RSS contos eroticos

Conto Erotico Dei a bunda pro amigo do meu filho

Dei pro amigo do meu filho

olá. meu nome é jussara, sou casada há 26 anos e amo meu marido mas…..
hoje estou com 47 anos e ainda tenho muito fogo (se é que me entendem). não sou nenhuma miss, mas me gosto muito e me cuido muito bem. sou branca, cabelos pretos lisos, seios grandes, pernas bem torneadas, quadril largo e não depilo minha xana.
sou professora e muitas vezes fico montando aulas ou corrigindo provas até tarde e como meu marido acorda cedo, dorme cedo, acabo ficando sempre sozinha e fico sempre bem a vontade em casa, sempre de camiseta (sem sutiã) e um shortinho curto.
geralmente, no final de semana meu filho convida um amigo seu prá vir dormir aqui em casa (meu filho tem 19 anos e seu amigo 18).
certa 6ª feira, eu estava corrigindo umas provas e meu filho e seu amigo chegaram da faculdade com cara de cerveja.
entraram direto e foram tomar uma ducha, desceram e foram fazer um lanche.
seu amigo, vou chamá-lo de jonas, veio até mim e começou a puxar conversa e eu ingênua entrei. quando olho, percebo que ele está olhando pelo decote da minha camiseta, que dava uma bela visão das minhas tetas.
fiquei meio sem jeito e procurei esconder um pouco, mas aquilo mexeu comigo e me deixou molhada.
percebi também um certo volume por baixo do seu calção que fez minha imaginação voar no mesmo instante.
meu filho veio e disse que iria dormir e jonas avisou que iria fazer outro lanche e iria depois.
vi que ele estava na cozinha fazendo seu lanche no escuro e fiquei curiosa o porquê. fui verificar e quando acendo a luz ele me agarra por trás, já totalmente nú e com o pau duríssimo.
eu tentei me desvencilhar dele, mas além de me segurar com força, confesso que minhas pernas bambearam.
ele já foi metendo as mãos nas minhas tetas e percebendo que os bicos estavam duros, esfregando seu pau na minha bunda, aiiiii tô molhada só de lembrar…
quando ele desceu a mão até minha xana e percebeu que estava já molhada, não tive saída senão me render àquele toque.
ele me virou, me beijou, já me deixando totalmente nua, quando consegui coordenar meus pensamentos um pouco e fui verificar se meu marido e meu filho estavam dormindo. e estavam, então fechei as portas dos quartos e voltei pros braços do meu amante.
quando chego e vejo o tamanho do pau dele não acredito; pois é de tamanho normal (uns 18/19cm), mas extremamente grosso.
chego já caindo de boca e mamando aquela benga deliciosa, beijando a cabeça, lambendo ele todinho, engolindo o máximo. ele não conseguiu segurar e gozou tudo na minha boca, segurando minha cabeça prá eu engolir toda a porra, coisa que fiz alucinadamente; pois amo beber porra.
ele começou a me beijar, mamar nas minhas tetas até chegar na minha buceta, enfiando a cara com vontade mesmo, me chamando de putona, que eu era uma coroa safada de buceta peluda e que iria sentir o caralho de um moleque safado…
gozei várias vezes na boca dele e percebi que o pau dele tava querendo mais, fiquei de 4, ele começou a me chupar por trás seguindo sua língua até meu cuzinho (adoro dar o rabo), sentia ele piscar involuntáriamente.
ele meteu gostoso na minha buceta, me fez gozar muitas vezes e pedia:
-goza sua puta, goza no meu caralho, vai, mela ele todinho com o teu mel e eu gozava.
até que ele começou a passar o dedo no meu cuzinho e fui às nuvens e le percebeu.
quando ele falou:
-empina a bunda que eu vou comer esse rabo gostoso até meu pau ficar esfolado.
fiquei louca e empinava o máximo que podia.
quando senti ele encostar a cabeça e forçar, fiquei com medo se aguentaria aquele caralho grosso dentro do meu rabo.
ele percebeu e começou a tocar uma siririca prá mim,aí eu amoleci de vez e ele deu uma fincada, a cabeça entrou.
devagar ele foi metendo e eu rebolando até sentir os pentelhos dele na minha bunda.
ele me xingava de todos os nomes possíveis, puta, vagabunda, piranha, coroa rabuda do cú gostoso.
eu já tinha gozado pelo rabo algumas vezes quando senti o pau dele inchar.
ele gozou gostoso dentro do meu rabo e eu me deliciei o seu leite morno, deixei seu pau limpinho com a boquinha gulosa (adoro tomar leitinho morno antes de dormir).
agora ele me fode todas as semanas, quando vem em casa, e já fizemos várias loucuras.
no próximo, contarei como ele me fodeu comigo falando ao telefone com meu marido e gozou na minha cara.
se quiserem entrar em contato piratasbucaneiro@bol.com.br
beijos.
meu marido hoje sabe e me apóia, rsrsrs (tanto que o apelido aqui é o dele)