RSS contos eroticos

Conto Erotico História - Pegando a Namorada do meu Melhor Amigo

Olá caro amigo leitor esta historia aconteceu comigo em um restaurante quando eu estava almoçando com uma amiga minha que se chama Monique (nome fictício) tem 18 aninhos, cabelos loiros com um par de seios que cabe na minha boca. Estávamos conversando quando adentrou ao recinto a gata mais linda que eu já conheci é a namorada de um amigo o João e ela esta prestes a se forma em Direito. Ele mim avistou e veio falar comigo. - Oi Gúdesten, esta é a Michele aquela que você era afim. Fiquei vermelho na hora. Eu falei: - Cole, cara faz isso não que eu fico vermelho e alem do mais eu sempre amei a Monique nisso a Monique olha para mim e fala: - Sai pra lá seu coisa feia porque você não assumi que gosta e acabou. Respondi de imediato vamos parar com isso que já esta mim enchendo. Chamei o João e a Michele q agente ( no caso ele e a Monique) vai ali compra um negocio. Eu fui sentando na cadeira pedindo desculpas para a Michele E ela caiu na risada q o João era brincalhão assim mesmo. E não precisava eu ficar nervoso. E dai ela mim perguntou por que eu tinha ficado nervoso quando o namorado dela falou que ela era a garota q eu gostava. Deixando-me sem reação só fiz sinal de positivo com a cabeça apontando pra baixo em direção ao meu cacete. Dai quem ficou vermelha foi ela e neste instante eu ainda indaguei eu tinha excitação por ela “nossa senhora quem não teria. Uma menina ruiva com olhos azuis da cor do mar com um par de seios fartos um cintura fenomenal e por cima da calça que usava dava pra notar uma xoxotinha inchada só de imaginar eu fico de pau duro. Eu falei que ficava com meus 23 cm inchado por causa dela. Ela mim perguntou com som de espanto e malicia: - Quanto mesmo 23 cm Sim, ficam inchados por sua causa na mesma da hora eu sentir dedos na minha virilha por debaixo da mesa era os dedos do pé dela verificando se era isso tudo que eu falava. Nisso ela falou meu namorado não chega aos 18 cm. Como eu tenho vontade de provar um assim. Daí eu voltando a realidade eu falei: - Nem vem não quero problema com o João ele é meu brother. Brother ele pode até ser só que não chega mais junto, até raspei todinha a minha xaninha pra ele e ele nem ai. Eu falei que era melhor agente mudasse de assunto pois estávamos em local impróprio pra aquele tipo de assunto. Daí ela mim disse então vá mim busca na FTC as 22 horas pra mim levar pra casa. E eu perguntei qual curso você esta fazendo e ela mim disse que era enfermagem. Nisso perguntei a idade dela e ela disse q completaria 26 aninhos na próxima Segunda – feira e para a ocasião faltava 4 dias e daí ela disse que o namorado viajaria e só voltava depois do carnaval e mim perguntou se eu poderia ir buscar ela, pois ela tem medo de andar sozinha. Eu fiz o sinal de positivo. Nisso chegaram a Monique e o João e eu perguntei se eles dois estariam se amassando nisso agente caiu na maior risada. Depois ele responde não preciso disso não, eu vou ter meu filho com a Michele. Dei um sorriso sínico. Ai o almoço transcorreu conforme o esperado quando eu estou pra acabar o almoço recebo um bilhete com um numero do garçom e um escrita dizendo assim: “OI GÚDESTEN AQUI É MEU TELEFONE PRA SE VOCÊ PRECISAR LIGAR, DA SUA MICHELE”. Nessa hora cair na maior risada e o João me perguntou o que havia acontecido porque eu estava tão risonho assim. Ai eu disfarcei e disse é o bilhete do Papa. Ai ele falou com o tom irônico: Nossa você é ligeirinho em. Nem percebeu ele q estava preste a receber um par de chifres. No outro dia pra minha surpresa liga pra minha casa a Michele e eu sem esperar mim passei por outra pessoa e falei que eu não estava que ela ligasse outra hora. Ai ela falou: - Será que você poderia avisar o Gúdesten que o João gostaria de ver ele às 18 horas lá na casa dele. Ai eu mim arrumei e fui ver o que ele queria. Chegando lá eu mim deparo com a minha gatinha linda. Ela pediu pra eu entrar e falou que o João saiu pra comprar refrigerante e carne pra agente fazer um churrasco. Eu entrei e não deixei de notar a roupa como ela estava. Vestia um vestido muito sensual que torneava demais os seus seios e usava um perfume que mim fizera ficar tonto de tão gostoso que era. Eu sentei no sofá e ela foi ligar o som com uma musica que eu amava. Quando ela abaixou pra ligar o som fiquei sem palavras, pois estava sem calcinha aquela boceta inchada que mim levou a loucura me fez subir a cabeça, não deu pra disfarçar por minha sorte ela não notou o volume da minha calça que se formou da bermuda que eu tava vestido. Ela veio pra perto de mim e sentou próxima a mim e quando ela começar a falar eu falei que eu estava morrendo de calor e ela viu que eu estava soando só que não sabia o tamanho do medo que eu estava (soando frio). - Vou abrir a janela. - Pode ser só que eu posso ir ao banheiro ai ela disse que sim. Nossa nunca imaginei em urinar tanto como eu urinei nesse dia foi quase 1 min. e meio sem parar. Quando eu voltei pra sala quase desmaiei. Ela estava completamente pelada. Nossa quase eu gozo ali mesmo. Meu pau que estava duro virou uma pedra. Ela falou: - Você não tomou coragem ai eu tive que tomar, pois eu não queria deixar passar de hoje. Ai eu falei com as pernas tremendo de medo de o João chegar: - Ele vai voltar você esta louca veste essa roupa. Ai ela deu uma risada bem sacana e disse que ele teria viajado e só voltava depois do carnaval. E nisso que ela disse eu já estava na porta da geladeira quando ela mim puchou e fez eu virar pro lado dela caindo de joelho entre minhas pernas estava baixando a minha bermuda. Ai eu também não sou de ferro, estava todo excitado. Nisso ela veio e alisou o meu cacete por cima da cueca com as mãos e disse que desde ontem fiquei louquinha pra ter ele e não vai ser você que vai mim atrapalhar nisso ela quase arranca a minha cueca de uma vez eu falei pra ela ir com calma pois ela iria ter o que queria. Eu estava sem cueca quando ela pega no meu cacete e começa a chupar bem devagarzinho mim levando a loucura nossa como ela chupa gostoso quase que eu derramo a minha porra na sua boca nisso eu falei q iria gozar na boca dela e ela mim disse ei não goze ainda quero experimentar ela na minha bocetinha, nossa que delicia de cacete enquanto ela chupava ia alisando o meu cacete e o meu saco mim levando ainda mais a loucura. Ela mim relata que nunca teve vontade de chupar uma rola, pois acha nojento, mas ela disse que não agüentou ver quer sentiu vontade de ter ele em todo o seu buraco. Nisso eu peguei ela no colo e levei pro quarto dela e perguntei se eu poderia realizar a minha fantasia ela falou que sim ai eu fui ao quintal e avistei as cordas e amarrei os braços dela na cama amarrei as pernas e vendei os olhos dela depois fui aos pés dela acariciando com a minha boca dando beijos e lambendo bem devagarzinho e subindo pela a perna e depois indo mamar bem gostoso nos seios dela nossa que monumento estava ali em minhas mãos pra eu fazer o que eu queria nossa eu mordi o bico do seio dela e fez ela suspirar sabia que a minha caricia estava surtindo efeito pois quando eu coloco os meus dedinho na xana dela estava ensopada nossa aquilo mim levou alegria e mim fez abrir os lábios vaginais dela e enfiei a minha língua bem lá no fundo fazendo ela se arrepiar toda, quando eu estava pra enfiar o meu trabuco nela a porta tem o som de batida era alguém eu pensei de imediato PORRA estou fudido. Ta vendo ai o João voltou estou ferrado, calma meu bebe é apenas a minha amiga abre lá e fala que eu estou no banho. Pra minha surpresa era a Monique. Daí eu falei o que você quer? A Michele esta no banho e disse pra você esperar ela aqui. Mentindo Gugu eu sei o que esta acontecendo e eu vim pra participar também, estava gelado nem podendo eu conseguia me mexer. Do quarto a Michele grita venham pessoal estou doida de tesão e eu fiquei assustado pois do jeito que ela estava dava pra ver o útero eu sabia que a Monique era bi só que eu não sabia qual seria a reação dela. Quando ela entrou ela olhou o estilo que a Michele estava excitada e foi chupar a boceta da amiga e mandou eu continuar com o que eu estava fazendo daí eu tirei o macacão no qual eu coloquei pra ir abri a porta para a Monique quando ela viu o tamanho ficou excitada e pediu pra mim fazer ela gozar e nisso ainda indagou nossa com essa arma ai você deve ter toda a mulher que quer né? Ai eu falei fica ai com ela que eu vou aqui à cozinha pegar um negocio lá. Elas falaram tudo bem meu amor. Eu fui e trouxe um cubo de gelo e dei pra Michele toma faz ela gozar com isso aqui olha chupa o seio dela e coloca no outro isso. E nisso a Monique começa a chupar o seio da amiga e quando ela toca o cubo de gelo no seio da outra fazendo a outra suspira de arrepio e nisso fui pra baixo chupar bem devagarzinho a xana da Michele e ela aos gritos falou: - Nossa desse jeito vocês vão mim deixar louca. Oh! Gu para de chupar PORRA que eu estou morrendo de vontade de receber o seu caralho enfia logo esse cabrunco na minha xana. Nossa que boquinha gostosa Monique. Eu também quero chupar algo mais primeiro mim solta dessas cordas e tira essa roupa e senta no meu rosto, pois quero provar essa grutinha. Nosso velho quando a nega tira a roupa que deixa os pelinhos para fora eu não resistir e enfiei sem piedade na boceta da Michele que gritou de prazer e mim pediu cabrunco mete devagar PORRA isso dói. Nossa como vai ter calma com delicia de xota na nossa frente toda cabeludinha um arraso ela abrindo as pernas e sentando no rosto da Michele que enfiou a língua lá dentro da grutinha da Monique tirando suspiro daquela boquinha. Nesse momento eu subir na cama ficando em pé ela cravou a mão na minha rola e puchou pra perto dela querendo sentir com intensidade mesmo melecado de xana da amiga ela chupou sem reclamar nossa quando ela chupou a minha rola gozei não demorou 2 min. Ela chupava como uma maestria hummmmmmm que delicia de mamada ela deu em mim só que ela não engoliu tudo não pois foi muita porra e a que escorreu saiu pelo o lado da boca dela e caiu na barriga da amiga dela nossa a Michele chupava a boceta da amiga com muita vontade brigando pra receber o orgasmo da Monique. A Monique saiu de cima do rosto dela e foi dar um beijo que mim deixou assustado de tão demorado que foi. Nesse momento fique triste e com ciúmes assim pegando as minhas roupas e sabendo que não teria mas vez pra mim ali sair sem falar nada daí tomei um susto acordei pela manhã do outro dia pensando que só foi um sonho. Quando chega em minha porta pra minha surpresa a Monique dos meus sonhos contei o que havia acontecido pois ela disse que estava batendo na porta há horas e nada pensou que eu tivesse morrido e nisso quando ela terminou de ficar sabendo ela deu risada no tom sínico e falou como pode ser eu estar transando com você sem nem na cidade eu estava e alias nem aqui eu moro sou de Coritiba. Cair na risada e falei comigo mesmo “PORRA BICHO QUE AZAR ESSA PORRA FOI UM SONHO. QUE MALDIÇÃO” MAS A MINHA HISTORIA PODE MUDAR E O MEU SONHO SE TRANSFORMAR EM REALIDADE FICAREMOS SABENDO NO MEU PROXIMO CONTO EROTICO QUEM QUISER MIM ADD ESTE AQUI É MEU MSN gudestenfutebol@hotmai.com



Gostou? Então Compartilhe!