escola, o Leonardo (esse era o nome do meu "amigo" da quele dia) tinha faltado, acho que ele tinha ido ao medico. Como sempre, acabou a aula pelas 11:30 e fiquei conversando e jogando jogos com meus amigos até dar 12:00, dai peguei minha bicicleta e fui para casa. Quando chegui lá, não tinha nenhuma novidade, meus pais já tinham voltado para o trabalho. Olhei no micoondas e vi meu almoço lá, ainda bem quente, eu comi ele, fiz minhas tarefas, e como estava sozinho, fiquei só de cueca. Dai escutei alguem batendo na minha porta, olhei pela janela e vi o Leonardo! Não era para ele estar ali, ele só tinha cuso segunda, quarta, sexta, e as vezes, sabado. Abri a porta e ele entrou ( nem percebi que eu ainda estava de cueca), perguntei por que ele estava ali, então ele disse que veio passar a tarde comigo, e que os pais deles tinham brigado de novo. Vi que já estava tudo explicado, quando os pais dele brigam, fica insuportável ficar na casa de um dos 2 ( os pais dele eram separados), ele sempre vai pra casa de alguem quando isso acontece, fomos para o meu quarto. Eu me joguei na cama, e ele perguntou se ele podia ficar só de cueca, então lembrei que eu tava de cueca e falei que sim, aliás, estava outro dia insuportavel de verão, não queria que ele sofresse, ainda mais com aquela gordurinha dele, ficamos no meu quarto jogando no meu computador, então ele deitou na minha cama e falou: Ei, senta aqui! - E ele apontou para a sua barriga, eu sentei, estava meio safado, entao ele sentou na cama e eu fiquei sentado em cima dele, me apoiando com as mãos para nao cair para os lados. Então ele começou a fazer carinho no meu pinto, e ele falou: Está mais groço - eu dei uma olhada no meu pinto e vi, ele realmente estava mais groço, mesmo que uns milimetros de nada, mas estava, o meu crecimento estava me fazendo um grande favor. Ele tirou minha cueca e ele tirou a dele, ficamos pelados, então ele levou a cabeça dele até meu pinto, então começou a chupar ele, gemi de prazer e ele queria me penetar, com o pinto dele mole, eu já estava meio viado, e deixei. Fiquei de 4 e ele abriu minha bunda, deixando meu cu a mostra, então ele disse: isso não é pra min. - então ele deitou e abriu as pernas e falou para eu enfiar o meu pau no cu dele, aceitei na hora. Ele levantou a bunda dele levantando as pernas e eu encostei a cabecinha do meu pinto no cu dele, fui empurrando devargazinho e le gemia e gemia, quando eu coloquei tudo pra dentro, esperei ele se acostumar, então segurei nos ombros dele e ele deixou a bunda cair e começei o vai-e-vem. Estava adorando aquilo, gozei no cu dele, e deixei meu pau amolecer dentro dele e fiquei masturbando ele. Quando o pai dele chegou, demos um pulo para fora da cama e vestimos nossas roupas e o Leo foi embora. Fiquei sonhando a noite inteira com aquilo, esperando a proxima vez. Fim?