RSS contos eroticos

Conto Erotico Nicanor é meu e o boi não lambe.

Há pouco tempo,escrevi sobre o Nicanor,motorista do meu tio,ele é solteiro,mas é meu e o boi não lambe. Ele que já ficou com a minha amiga Sara,pois ela deu em cima dele,que acabou piçando com ela,mas ele diz que não quer nada com ela,me diz que prefere a minha companhia em todos os sentidos.Eu sou casada,tenho filhos,meu marido só viaja,sei que pega mulheres pra estradas,não quer nada comigo,eu não reclamo de nada,pois tenho o Nicanor que me faz feliz.Outro dia,ele chegou lá na casa do meu tio que tinha viajado com a minha tia,eu sozinha,ansiosa torcendo pra ele me ligar,até que ele chegou de surpresa,me beijou gostosamente,eu correspondi,me perguntou se tinha café,respondi que sim,daí partiu para cozinha.Eu como sempre de vestido curto provocante lavando roupa no tanque,certa hora ele chegou devagarinho por tras de mim e me enrabou,na hora senti um arrepio gostoso,ele ficou colado no meu bumbum,eu não aguentei,comecei a rebolar,ele ergueu meu vestido,eu tambem colaborei ergui até onde pude.Ele desceu minha calcinha preta devagarinho,tirou seu pintão,encostou no meu reguinho começou a pincelar,eu dizia: ---Ai bem,tá gostoso,vc é meu homem,ele achou minha bucetinha e mandou o fumo,eu gemi,ui tá gostoso,me enxerta meu útero,quero um filho seu,amor,enterra tudo. Com menos de um minuto,ele me encheu a buceta de porra,depois fomos para um dos quartos,me colocou de quatro pé,metemos,me botou sentada na piroca,eu cavalguei,por último fizemos um papai-mamãe gostoso,eu embaixo dele,penerei gostoso no seu pintão,que logo chegamos ao orgasmo.Tá contado.
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.