RSS contos eroticos

Conto Erotico O dia que eu comi minha professora

Isso já faz mais ou menus uns 13 anos eu estudava no terceiro ano do segundo grau, as professoras eram todas elas muito lindas, porem tinha acabado de chegar uma professora de inglês nova, nossa e que professora todos os rapazes da escola achavam ela muito gostosa, eu não era um rapaz muito popular na escola, mas tinha meus segredo para seduzir uma mulher. a nossa professora de inglês sempre ia as aulas com uma saia bem curta na qual mostrava seu lindo par de cochas, usava também blusas bem decotadas mostrando quase todos seus enormes seios, tinha cabelos loiros e compridos, olhos azuis e 1.70 de altura. um dia na sala de aula pedi a ela uma explicação e ela veio e se debruçou em minha mesa eu vi aqueles enormes seios e fiquei exitado, no começo achei que isso era normal, pois quase todos alunos falavam a mesma coisa, mas um dia no final de uma aula dela, todos já tinham saído e quando eu estava a sair ela me chamou, fui ver o que ela queria, ela pediu para mim esperar ela em sua mesa foi ate e porta e depois que todos alunos foram embora ela veio falar comigo. quando levantei para ela sentar em sua mesa, ela me empurrou de volta e sentou em meu colo fiquei meio assustado com sua reação pedi o que significava isso e ela disse que já ia me mostra. tirou a parte de cima de sua blusa e para minha surpresa ela estava sem sutiã, eu fiquei de boca aberta vendo aqueles enormes seios, então ela disse quer experimentar eu cai de boca naqueles peitos comecei chupar e morder seus mamilos e ela começou a gemer em meu ouvido, tirei sua saia e sua calcinha deixei ela nua na minha frente comecei a lamber sua bariguinha sarada fui descendo passei direto pela sua vagina e comecei chupar suas cochas ela começou gemer alto fiquei com medo que alguém na direção da escola ouvisse, chupei sua buceta muito linda e ela começou a me afastar, arriou minhas calças e começou chupar meu pênis, chupava minhas bolas e pagou um boquete para mim, reparei que ela parecia ser profissional nisso pedi a ela se ela era casada e com uma cara de tezão ela me disse que sim mas seu marido era um corno manso e nunca fez caricias tam gostosas como eu fiz nela, pedi para ela abrir suas pernas que eu queria meter em sua buceta, ela disse que ali no colégio era meio complicado e pediu para nos irmos a casa dela pois seu marido estava viajando a serviço e não voltava tam cedo, falei tudo bem, mas teria que arranjar uma desculpa para meus pais. liguei para casa e disse a meus pais que eu ia durmir na casa de um amigo, eles concordaram, minha professora pegou o carro e saímos o vidro do carro era fume e enquanto ela dirigia eu aproveitava para acariciar ela, chupava sua nuca, seu umbigo, seus seios, e sua buceta ela gemia muito comecei enfiar a língua em sua buceta e ao mesmo tempo massageava seu clitóris, e gozou em minha boca, quando chegamos no apartamento onde ela morava, ela puxou minhas calças me jogou em cima do seu carro chupou meu pênis lambia meus cocos eu gemia muito foi ai que ela sentou em cima do meu caralho e começou a cavalgar, eu ficava muito exitado com os gemidos dela pois ela parecia que gemia em inglês, quando eu estava gozando ela engoliu meu pênis inteirinho na sua boca e gêmeo como uma puta. colocamos nossas roupas e entramos no elevador ela começou a me beijar, eu ainda estava meio envergonhado, mas pensava comigo deixa eu entrar no seu apartamento sua vadia ai você vai ver quem manda. chegamos em seu apartamento e ela disse para mim que eu não tinha iniciativa e que achava que tinha escolhido o aluno errado, fiquei muito bravo peguei ela pelo braço e joguei ela na cama, mandei ela me esperar fui ate minha bolsa de aula peguei um cd do sepultura que eu tinha junto coloquei no som da sua casa e aumentei no ultimo volume, então ela disse vamos lá não perde tempo me fode, aquela musica com as suas palavras me deixaram irritado tirei sua roupa, comecei a chupar seus seios com muita raiva mordia seus mamilos e ela pulava de tezão e berrava muito, a musica me deixava com mais tezão ainda meti a língua com pressão em sua buceta fiz movimentos rápidos e fortes ela gemia muito gozou na minha boca, uma goza quentinha e com sabor de quero mais tirei as calças e mandei ela chupar meu pau, ela disse calma eu lhe respondi calma nada vamos lá sua puta chupa ai e cala boca, ela queria acabar comigo chupava com movimentos muito rápidos segurei em seus cabelos e comecei acaricia-los, derepente ela tirou meu pau de sua boca e pediu para mim foder ela pois não agüentava de tezão, e queria ver meu caralho rasgando ela, eu disse ainda não, sentei em sua barriga coloquei meu pênis no meio dos seus seios enormes e comecei me masturbar com seus seios ela já estava louca de tezão e eu mais ainda, meu pau já estava latejando e senti que sua bucetinha já estava molhadinha, mandei ela se levantar e segurei ela em meu colo sustentando o seu peso, ela fez alguns movimentos para encaixar meu pau melhor em sua buceta, quando estava tudo pronto ela começou a pular em meu colo, era uma penetração profunda e muito gostosa seus seios balançavam na minha cara e eu chupava-os, ela gemia muito vi que ela já estava exausta pediu para parar, eu disse que ainda não tinha gozado e ia ser ate o final ela não agüentava mais de tanto tezão e parou de pular, disse a ela sua vadia não tem mais forças então vamos ver, joguei ela na cama e comecei meter em sua buceta fazendo um vai e vem tomando o controle da brincadeira ela começou a gostar pois suas forças começaram a voltar, os meus movimento começaram a ser cada vez mais rápido, comecei chamar ela de puta vadia e ela pediu mais e mais, quando vi que eu ia gozar coloquei ate as bolas em sua buceta e gozei nela, ela deu um gemido muito excitante “ow yes”. dormimos abraçados por mais ou menos 1 hora, acordei antes que ela, virei ela de bruço e comecei olhar aquela linda bundinha, seu cuzinho parecia ser virgem pois era muito fechadinho, antes que ela acordasse comecei a chupar seu cuzinho raparei que ela começou a gemer mesmo dormindo, seu cuzinho estava quentinho e bem aconchegante, quando ela levantou pedi a ela se podia meter em seu cu, ela disse que tinha muito medo e nem seu marido tinha metido ali ainda, eu disse que ia devagarzinho, e com muita insistência ela aceitou, ela se posicionou de quatro em cima da cama eu primeiro peguei em seus seios enormes para me firmar no vai e vem e mirrei no buraquinho do seu anus, quando ela sentiu a pegada em seus seio ela disse “vai baby” eu não agüentei e ouvindo aquilo comecei a meter eu seu cu bem devagar, ela gemeu parecendo que tivesse doido, fui enfiando devagar ate o fim do seu túnel, então ela disse pronto agora esta confortável, eu já tinha feito um arrombo em seu buraquinho e agora deslizava mais fácil, comecei a pressionar com pressão cada vez mais rápido, eu e ela estávamos sincronizados em um mesmo movimento fazendo daquilo mais excitante ainda comecei a apertar seus seios e gemer em seu ouvido dizendo “vai minha puta, gostosa bota pressão”, e ela respondia “vai vai me arregaça toda mete vai please mais rápido” e eu atendendo o seu pedido tirei uma mão de seus seios e meti em sua buceta dois dedos, ela gemia muito estava recebendo penetração vaginal pelos meus dedos, penetração anal com o meu caralho e ainda com a outra mão massagiava seus seios e gemia em seu ouvido dizendo “vai sua puta, vai minha cadela, balança esse seu rabo e faz gostoso” ela atendeu e começou a se movimentar para frente e para traz para me ajudar, derepente senti um gozo quentinhu em minha mão meti mais rápido no seu rabinho e quando fui gozar coloquei tudo para dentro do seu cuzinho ela deu um ultimo gemido de tezão e caiu exausta, eu cai por cima dela chupando seus seios mamando como se fosse uma criança, ela me disse que seu marido nunca tinha feito tam gostoso, olhamos no relógio e era apenas 23:00 horas da noite, depois disso ainda rolo muitos amaços e no outro dia na escola ela pediu para repetir a noite anterior, meti a mão na sua bunda e a beijei, e disse agora você é minha gostosa.

se vc é uma professora e gostou desse conto.. é quer saber mais sobre mim.. me pergunte!!! meu email é gato_solteiro_rj@hotmail.com