RSS contos eroticos

Conto Erotico Minha primeira vez

Estou de volta gente... Nos meus contos anteriores fui bem aceito então resolvi contar como foi minha primeira vez. Eu tinha apenas 12 anos, era um garoto tranqüilo vivia brincando na rua estudando e fazia tudo normal com outra criança da mesma idade, porém em casa tinha um costume desde pequeno que era de ficar só de cuecas bastava chegar da rua, da escola, do futebol, de qual quer local entrava em casa já tirava toda a roupa e ficava de cuecas, tinha uma bundinha meio saliente e redondinha. Mas num certo dia ao chegar a casa dei de cara com meu primo Fernando, 19 anos veio do interior para trabalhar na cidade fiquei surpreso e feliz, pois ia ter um homem mais velho além do meu pai em casa e logo ficamos amigos ao ponto de irmos à praia e até tomarmos banhos juntos num desses banhos notei que ele ficou de pau duro na hora estranhei, mas tudo bem fomos fazer um lanche e minha mãe disse que precisaria sair também voltaria tarde, fiquei eu e Fernando assistindo sessão da tarde eu só de cuecas deitado no sofá ele sentado, meu primo começou a passar a mão no meu peitinho como estava com a pedra nascendo pedir pra ele não apertar, pois doía então ele perguntou se poderia chupar meu peitinho rir achei estranho, mas ele insistiu e disse pode. Fernando baixou e começou a chupar meu peitinho me alisando passando a mão por meu corpinho liso comecei a sentir uma sensação tão gostosa que nem percebi, o meu primo foi baixando me beijando e chegou ao meu pinto que já estava duro igual pedra foi chupando quando sentir sua boca no meu pinto o susto foi maior mas deixei e ele chupava meu pinto ainda sem nenhum pêlo mas excitado duma forma que nunca tinha sentido antes e comecei a gemer Fernando perguntou se eu estava gostando só respondi que sim ele disse que ia melhorar, tirou toda minha cueca levantou minhas pernas e abocanhou meu pinto engolindo até meus ovos ai eu gemi com mais vontade Fernando passou a lamber toda minha parte sexual e dizia que era muito gostos chupar um moleke ainda sem pêlos foi baixando chegando ao meu cuzinho que estava piscando lembro quando ele falou “safadinho ta de cu piscando em” ele metia sua língua no meu cuzinho ai sim comecei a rebolar gemendo como nunca, parecia que já tinha acontecido isso comigo mais nunca tinha feito sexo antes não entendo como estava solto e agindo como uma cadela no ciu, meu primo começou enfiar um dedo no meu cuzinho apertado então pedir pra ele parar mas ele continuou e disse se num for assim você num vai acostumar mas na verdade não queria que ele parasse porque tava muito gostoso sentia cada vez mais seu dedo aprofundar no meu rabinho, Fernando me colocou de 4 sem tirar seu dedo do meu cu passava a língua mas com o dedo começou a fazer movimentos de vai e vem no meu cu foi então quando ele me perguntou se eu já tinha feito aquilo antes com alguém respondi que não então você vai ver como é gostoso priminho, Fernando tirou o dedo do meu cu então pude respirar ele tirou a roupa mostrando aquele pau duro e apetitoso mandou que chupasse cheguei perto do pau dele e disse mas ta babando ele disse que era apenas uma aguinha pra eu engoli comecei a chupar meio sem jeito minutos depois tava chupando aquela pica como se fosse um pirulito Fernando deitou no chão continuei chupando sua pica e ele me fez ficar na posição em que ele também chupava meu pinto mais gostoso foi quando ele começou a enfiar o dedo no meu cu novamente daí chupava seu pau com mais vontade Fernando continuou naquele vai e vem do seu dedo no meu cu então disse que ia gozar num movimento brusco Fernando me fez ficar de quatro enfiou a cabeça do seu pau no meu cuzinho gritei de dor quase corri mas ele me segurou então sentir sua porra entrando no meu cu sem perder tempo Fernando enfiou mais seu pau comecei a sentir cada centímetro daquela rola entrando no meu cu foi um momento mágico seu pau deslizava com muita facilidade acredito que por causa da porra que ele ali depositara mas incomodava eu gritava de dor que foi se transformando em prazer. Fernando enfiava seu pau no meu cu de forma que sentia seus ovos baterem na minha bundinha socava sem pena eu chorava, mas ao mesmo tempo estava gostando até que chegou ao momento que sentir novamente ele gozar enchendo meu cuzinho de porra ele caiu no chão cansado tirou o pau do meu cu e disse para eu ir tomar banho, quando cheguei ao banheiro olhei no espelho e vir meu cu completamente arrombado então comecei a chorar logo ele veio correndo perguntando o que estava acontecendo disse do que se tratava ele riu me deu um beijo na boca tão gostoso que fiquei com o corpo todo mole depois ele disse que era comum meu cu voltaria ao normal tomamos banho juntos passava sabonete no seu pau que foi endurecendo novamente de livre vontade pedir pra ele enfiar dinovo ele riu e disse sabia que você ia gostar priminho, então o Fernando me comeu duma forma tão brutal que até me levantou do chão no seu pau sem sequer me segurar, sentir como se estivesse flutuando naquela pica que devorava meu cu com prazer ele socou tanto meu cu que gozou logo ao retirar seu pau não resistir e saiu muita fezes misturada com sangue e porra do meu cu não conseguia segurar estava totalmente sem pregas com o cu arrombado mesmo nos vestimos logo meu pai chegou na hora de dormir fiquei juntinho do Fernando e dormimos abraçadinhos minha mãe estanhou mas num disse nada na hora no dia seguinte ela perguntou porque estava dormindo abraçado com meu primo, respondi que era porque eu amava ele. Meu primo continuou me enrabando por um bom tempo ninguém nunca descobriu ele arranjou emprego ficou morando na nossa casa por uns 5 anos durante todo esse tempo ele me comia fosse no banheiro ou quando íamos dormi foi um bom momento da minha vida, mas como tudo que é bom tem fim, foi assim.