RSS contos eroticos

Conto Erotico A GRAVIDA DO CURSO DE EXTENSÃO

Fui fazer um curso de extensão, na primeira semana conheci Dora, uma mulher mignon, que está gravida do terceiro filho. Conversamos muito e ela desabafou, disse que o marido, assim que soube estava gravida, parou de ser carinho e até mesmo de beija-la no rosto. Disse, olhando para chão, que os hormonios estavam fazendo ela se sentir uma cadela no cio, mas o marido não aproveitava, alias só se afastava, como das outras vezes. Assim sabia que ia passar mais de ano sem sexo, e sem carinho. Peguei na mão dela e falei que tinha caras que não sabem que uma mulher gravida, além de sexual, são bastante libidinosas, e não conhecem tabus, experimentam tudo. Ela sorriu e disse que era verdade, que se o marido quisesse seria capaz até de fazer anal, coisa que nunca fizera, mas que nesse tempo de gravidez tem a fantasia de fazer por tras. Disse que o sexo oral , também, é bom, ela falou, nem fala, só de falar já fico toda arrepiada. Depois dessa confissões não tive como evitar, falei para ela que tava cheio de tesão nela, louco para chupar a xoxota dela, falei já passando a mão na coxa dela. Ela fechou as pernas, e ofegante, respirou fundo e disse não faz isso comigo que eu não aguento. propus irmos lá em casa, moro perto do curso, ela indecisa não conseguiu resistir e fomos lá para casa. Chegando em casa, na sala , ficamos nus, e cai de boca naquela xoxota raspadinha, rechunchuda, e encharcada de pingar. Poucas lambidas e ela gozou de chorar e se arrepiar, gritando , gemendo e pedindo come, me come caralho. Coloquei a camisinha e meti naquela xoxota carnuda, ela foi me puxando, papai e mamãe, e me mordendo, movimentado gulosamente os quadris, e gozando, um gozo após o outro. Ficou toda mole, e chorava e ria, corpo arrepiado, e dizendo baixinho caralho coo gozei, que delicia, to tarada , ainda to querendo mais, sabe o que a gente falou....disse o que....to doida para dar atras,....afirmei quer me dar a bundinha, ela com cara de tarada quero , mete, come meu cu, vai devagar, nunca dei, mas to loua de tesão. Na posição de frango assado fui colocando usando o liquido viscoso que escorria da bucetinha dela, e fui metendo, ela, sem falar nada me prendeu com as pernas e me puxou com força, entrou tudo de uma vezes, gritou e disse porra meu cu, rasgou meu cu, mas ta gostoso, mete mais come , come com força quero sentir o seu pau, caralho. Fui metendo e bolinando o grelo rosinha dela, e vi seu rosto transformar, narinas abertas, pele vermelha, tremendo, ofegante, babando, se contraindo e gozando urrando e me prendendo com as pernas, anunciei que ia gozar, ela foi se movimentando e gozamos juntos, deixei o pau amolecer, e ficamos deitados abraçados no sofa. A tardinha ela tomou um banho e foi embora, feliz e antes de sair disse que queria todo dia....estou esperando amanhã..ela quer que eu goze no seu cu sem camisinha....
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.