RSS contos eroticos

Conto Erotico A SEXAGENÁRIA QUE MAMA E FODE

Como falei no último conto, estou prestando serviço numa casa de repouso e lá conheci D, Lea, que mamou meu pau, engolindo toda porra. Na ocasião quis meter, ela , também, mas não tinha lubrificação, ela tem 60 anos e é muito apertadinha. Ontem, voltei a casa de repouso, munido de camisinha e lubrificante e uma vontade louca de meter com a D.Lea. Quando me viu já me puxou pelo braço e fomos para seu quarto, lá já foi tirando a minha roupa, estava doida para mamar meu pau. Pau estava tudo e ela não perdeu tempo, chegava a engasgar tamanha a ansiedade, bem gulosa, não queria gozar logo e então coloquei ela peladinha. Chupei o seu grelinho e com dedo fui sentido se umidecia a sua xoxota, mas umidesceu pouco, ela estava ofegante, apertando seus seios, gemendo baixinho, dizendo para não parar e não parei e acho que ela gozou porque se arrepiou toda e ainda fez xixi na minha cara. Mas ainda não dava para meter, estava seca, então coloquei meio tubo de lubrificante no canal vaginal e com o dedo fui lubrificando. Quando senti que dava, pau duro, coloquei ela na ponta da cama e fui metendo, apertada, mas quentinha, e ela olhos arregalados parecia que ia ter um troço. Quando meti tudo comecei a comer aquela xoxota carequinha e rechonchuda, labio rosados e pequenos, ela se contorcia, chovara, e pedia come a vovó, come , come que ta bom, mete caralho, mete que to ficando louca de tesão, e comecei a acelerar e ela a ficar vermelha e ofegar, tremer , estava gozando no meu pau, um momento ela quase que desmaiou. Ela estava cheia de tesão , se apertava, me apertava, estava descontrolada, então, tirei o pau da xoxota e coloquei na porta daquele cu, que era virgem, e continuei a passagear a xoxota, e enfia o dedo, ai, por instinto ela abraçou meu corpo com as pernas e meu pau foi, com dificuldade, entrando no cuzinho da vovó. Ela parecia hipnotizada, sem saber o que estava fazendo, e quando percebeu estava comendo o cu, e ela cheia de tesão se masturbando e gemendo, dizendo baixinho come, come minha bunda, come não era isso que você queria, filho da puta, ta doendo mas ta gostoso, ai caralho, puta que pariu so muito puta , to gostando de ser enrabada. Assim meti com força , acelerei, e ela gozando com meu pau no cu chegou a gritar, dizendo to gozando no cu, e então gozei, e ficamos deitados até o pau amolecer. Quando tirei o pau estava com um pouco de merda, mas usei um toalha para não constrange la , e ela disse que foi maravilhoso , mas tava toda doida, que não sabia se ia aguentar fazer de novo. Tamamos banho e , quando ia saindo, ela me puxou pelo braço me deu um beijo de língua e me sussurrou no ouvindo ...volta semana que vem...adorei dar o rabo...quero experimentar sentar no seu pau....sorriu e disse ..é to ficando louca....mas você gosta..não é....afirmei com a cabeça e passei a mão na bunda dela....semana que vem vamos fuder mais e ai eu conto.
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.