RSS contos eroticos

Conto Erotico Esposa foi arrombada por 22 cm.

A minha esposa é uma mulher muito fogosa na cama, pernas cumpridas e grossas, bumbum grande e duro, barriguinha con abdominais pelos costantes exercicios que faz, peitos grandes e cabelo atè a cintura, um verdadeiro tesao e um mulherao. além disso na cama é muito aberta e vira um animal no cio quando está excitada. ela geme, grita e se mexe gozando sem vergonha. o ponto mais excitante dela é o bundao que tem e que quando fica de quatro é uma verdadeira popozuda. sempre disse a ela que para comer uma mulher como ela precisava de um homem bem grande, em todo sentido. uma das minhas fantasias por tanto foi sempre de saber como ela reagiria sendo comida por um membro maior ao meu. eu tenho um penis normal, con uns 15 cm. mas bem grosso e cabecudo. mas sempre imaginei ela sendo comida por um homem bem dotado que pudesse realmente deixar a buceta dela toda arregacada e domina-la como uma femea. as vezes comentava as fantasias com ela e no momento do gozo ela também dizia que estava imaginando ser comida por um macho realmente bem dotado.
entrando uma vez em un sex-shop tive a ideia de comprar para minha esposa um penis de silicone. aqueles que vem com arnes e podem ser colocados na cintura. imaginei que faria uma surpresa para ela. escolhi um penis que replicava o tamanho de um ator porno conhecido, tinha 22 cm de comprimento e 6 cm de grossura, era quase o penis de um cavalo!
ao levar para casa guardei em um lugar discreto e aguardei a noite chegar. depois de ver um filme na tv disse que estava cansado e que deveriamos ir para a cama. tomei um banho quente e fui para o quarto e ela entrou a tomar o seu banho. enquanto isso fui para cozinha e enchi uma dessas bolsas de agua quente pois a usaria para esquentar o penis que tinha comprado assim ela nao perceberia que era de silicone. entrei debaixo da cama, coloquei o arnes e fiquei de lado com o penis sendo esquentado pela bolsa. a luz estava apagada quando ela entrou no quarto, só de calcinha. ao se deitar comecei a beijar a nuca e mordiscar a orelha da minha gata mas tendo o cuidado que ela nao sinta o penis ainda. ela comecou a gemer e a se mostrar receptiva, o seu tesao crecia e ela iniciava a gemer baixinho e a mover as pernas em sinal de que estava disposta a ser comida. fui descendo nas mordidas e lambidas e ela ja foi se liberando da calcinha que estava usando. somente com a luz do abajour acesa pude contemplar aquele corpo maravilloso, a bunda firme e grande, a barriguinha e a cintura fina... imaginei que hoje faria essa femea sentir oque realmente é ser comida por um pinto enorme...ela seria uma egua no cio e teria que aguentar um cavalo montando-a. fui descendo com a boca e por debaixo dos lencois comecei a percorrer com a lingua aquela bucetinha que seria arrombada. ela apertava a minha cabeca contra o seu grelo e gemia e respirava cada vez mais forte.
ela se virou e se colocou na sua posicao preferida, de 4 na cama e começou a rebolar na minha frente me deixando completamente louco de tesão. comecei lambendo as suas costas e devagarinho fui descendo até aquela bunda linda e maravilhosa, cheirosa de sexo e com un cuzinho que desde que a conhecí està muito mais arrombado. comecei a mexer com o dedo indicador nos grandes labios e ela abriu mais ainda as pernas deixando a mostra a xaninha que jà estava babando e brilhante. ora mexia no clitóris ora entrava com o dedo dentro de sua gruta perfumada e ela sempre rebolando e gemendo ainda baixinho.
sem ela perceber deixei a bolsa que esquentava o penis e comecei a fazer uma massagem na sua bunda e no inicio das costas... disse que colocaria um preservativo pois pensee que assim a textura seria ainda mais semelhante ao que ela estava acostumada...o que ela nao estava acostumada era o calibre que estava por sentir...
comecei a beijar os grandes labios dela e ja percebi que a vagina tinha aumentado de volume, estava inchada e toda lubrificada. com uma das mãos separei os labios vaginais e comecei a esfregar o penis de silicone nela....sua reação foi imediata...começou a gemer e abrir totalmente as pernas implorando a certa altura que eu a penetrasse. dei um tempo para ela ficar com ainda mais vontade e sussurrei no ouvido dela:
- hoje estou com o pau muito duro e grande... voce vai sentir.. e vou comer a tua buceta atè o fundo... voce vai sentir a minha pica chegar atè a tua barriguinha meu amor..
ela respondeu: - vai gato, me arromba logo pois quero levar uma bombada bem forte e depois quero tomar no cù... me enfia essa porra logo...
a sua vagina estava totalmente melada e ela jà implorava ser comida. quando ja estava com a vagina toda melada e no maximo de tesão permitido pelo seu corpo comecei a enfiar o membro. no começo percebi que ela contraiu a musculatura sentido uma tora que abria mais do normal os labios vaginais... deu um gritinho de dor e tentou virar mas eu a segurei pela nuca abaixando a sua cabeca e mandando levantar a bunda... ela obedeceu e ficou nessa posicao... completamente submissa... fui entrando e ela comecou a ofegar e abrir mais as pernas dizendo que sentia o meu pinto muito grande... fui devagar e via como a sua vagina engolia a tora com certa dificuldade...mas depois foi relaxando e deixando ele entrar....quando estava quase tudo dentro ela gemeu mais forte pois tinha tocado o fundo da sua xana.. mas ainda faltava uns 5 cm para que fosse tudo pra dentro... dei uma saida atè a metade e entrei novamente....ela gemeu novamente e agora faltava só uns 4 cm.. a buceta dela estava cedendo, fui saindo e entrando cada vez mais profundo atè que na quinta ou sexta vez o membro estava completamente dentro dela e eu a tinha bem segura pelos quadris e pelos cabelos... ela gemia e dizia que estava sentido uma tora atè a barriga e um fio de gozo caía pela sua buceta jà completamente arrombada... dentro da vagina comecei um movimento de vai e vem que foi aumentando freneticamente até ela ter um espasmo muscular e gozar violentamente de tesão. fechando as pernas e prendendo o membro dentro de si....ao perceber isto meu tesão foi mais forte e a virei de frente, abri as suas pernas e penetrei novamente atè o fundo.. a sua vagina estava completamente aberta.. quando saí ví que a tinha deixado com um buraco de buceta arrombada...penetrei novamente e ela louca de tesao gritava cada vez que entrava atè o fundo.. nao acreditava que ela estivesse comendo toda aquela tora atè o final... a minha pica ficaria pequena para ela depois...tirava tudo e de uma vez entrava forte...ela levantava o corpo e gemia de prazer e dor ao mesmo tempo.. a sua xoxota jà estava vermelha, espumando e aberta... mais uma vez saí e quando a penetrei a buceta dela fez um barulho de peido...ela estava tao arrombada que estava jà soltando peidos pela buceta... nao aguentando mais essa situacao, novamente a virei de costas, tirei o membro da cintura, cuspi no cú dela e de uma só estocada enfiei no rabo dela... se tivesse enfiado na buceta talvez ela nem sentiria o meu penis depois de ter aquela tora entalada dentro...
com ela de 4 comecei a bombar maravilhosamente naquele rabo e ela gemia toda lambuzada e percebi que isto não seria mais o suficiente , então com o penis de silicone nas mãos comecei a penetra-la novamente a buceta. agora nao somente estava sendo posuída por um bem dotado mas estava levando no cú e na buceta. a minha mulher estava como louca, dizia palavras desconexas, gritava, urrava e se mexia como uma frenetica.....isto ficou assim até sentir que ela novamente estava quase explodindo de gozo pois comecou a suplicar que a aumentase a velocidade da penetracao anal. era uma cena maravilhosa ela com 2 membros entrando e saindo dos seus orificios . com estocadas firmes eu bombava o cu dela e ela com a mao já por conta propia penetrava o enorme pau pela frente..ela gozou pela segunda vez de forma mais intensa e eu explodí dentro do rabo dela jogando todo o meu leite quente dentro dela... tirei o penis e vi o cú dela todo vermelho e aberto jorrando o meu gozo... a buceta dela aberta como se tivesse sico fodida por um cavalo... olhei o meu pau e estava sujo... ela tinha gozado tanto e perdido o controle que sem querer tinha cagado encima de mim......literalmente ela desfaleceu na cama. tive que leva-la ao banheiro ajudada a se recompor e ela tentava me ajudar a limpar pois se sentia constrangida pelo acidente... mas foi uma gozada incrivel, finalmente ela foi comida como um mulherao e desde entao utilizamos o membro para nossas transas.. agora normalmente eu a como só pelo cú pois ela prefere uma pica grande na vagina. outro dia no meio do gozo ela disse que queria um homem bem pintudo (acima de 20 cm.) para come-la de verdade.