RSS contos eroticos

Conto Erotico Mecanico e a secretaria

Meu nome é Ricardo e trabalho com mecanico Diesel em uma grande oficina na rodovia Dutra. A empresa tem cerca de trinta funcionários e dividos entre o pessoal da oficina e escritorio. Tenho 34 anos e nao sou um cara bonito, mas tenho minhas qualidade. Sou casado e tenho tres filhos. Como de costume pelo menos uma vez por mes o pessoal faz churrasco aqui na empresa e por isso o povo do escritorio fica tambem. Nesta ultima sexta, teve mais um desses churrasco, e percebi que a secretária do patrao, a Juliana, estava me olhando de um jeito diferente. Ela havia bebido Smirnoff e estava bem soltinha. Morena, 23 anos, cabelos longos, curvas do corpo bem definidas, olhos castanhos um tesao ... Pensei nao pode ser, mas se virar , nao vou desperdicar. Se ela continuar me olhando vou lá puxar um papo furado. Fui. - Entao , Juliana te vejo todo dia sempre muita ocupada ... Vc deve sempre estar estressada. -É Ricardo to precisando desestressar. E nao falou mais nada. Continuo me olhando com cara de tesao. Final do churrasco e todos foram embora e fiquei por ultimo pra organizar as coisas . Quando dei por conta ela havia voltado para pegar a bolsa . Quando me viu sozinho, chegou me agarrando. Ali mesmo proixma a churrasqueira da empresa. Beijou minha boca esfregando sua lingua na minha com muito tesao, chupava minha lingua e esfregava nos meus labios, nisso eu apertava sua bunda e passava as maos nas aureulas de seus seios. Sem pensar ela abaixo e puxou meu pau pra fora e chupou parecia que iria se acabar . Chupou meu pau , minhas bolas tudo ... Delicia. Ela se levantou, eu a virei de costas e abaixei sua calca jeans até o joelho e chupei sua bucetinha ali mesmo . A secretaria arribitava a bunda e comecava la de seus pequenos labios ate seu cuzinho. Ela gemia alto pra caramba. Entao, parei de xupar com medo do porteiro escutar. Peguei e enfiei na sua buceta com ela apoiada na mesa ao lado churrasqueira , e conforme ia bombando ela ia apoiando os seios na mesa deixando todo aquele cuzao pra mim. Sem pensar, joguei o oleo que estava na mesa no seu cuzinho , tirei o pau da frente e enfiei bem devagar na bunda da secretaria. Fui enfiando e ela gemendo .... e dissendo que estava gozando e isso tambem me excitou muito que pulverizei minha porra todo dentro do cu da secretaria. Acabou ela se vestiu pegou a bolsa e vazou. Na segunda ela agiu , como se nao havia acontecido nada. Dias depois fiquei sabendo pela faxineira, que escutou a secretaria Juliana conversando com a amiga de escritorio que ela estava devendo a aposta de cinquenta reais, pois havia conseguido transar comigo. Meu pau valendo cinquenta reais....
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.