RSS contos eroticos

Conto Erotico A morena do onibus

Olá pessoal, estou de volta para contar uma acontecimento que sucedeu comigo há alguns anos.
Estava eu, vindo do trabalho, por volta das 16 hrs,quando dentro do onibus, percebi uma linda morena a me olhar.
Ela estava sentada e eu em pé pois o onibus quando eu entrei já estava com seus assentos todos tomados.
Olhei por umas três vezes e a toda hora em que olhava a morena ainda estava a me fitar. Então criei coragem e cheguei ao seu lado e ali fiquei, até que me ocorreu uma ideia. simulei ter caído algo no chão e falei bem baixinho em seu ouvido: - vamos descer para que possamos nos conhecer melhor? Essa sem pensar duas vezes assentiu com a cabeça e então no ponto seguinte descemos.perguntei seu nome e ela me disse chamar Marianny,até me soletrou seu nome.Fiz então um convite mais ousado,a convidei para irmos a um hotel, já que para mim seria perigoso estar ali no meio da rua conversando com uma mulher estranha,vai que passasse alguém e a coisa poderia se complicar. Ela concordou e lá fomos para o hotel. Entramos,e mal deu tempo de falar qualquer coisa e Marianny já estava me agarrando e me beijando todo. Dizia que estava precisando muito "daquilo" e que eu era o seu escolhido,por isso não tirava o olho de mim dentro do onibus. Não perdi tempo,comecei tirando seu top,depois sua calça jeans coladinha que realçava seu lindo corpo.Deixei-a só de calcinha, ao mesmo tempo ela tambem, me desnudava.Quando ela tirou minha cueca, não pensou duas vezes, caiu de boca no meu pinto, que a essa hora já estava duro feito uma rocha, e começou a mamar deliciosamente.Ficou chupando por alguns minutos e então eu pedi para que ela parasse um pouco pois não queria gozar,guardaria o gozo pra depois.Agora era minha vez de tirar sua calcinha minuscula, quando a tirei, que visão maravilhosa!Sua bucetinha raspadinha, do jeito que eu gosto, não tem coisa melhor do que ter em vista uma bucetinha lisinha e cheirosa.Chupei com volúpia aquela xana. Marianny dava espasmos e mais espasmos, parecia descontrolada, uma louca por sexo. Ela então virou-se e propôs que fizéssemos um 69 eu obedeci de pronto.Nos chupamos gostosamente. Agora era a hora de eu provar com meu pinto, aquela buceta deliciosa que já estava toda impregnada em meu corpo, já que Marianny a esfregava toda em mim. pedi para que ela ficasse de bruço, ela obedeceu e então eu comecei a penetra-la. ela foi a loucura, me pedia: - me fode gostoso, fode com esse seu pau maravilhoso, enfia tudo na minha buceta, faz comigo o que o corno do meu marido não faz há muito tempo. a danada era casada!Comi aquela buceta por uns 15 minutos, depois veio o gozo descontrolado. Marianny pediu-me para que eu deixasse ela provar do meu leitinho, então tirei de sua buceta e coloquei em sua boca, esta mamou tudinho.Fomos tomar um banho para relaxar,depois deitamos e começamos a converssar, esta me dizia que seu marido chegava tarde do serviço e não tinha mais tempo pra ela, isto a estava deixando louca, pois tinha um "fogo"imenso entre as pernas, com seu relato, eu estava já de pau duro, ela então começou a me chupar e eu disse que agora queria provar de seu cuzinho. Ela espantada disse: - tudo bem mas vai com calma,põe com carinho pois, nem pra isso aquele corno serve.Sempre quis dar o cuzinho pra ele mas ele dizia que aquilo era nojento e nunca comeu, pois tenha calma e paciência, que nesse buraco eu sou virgem. Fiquei louco em ouvir aquilo, disse a ela que podia deixar, que eu a trataria muito bem. Pedi para que ela ficasse de quatro, esta obedeceu e a visão que tive me deixou mais louco ainda , seu cuzinho rosadinho era um espetáculo!depois de várias linguadas que estava deixando marianny louca,esta me pediu pra meter logo que já não aguentava mais,comecei enfiando um dedo, depois dois dedos em seu cú, este foi se alargando aos poucos.Foi a vez do meu pau entrar em ação, quado entrou a cabeça, Marianny deu um grito que parece ter despertado toda a vizinhança do hotel . ela disse: eu pedi pra ir com carinho. Eu disse a ela que foi com muito carinho, seu cú que era apertado. Tentei de novo, desta vez com mais calma, bem devagar, seu cú foi se alargando e adaptando a meu cacete, quando entrou a cabeça desta vez, ela nem percebeu, então começou a rebolar freneticamente, me pedido pra enfia tudo, foi quando percebi, minha rola já estava toda dentro de sue cú. Meti gostoso naquele cuzinho, nossa!Marianny,louca rebolava e gritava: Vai meu macho gostoso, mete tudo no meu cú, arregaça ele,me deixa arrombada pra eu mostrar para aquele corno como é que se faz.Meti, meti e meti gostosamente, de todas a posições, ate que não aguentei mais e jorrei um jato de porra em seu cú. quando tirei meu pau,seu cú, estava parecendo um túnel de tão arrombado que ficou!Marianny então, deitou para relaxar, já que não conseguia nem ir até o banheiro para se lavar,dizia que tinha perdido a coordenação das pernas. Ficou descansando por alguns minutos depois, enfim, conseguiu levantar , tomar banho para irmos embora.Me agradeceu com um gostoso beijo, dizendo que foi a melhor foda de sua vida. Ficamos nos encontrando por vários anos,quando tive que deixar a cidade pois fui transferido a trabalho, em uma outra cidade.Bom, espero que tenham gostado. Até a próxima.
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.