RSS contos eroticos

Conto Erotico O Começo

Comecei nas brincadeiras com os amiguinhos da rua de passa a mão na bunda com os amiguinhos no inicio erra passava a mão no outro e fugia pra mão deixa devolver a passada mas eu já sentia uma atração ou um tesão diferente e gostava dessa brincadeiras quando me dei por conta ja estava até usando uns shortezinhos mais apertadinhos e ainda por cima dava uma puxadinha para ficar mais atoladinho como eu via nas revistas e notava que cha mava a atenção daí começaram a vir as encoxadas que eram retribuídas e depois se cuidavam para não ser encoxado daí comecei a deixar e fazer que não ligava ai alguns começaram a ficar mais atrevidos e ficavam encoxando e esfregando e conversando e eu já com todo tesão fui gostando e cada vez mais passando de nível e eles já se revezavam comigo nas brincadeiras de se esconder todos queriam a sua vez de se esconder comigo e ficar me encoxando não deixavam por menos eram uns oito ou dez meninos todos na mesma faixa de idade. eram quase todas as noites essa brincadeira eu podia sentir nos mais velhos o volumes dos pintos deles e muitas vezes via eles ficarem muito excitados eu me fazia um pouco de difícil e rejeitava as vezes as encoxadas até que foram ficando cada vez melhores e eu já não agüentava mais eu já sentia vontades de ir alem mas tinha medo ai comecei a me masturbar e fazer carinho com meu dedo no meu cuzinho ai pronto basta eu me aproximas dos meninos e eles me encoxarem pra começar a sentir umas cosquinhas no meu anus e um suor no meu cuzinho ai em um dia de fim de semana eu fui com um amigo que me convidou pra ir ver uma coisa com ele em uma prédio em obras no lado da casa dele chegando la ele já me deu uma encoxada e eu aceitei bem fiquei ali parado enquanto ele se esfregava e falava comigo que era meu amigo e queria compartilhar comigo uma coleção de figurinhas que ele tinha eu percebi que ele queria me adular e fui cedendo e ele foi avançando e já tava me agarrando na cintura e seu pinto tava muito duro e latejante seu calção estava molhado eu sempre usava uns shortinhos mais apertadinhos e sentia tudo ai ele tirou o pinto pra fora e começou a esfregar em min eu naturalmente já tava também bufando de tesão ele percebendo minha passividade foi baixando de vagarinho meu shortinho e até que desceu meu shortinho até um pouquinho e esfregou seu pinto durinho e latejante em minha budinha nesse momento ele deu uma leve mordiscada no meu pescoço e começou a me puxar e fazer um movimento mais forte na minha bunda eu podia sentir ali de pé naquela construção uma coisa que eu jamais vou esquecer a primeira vez que um pau tocou meu cuzinho molhado ele estava latejante de tesão com o pau dele entre as minhas nádegas roçando meu cuzinho ele não agüentou e me gozou e me apertou e me puxou e mordeu meu pescoço molhou minha bundinha com seu gozo e parece que ele estava nas nuvem eu é claro estava mas nessa primeira vez foi até onde ele foi e é claro que depois ele me inaugurou me comeu no dia seguinte ai sim com penetração no meu cuzinho no mesmo lugar estava aberta a porteira e muitos outros meninos aproveitaram teve um dia em que cinco fizeram fila nessa obra pra me comer eu estava de dono da situação eles me usavam ate para dar para outros amigos deles que vinham de outro lugar ma me comer teve até um dia em que eu e uma menina fomos comidos por dois meninos no mesmo lugar as vezes eles traziam saias calcinhas e southiain das irmãs deles pra me vestir e me comer tambem teve o pai de um amiguinho que decobriu que eu era putinho e um dia me convidou para ir ao sitio deles e la me comeu bem comidinho teve depois um pedreiro da obra onde os menimos me comiam que um dia viu minha arte e me comeu também bom foi assim que comecei e me tornei uma putinha e gozo até hoje só de lembrar.