RSS contos eroticos

Conto Erotico A volta da vizinha coroa e casada

Como ja leram no outro conto, comi minha vizinha casada na casa dela. Hoje, vou contar como nos encontramos pra transar de novo. Ficamos, depois daquele dia, sempre nos provocando pela janela, ou qdo dava-mos um jeito de nos esbarrar no mercado ou coisa assim. Numa dessas, combinamos de nos encontrar num parque que tem aqui perto. Eu faço sempre exercicios e ela usou a desculpa para começar a fazer caminhadas e tal. Nos encontramos e fomos dar uma volta na pista de caminhada, para caso alguem nos visse. Na conversa, ela confidenciou que adorou nossa loucura, que nao conseguia tirar da cabeça e que, fazia ja mais de um ano que o marido nao a procurava, seja pela idade, pelo casamento, ou se ele podia ter outra. O problema que agora ela tinha acendido o fogo e queria apagar! Ela como foi de onibus, sugeri uma carona até o proximo terminal e nesse meio tempo, dei uma parada num lugar tranquilo que tem perto e dei uns amassos, tirei o pau pra fora e ela chupou forte! Mas ela queria era dar! Intimei pra ir prum motel, e ela como tava com o fogo no rabo aceitou e la fomos nós! Chegamos no motel, com ela usando um moletom de capuz meu pra tentar disfarçar e entramos. Entramos no quarto e a mulher endoidou! Tirou a roupa e se jogou na cama, e ja de uatro pq era assim que ela queria! Tirei a roupa e cai de boca na buceta dela! Ela esfregava a bunda na minha cara e lambusava, me endireitei e enfiei de uma vez só o pau! Soquei com força um tempo eqto ela gemia e pedia "vai,,soca!! soca!! me fode!!!...e eu socava. Tava quase gozando tirei o pinto, cai de boca de novo e fiz ela gozar daquele jeito. Depois que ela gozou, caiu de bruços mesmo na cama ofegante, eu entao disse: -Ana, nao sei se vc ja tem experiencia dessa modalidade, mas ja que estamos aqui no motel, eu vou querer tudo! Hoje vc é minha puta! Ela sorriu e mexeu no cabelo, acho que eu havia entrado direito na fantasia dela. Abri a bunda dela e aproveitei o gozo dela e lambi o cuzinho dela. Ela entendeu e arrebitou a bunda, endireitei a cabeça do meu pau no furo e empurrei. Foi entrando devagar e ela foi gemendo eqto apertava o lençol contra o corpo. Depois que entrou, fui mexendo devagar e qdo menos esperei, ja estavamos fodendo forte. Mas entao nao me aguentei e gozei enchendo o rabo dela de porra. Levantamos e tomamos uma duxa eqto nos beijavamos como se fossemos namorados. Ela, com certeza, nao tinha mais essas sensaçoes a muito tempo. Começamos uma nova transa de pé mesmo no box, e qdo tava quase gozando, tirei o pau e pedi pra ela chupar, e ela chupou e eu gozei na boca bem gostoso! Depois, ela me contou que nem o do marido, ela bebia, mas o meu ela queria! que o marido tinha tentado comer o rabo dela uma vez e a machucou, entao ela nunca mais tinha tentado! HOje, somos amantes e ela me da uma vez por mes, pra nao formar suspeitas, afinal, somos casados!
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.