RSS contos eroticos

Conto Erotico O primo e um amigo dela

O primo e um amigo dela Conheci minhas esposa aqui em São Paulo, ela tinha vindo do interior de Minas Gerais uns 6 meses antes para morar na casa de uma irmã dela e trabalhar, namoramos uns dois anos e nos casamos. Como não conhecia a família dela conseguimos marcar férias juntos e fomos para a cidade onde ela nasceu para eu os conhecer. Chegamos lá na sexta-feira! No sábado meu sogro resolveu fazer um churrasco para conhecermos o pessoal, o pessoal entre o povo apareceu um primo, dela que mora em uma sitio próximo ao do meu sogro, junto com um amigo que faziam parte da turminha dela quando ela ainda morava lá como fazia tempo que não se viam ficaram o tempo todo colocando as historias em dia e bebendo umas cervejas, enquanto eu acabei tomando conta da churrasqueira e conversando com o resto do pessoal. Certa hora eu resolvi, pegar a câmera e chamar minha esposa para tirar umas fotos do pessoal como não a vi, fui buscar a câmera no carro e vi minha esposa longe entrando na casa do primo dela. Nessa hora eu já fiquei puto de raiva fui atrás dela só que ao invés de chegar armando um barraco resolvi dar a volta na casa para olhar pelo vitro da sala o que se passava. Então como estava escuro fiquei escondido vendo o que se passava. Foi ai que vi os três sentados no sofá tomando cerveja, então o primo dela levantou e colocou uma musica e a chamou para dançar, estavam dançando um forró os dois quando o amigo dela se levantou e começou a dançar os três juntos fazendo dela um sanduiche com ela de recheio. Confesso que nessa hora ao invés de puto, estava ficando excitado minha esposa é meio cheinha o corpo dela lembra o da mulher melancia, porem seus seios são um pouco maiores, e como ela estava de vestido curto no meio dos dois o vestido começou a subir e quando a musica parou os dois se afastaram dela e viram sua calcinha aparecendo então ela se arrumou. Então o primo dela tirou a camisa dizendo que estava com calor e a chamou de novo para dançar, só que desta vez no meio da dança ele começou a beija-la e o outro chegou por traz e a beijando no pescoço começou a puxar o vestido dela por cima ela tentou resistir mais se entregou rapidamente, os três continuaram dançando com ela entre eles só de calcinha e sutiã, porem em determinado momento o amigo dela tirou toda a roupa e pegou na mão dela e a conduziu até seu pau pedindo para ela punheta-lo enquanto o primo dela também ficava nu ela então se ajoelhou e começou a chupa-los ao mesmo tempo, então o amigo sentou no sofá e ela foi gatinhando até ele e continuou o boquete se posiciona do de quatro para o primo dela que arrancou o sutiã e a calcinha dela, sentando no chão atrás dela e começou a chupa-la enquanto ela chupava o amigo dela. Eu estava muito excitado vendo o que se passava, foi ai que lembrei que estava com a câmera na mão e decidi usa-la para filmar o que se passava, nessa hora notei ela, se contorcendo e rebolando na cara do primo dela, foi ai que ela se virou e começou a fazer um 69 com o primo dela que deitou, no chão e o amigo deles ficou batendo punheta no sofá pouco depois minha mulher se levanta e fala para o amigo deles se aproximar ele chega perto dela e se deita no chão ela vai sentando no pau dele bem devagar e começa a cavalgar enquanto seu primo se ajoelha atrás dela e começa a tentar penetra-la por traz (nunca tinha imaginado algo parecido pois minha esposa nunca foi fã de fazer anal, que dirá DP)mais foi ela mesmo que abriu a bunda pedindo para ele penetra-la. Admito que não é comum um homem ver sua esposa com dois caras e ficar só olhando, mais eu não sei o que me deu mais eu estava louco de tesão pelo que se passava que a única coisa que fiz foi ficar escondido olhando e filmando tudo. Minha esposa estava linda, toda suada no meio dos dois, foi quando ela parou de se mexer como se estivesse gosando e então que o primo dela também gosou e saiu de cima dela enquanto e amigo ainda bombava e também gosou, minha esposa se levanta e entra no banheiro para se limpar. Nessa hora eu desliguei a câmera, então troquei o cartão da maquina e voltei para a casa do meu sogro eles perguntaram porque demorei e disse que acabei passando no meu quarto e cochilei um pouco por causa da bebida e perguntei da minha esposa eles disseram que não sabia. Depois de uns dez minutos ela e os dois aparecem ela disse que tinham ido, na casa de uma amiga deles para chama-la mais ela não estava, fingi que acreditei e terminamos a noite com os dois, que não saiam do lado dela. Depois de uns dias voltamos para São Paulo, foi ai que criei coragem e mostrei o vídeo a ela. Ela entrou em desespero tentando se justificar com bebedeira. Eu disse a ela que ainda não sabia o que ia fazer ela disse que me amava, que eu a perdoasse que não ia se repetir, porem o que eu não queria confessar a ela é que na verdade eu havia gostado do que vi. Só sei que nosso casamento nunca mais foi o mesmo depois disso, nossa relação ficou mais picante e começamos a fazer diversas loucuras na cama, hoje ainda estamos juntos e felizes.
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.