RSS contos eroticos

Conto Erotico OS RELIGIOSOS

NÃO SEI O QUE ME DEU, MAS FAZ ALGUNS MESES COMECEI A SONHAR CONSTANTEMENTE COM A MULHER DO PASTOR. O CHEIRO DELA, O JEITO DE FALAR, O OLHAR, AS MAQUIAGENS QUE USA... NOSSA QUE MULHER E PRA COMPLETAR É A MULHER DO HOMEM QUE MANDA EM MIM... ISSO PARECE QUE CONFIA A ELE UM CERTIFICADO DE SER O MELHOR... DESCULPA, É NECESSÁRIO UMA APRESENTAÇÃO: ME CHAMO GIL (DE GILBERTO), SOU PASTOR, NÃO TENHO ATRIBUTOS MASCULINOS ATRAENTES, MINHA VOZ É FEIA, ASSIM COMO MEU ROSTO, USO ÓCULOS, SOU GRISALHO; MAS TENHO UMA LINDA MULHER, QUE DIZ QUE SOU O HOMEM MAIS GOSTOSO DO MUNDO E DE TANTO ELA FALAR COMECEI A ACREDITAR NISSO, MAS COMO TODO BOM PASTOR, PRECISO SEMPRE ESTAR INFORMADO DE TUDO QUE ACONTECE NO MUNDO, POIS UMA BOA PREGAÇÃO CONSISTE EM EXAMINAR OS FATOS E APONTAR AO POVO ONDE ESTÁ O INIMIGO. DEVIDO ESSA CURIOSIDADE RELIGIOSA, PASSO HORAS NO COMPUTADOR, LENDO E RELENDO NOTÍCIAS, A BÍBLIA, TRAÇANDO PARALELOS, VENDO SITES RELIGIOSO E ACABEI TOMANDO GOSTO POR LEITURA SOBRE SEXO, NÃO ESSES TESTOS PORNOGRÁFICOS, MAS ALGO QUE EU PUDESSE LEVAR PARA CASA E FAZER MINHA MULHER AINDA MAIS FELIZ COMIGO; A FINAL ELA É MUITO MAIS BONITA QUE EU E NÃO POSSO DEIXA-LA INSATISFEITA, SE NÃO POSSO PERDÊ-LA E PERDER UMA MULHER POR TRAIÇÃO É VERGONHOSO PARA QUALQUER HOMEM, ENTRETANTO PARA UM PASTOR É O FIM, POIS É UM ATESTADO DE QUE NÃO CONSIGO CONVENCER NEM O MEU REBANHO DE CASA, EM GUARDAR AS LEIS. UFA... AGORA PRECISO VOLTAR AO QUE COMECEI ANTES. EU E O NALDO (É EDINALDO, MAS SOMOS AMIGOS A LONGA DATA, ENTÃO PREFIRO CHAMA-LO ASSIM) MANTEMOS UM ELO DE AMIZADE ENTRE NOSSAS FAMÍLIAS; MINHA ESPOSA E A GOSTOSA DELE (ME PERDOE), SÃO MUITO AMIGAS... ELE CONFIA EM MIM AGUARDA DE SUA MULHER, SEJA PARA LEVA-LA PARA CASA, PARA O TRABALHO, PARA BUSCA-LA NO MERCADO, PARA FAZER PREGAÇÃO E ESTUDOS A SÓS COM ELA. E FOI ESSE TANTO DE CONTATOS, BEM PRÓXIMOS QUE FEZ COM QUE EU COMEÇASSE A REPARAR, O QUANTO ELA É UMA FÊMEA ATRAENTE, DIGNA DE SER QUALQUER PERSONAGEM BÍBLICO OSTENTADO DE RIQUEZAS E CAPAZ DE CONQUISTAR DESDE O FARAÓ DO EGITO, A NABUCODONOSOR DA BABILÔNIA. AS GRANDES MULHERES DA HISTÓRIA, COMO CLEOPATRA E DADILA, NÃO PASSARIAM DE SIMPLES MUCAMAS EM SEU SUNTUOSO PALÁCIO. TALVEZ POR ELA JOÃO BATISTA, CORTASSE SUA PRÓPRIA CABEÇA... (QUANTA BLASFÊMIA) MESMO ASSIM, NAS ULTIMAS SEMANAS, NÃO CONSIGO SE QUER DORMIR, SINTO O CHEIRO DELA ENTRANHADO EM MEU NARIZ E ACORDEI MURMURANDO SEU NOME... MINHA ESPOSA PERGUNTOU O QUE ERA, ENTÃO DISSE QUE A “IRMÔ ESTAVA PASSANDO POR UM MOMENTO DE AFLIÇÃO E QUE PRECISAVA DE NOSSA ORAÇÃO... E QUE TAL COISA HAVIA SIDO ME REVELADA EM SONHO, COMO FORAM REVELADOS OS SONHOS A JOSÉ DO EGITO. ORAMOS POR TODA NOITE... JÁ NÃO ME CONTINHA E PASSEI A DIZER A ELA, A IMPRESSÃO QUE ELA ME CAUSAVA, E A COMPARA-LA AS MAIS BELAS MULHERES DA HISTÓRIA BÍBLICA. PERCEBI QUE ISSO LHE CAUSAVA LISONJEIO E POR ESSA RAZÃO ME SENTIA MAIS EMPOLGADO A CONTINUAR ELOGIANDO. SÓ QUE ESSE COMPORTAMENTO PASSOU A ME AFETAR, E EU FICAVA POR HORAS DECORANDO O LHE DIZER, ESTUDANDO A QUAL PERSONAGEM EU IRIA COMPARA-LA, EM CASA, PASSEI A OLHAR MINHA MULHER COM DESPREZO E INFERIORIDADE, E ELA ASTUTA, PERCEBIA O QUANTO EU EXALTAVA AS QUALIDADES DA OUTRA. ESTAVA DIFÍCIL DISFARÇAR E EU JÁ NÃO CONSEGUIA NEGAR QUE ELA ESTAVA VIRANDO MINHA CABEÇA... MAS E AGORA??? RESOLVI USAR UMA ESTRATÉGIA PARA TENTAR FUGIR A TENTAÇÃO QUE TODOS OS DIAS SE COLOCAVA EM MEU CAMINHO: PARA QUE ENTENDA MELHOR TIVE UM GRAVE PROBLEMA FINANCEIRO E SEU MARIDO, MUITO GENEROSO, PASSOU A ABRIR ESPAÇOS PARA MINHAS PREGAÇÕES, PARA QUE EU CONSEGUISSE MAIS FUNDOS, E SUPRISSE MINHAS NECESSIDADES; EM COMPLEMENTO A AJUDA QUE ELE ACHAVA QUE PODERIA ME DAR PASSOU A PEDIR PARA SUA MULHER ME LEVAR PARA O TRABALHO, JÁ QUE SAÍMOS NO MESMO HORÁRIO E EU TIVE QUE VENDER MEU CARRO. ELA NÃO GOSTA DE DIRIGIR, ENTÃO CONDUZO POR ELA. MINHA ESTRATÉGIA, ERA ELOGIAR NÃO APENAS ELA, MAS SEU MARIDO E SUA FAMÍLIA. PORÉM, QUANTO MAIS EU FALAVA DELES E O QUANTO OS CONHECI A INTIMAMENTE, COM MAIS TESÃO EU FICAVA, NÃO SEI SE ELA REPARAVA, MAS TODOS OS DIAS, QUANDO DEIXAVA SEU CARRO, MEU PAU ESTAVA A PONTO DE EXPLODIR, DE MINHA CALÇA SOCIAL. JÁ NÃO AGUENTANDO A SITUAÇÃO, CONTEI PRA ELA MEU TORMENTO E ANGUSTIA, PROCUREI ABORDAR COM TODO RESPEITO POSSÍVEL E SEMPRE RELACIONANDO, ASSOCIANDO AO NOME DO SENHOR, A POSSIBILIDADE DE FUGIR DESSE PECADO, QUE JÁ ME CONSUMIA A ALMA. PASSAMOS A ORAR JUNTOS, PEDINDO PARA EU ME LIBERTAR, PASSEI A RECUSAR PREGAÇÕES, UMA VEZ QUE ME SENTIA SUJO E ELA PASSOU A EVITAR ME LEVAR AO TRABALHO. TUDO PARECIA BEM, EU ESTAVA MAIS CALMO, APARENTEMENTE, PORQUE SÓ EU SABIA O QUE MINHA MENTE FAZIA COM AQUELA MULHER ANTES DO SONO, DURANTE AS TRANSAS COM MINHA ESPOSA, QUANDO VIA UMA MULHER EM OUTRO LUGAR QUE ME REMETESSE AS COISAS DELA... ORE, ORE, ORE; E VI COMO ÚNICA SAÍDA, TENTAR MATAR O PECADO, PECANDO... PARECE CONTRADITÓRIO, MAS SERIA PARA MIM A ÚNICA SOLUÇÃO: SE EU TIVESSE A CHANCE DE TER AQUELA MULHER PELO MENOS UMA VEZ NA MINHA VIDA, ERA CAPAZ QUE A VONTADE DE TÊ-LA PASSASSE; PORQUE SE EU NÃO FIZESSE ISSO, TERIA QUE ABANDONAR A TUDO QUE SEMPRE ACREDITEI, MAS COMO CONTINUAR COM MINHA CRENÇA SE ME PASSAVA PELA CABEÇA COMETER INÚMEROS DESLIZES NA LEI DO SENHOR... SE EU NÃO FOSSE UM HOMEM DE DEUS, DIRIA QUE EU ESTAVA FODIDO. PASSEI A LER SOBRE TRAIÇÃO E COMECEI A ME ILUDIR, SABIA QUE ERA ILUSÃO; MAS EU ME SENTIA OBCECADO E PRECISAVA ME APOIAR EM ALGUMA COISA, E ACHO QUE NESSA HORA O INIMIGO ME MOSTROU UMA COISA ABSURDA, UM PASTOR QUE PUBLICARA UM TEXTO INÓSPITO, RECONCEITUANDO TRAIÇÃO: EM SUA VISÃO O ATO EM SI, É MUITAS VEZES MENOS NOCIVO A ALMA E AO ESPÍRITO, PORTANTO A DEUS; DO QUE A VONTADE. E EU MORRIA DE VONTADE, ENTÃO SE CONCRETIZASSE, MATARIA MINHA VONTADE E DEIXARIA DE PECAR. (CONFUSO ISSO) PARA PIORAR A SITUAÇÃO, O MARIDO DELA, QUASE QUE A OBRIGOU A VOLTAR A ME DAR CARONA, PARA O TRABALHO... O QUE ME FEZ NOVAMENTE CONVIVER COM MEU PECADO. ENTÃO JÁ QUE NÃO TINHA COMO REMEDIAR, INVESTI. PASSEI A ELOGIAR SEUS ATRIBUTOS FEMININOS E PASSEI A USAR MAIS O TOQUE, A PRENDE-LA MAIS EM MEUS ABRAÇOS, BEIJAR SEU ROSTO MAIS DEMORADAMENTE, SENTINDO SEU PERFUME, SEGURAR SUA MÃO DURANTE AS VIAGENS. E PARA MINHA SURPRESA, ELA PERCEBIA O QUANTO CADA AVANÇO EM NOSSA INTIMIDADE MEXIA COMIGO E PASSOU A GOSTAR DESSE JOGO, OU PELO MENOS DEIXA SUBENTENDIDO QUE GOSTAVA, QUE TODOS OS ELOGIOS LHE FAZIAM BEM, ASSIM COMO AS REAÇÕES QUE EU TINHA COMO SUOR, CALAFRIOS, ARREPIOS, GEMIDOS, SUSSURROS E SUSPIROS A CADA BEIJO EM SEU ROSTO, A CADA ABRAÇO E A CADA APERTO DE MÃO. ALGUNS DIAS, NESSA SITUAÇÃO E MINHA SURPRESA FOI GRANDE QUANDO SEGURANDO A MÃO DELA, DISSE QUE NÃO SOLTARIA. ELA ENTÃO LEVOU MINHA MÃO À BOCA E MORDEU. PARECE BOBO, MAS QUASE GOZEI, MELEI TODA MINHA CUECA. E LARGUEI A MÃO DELA. A CENA DA MORDIDA ESTAVA FICANDO ROTINEIRA ENTRE NÓS, PELO MENOS EM TRÊS DIAS SEGUIDOS. E FOI JUSTAMENTE NESSE TERCEIRO DIA, ENQUANTO VOLTÁVAMOS PRA CASA, QUE TENTEI ALGO MAIS OUSADO; LEVEI MINHA MÃO ATÉ SUA COXA E POUSE LÁ, NÃO MEXIA A MÃO, FIQUEI QUIETINHO, SÓ SENTINDO O CALOR DAQUELA PELE MACIA, MINHA MÃO SUAVA E EU NEM TROCAVA A MARCHA DO CARRO. EM FRENTE A SUA CASA, A FORMALIDADE DE SEMPRE, TRÊS BEIJINHOS E UM PEDIDO DE ABRAÇO NO NALDO; MAS DESSA VEZ DISSE ALGO MAIS: - HOJE VOCÊ ME DEIXOU NO CÉU PERMITINDO QUE TOCASSE EM SUA PERNA. ELA COROU O ROSTO E DEU UM SORRISO TÍMIDO, DIZENDO PARA EU PARAR. NO DIA SEGUINTE, A MÃO LOGO FOI PARA SUA PERNA E PASSAMOS A MUDAR O TRAJETO PARA O TRABALHO, INDO POR UM LUGAR MAIS LONGO, EU ALEGUEI QUE SERIA EM VIRTUDE DO TRANSITO, JÁ QUE POR AQUELA REGIÃO NÃO HAVIA QUASE TRANSITO, EM SE TRATANDO DE UMA ÁREA DE RESEVA AMBIENTAL. NA VOLTA DAQUELE DIA, EU NÃO SÓ COLOQUEI A MÃO NA PERNA, COMO COMECEI A ALISAR, CONSEGUIA SENTIR A PELE DELA TREMENDO, E ESQUENTANDO, O QUE ERA SINAL DE APROVAÇÃO. DAQUELE DIA EM DIANTE CONVERSARÍAMOS SOBRE SEXO, CONTEI PRA ELA O QUE FAZIA NA CAMA E O QUE MINHA ESPOSA MAIS GOSTAVA, ELA SE MANTINHA RESERVADA COM RELAÇÃO AO ASSUNTO, MAS OUVIA E FAZIA PEQUENAS INTERVENÇÕES, AS VEZES DAVA UM SORRISO, QUE ERA NITIDAMENTE DE CURIOSIDADE, QUANDO NÃO DE ESPANTO; O QUE ME LEVAVA A CRER QUE MEU AMIGO PASTOR, GOSTAVA MESMO ERA DO BÁSICO NA CAMA. INFELIZMENTE, MINHA ALEGRIA FOI INTERROMPIDA POR UM FIM E SEMANA, MAS NA SEGUNDA, MINHA SEDE POR ELA ERA AINDA MAIOR E JÁ NA IDA EU ALISAVA AQUELA PERNA, QUE AINDA NÃO RELAXAVA, AO MEU TOQUE; PORÉM EU SOU PACIENTE E SABIA QUE ERA APENAS UMA QUESTÃO DE TEMPO. NA VOLTA, NÃO SEI O QUE ACONTECEU COM ELA NO TRABALHO, MAS ELA ESTAVA MAIS SOLTA, MAS FALANTE; INCLUSIVE COISAS SOBRE SEXO. FOI O DIA EM QUE FIQUEI MAIS LOUCO, MEU CACETE FICOU DURO, DEDE DE ANTES DE ENCONTRÁ-LA; IMAGINA COMO ESTAVA QUANDO A VI TÃO MAIS SEXY DO QUE NUNCA. NÃO DEIXEI DE FALAR ISSO PRA ELA, QUE ELA EXALAVA SEXO E QUE EU ESTAVA INEBRIADO COM AQUELE DOCE AROMA. ENTRAMOS NO CARRO E EU JÁ COLOQUEI MINHA MÃO NA SUA COXA E FUI ALISANDO, BUSCANDO A PARTE INTERNA, ELA AS VEZES SEGURAVA MINHA MÃO E A RECOMPUNHA. EU SUBIA POUCO A POUCO SEU VESTIDO, A PELE MACIA, VONTADE DE TER AQUELA MULHER. NESSE DIA, CHEGAMOS PRÓXIMA A CASA DELA E JÁ ESCURECIA, ENTÃO TOQUEI COM O CARRO PARA UM LUGAR ERMO, UMA PISTA DE CHÃO. - O QUE ESTAMOS FAZENDO AQUI? – ELA PERGUNTOU, COMO SE NÃO SOUBESSE. - OLHA COMO ME DEIXOU? – FALEI PRA ELA FAZENDO MENÇÃO AO MEU PAU. ELA COM CARA DE INOCENTE PERGUNTOU: - O QUÊ? - ME DEIXOU TODO MELADO, CHEGA MOLHOU A CALÇA. A MEDIDA QUE EU FALAVA, ME APROXIMAVA DO ROSTO DELA, NA TENTATIVA DE BEIJÁ-LA. JÁ TINHA SOLTADO MEU CINTO E A MÃO NA COXA DELA SUBIA EM DIREÇÃO A SUA CALCINHA, PELA PERCEBENDO ISSO, SEGUROU FORTE A MÃO. TENTEI BEIJÁ-LA. - BEIJO, NÃO NÉ GIL! SOMOS CASADOS, QUER TRAIR SUA MULHER? - DEPENDE DO QUE PRA VOCÊ É TRAIÇÃO? JÁ ME DISSE QUE BEIJAR É O PIOR TIPO DE TRAIÇÃO, PODEMOS FAZER OUTRAS COISAS, MENOS BEIJAR. FALEI ISSO, JÁ PUXANDO O ZÍPER DO DECOTE DO VESTIDO DELA E ENFIANDO MINHA MÃO POR DENTRO, SENTINDO AQUELE PEITINHO POR CIMA DO TECIDO DO SUTIÃ. ELA SEGUROU A SEGUNDA MÃO E TIROU AS DUAS DE SUAS POSIÇÕES, MORDEU MEUS DEDOS. - QUANDO MORDE MINHA MÃO ME DEIXA LOUCO. - E O QUE SENTE SE EU FIZER ISSO... FALOU ISSO, LAMBENDO MEU DEDO, PASSANDO A LÍNGUA ENTRE ELES. AQUILO ME DEIXOU LOUCO, EU IMAGINEI AQUELA LÍNGUA ENVOLTA DA CABEÇA DO MEU PAU. VOLTEI A MIM, NOS RECOMPOMOS E A LEVEI EM CASA. NO DIA SEGUINTE A MESMA CENA SE REPETIU, O QUE PUDE PERCEBER É QUE ELA TEM ESCOLHIDO OS VESTIDOS, DE ACORDO COM O QUE ACONTECE COM A GENTE. NESSA SEXTA POR EXEMPLO, O VESTIDO DELA TINHA UM DECOTE E NÃO PERMITIA QUE ELA USASSE SUTIÃ. QUANDO VOLTAMOS A CENA SE REPETIU, A LEVEI PARA O MESMO LUGAR ERMO, DESSA VEZ TOCAVA SUA XOXOTINHA POR CIMA DA CALCINHA, SENTIA COMO ESTAVA QUENTE E MOLHADA E QUANDO ENVIEI A MÃO POR DENTRO DO SEU DECOTE, SENTI SEUS SEIOS, OS BICOS DUROS, FIQUEI LOUCO PARA MAMA-LOS; MAS QUANDO FIZ MENÇÃO EM FAZÊ-LO, ELA NOVAMENTE SEGUROU MINHAS MÃOS E AS LAMBEU. ANTES DE SAIRMOS, PROMETEMOS QUE NÃO FARÍAMOS MAIS ISSO, POIS PREJUDICAVA NOSSOS CASAMENTOS E EVITARÍAMOS FICAR A SÓS. NO FIM DE SEMANA NOS VIMOS NA IGREJA, MAL NOS FALAMOS, MAS TROCAMOS PROFUNDOS OLHARES. NA SEGUNDA, FICAMOS SÓS NA IDA, MAS QUANDO VAMOS O CLIMA É OUTRO, GERALMENTE SÓ CONVERSAMOS, E AS VEZES ROLA UMA PASSADINHA DE MÃO NA COXA, OU UM DEDINHO NA BOCA DELA, UMA SEGURADA DE MÃO, NADA DE MAIS. NESSE DIA, FALEI QUE SONHEI COM ELA E SABIA EXATAMENTE COMO SE COMPORTA NA HORA DOS ORGASMOS, FALEI QUE TRANSO COM MINHA ESPOSA, VENDO ELA NA MINHA FRENTE E MUITAS OUTRAS COISAS, QUE SEI QUE MEXERAM COM ELA. QUANDO VOLTAMOS, TUDO ESTAVA EXATAMENTE COMO ANTES, COMO SE NÃO TIVÉSSEMOS PROMETIDO NADA, EU ALISAVA A PERNA DELA E AGORA CHEGAVA FACILMENTE A SUA CALCINHA, QUE DE PROPÓSITO (EU QUERIA CRER), ERA MINÚSCULA. EM POUCO TEMPO SENTI QUE SUA XANINHA ERA TODA DEPILADINHA, QUE O GRELINHO ESTAVA ENDURECIDO, PELO TECIDO DO VESTIDO PERCEBI O BIQUINHO DOS SEIOS PONTUDINHOS E NÃO AGUENTEI: FALANDO ALGUMAS SACANAGENS FUI ENTRANDO NA GRUTINHA DELA COM MEU DEDO, SENTINDO OS LÁBIOS SE ABRIREM E ELA CONTRAINDO OS MÚSCULOS QUE O APERTAVAM; JÁ ESTAVA DE OLHOS FECHADOS ENTÃO FRICCIONEI SEU PONTO G, COM TANTA INTIMIDADE E ASTÚCIA QUE ELA VEIO AO GOZO RÁPIDO, GEMENDO DELICIOSAMENTE, COMO MÚSICA PARA MEUS OUVIDOS. NO DIA SEGUINTE, PARA MINHA SURPRESA, SEU MARIDO FOI CONOSCO PARA O TRABALHO, SABIA BEM O QUE ELA QUERIA DIZER COM AQUILO, MAS ERA QUESTÃO DE TEMPO AGORA TÊ-LA. NA VOLTA, PEGUEI SUA MÃO E LEVEI A MINHA BOCA, E COMECEI A LAMBER SEUS DEDOS, COMO SE LAMBESSE SUA BOCETINHA E ELA GOSTOU TANTO QUE GEMIA; TUDO IA SE REPETINDO, MAS DESSA VEZ EU JÁ ESTAVA FAZENDO ELA GOZAR EM SEU GRELINHO, QUANDO RESOLVI, DE UM RELANCE PEGAR SUA MÃO E COLOCAR SOBRE MEU MASTRO DURO, ELA APERTOU FORTE, ABRINDO OS OLHOS SE RECOMPÔS E PEDIU PARA IRMOS EMBORA, NÃO GOZOU, MAS PERCEBI QUE GOSTOU DE TER PEGO NELE. NISSO, SE PASSARAM DOIS DIAS, EM QUE NADA ACONTECEU, NUM DESSES DIAS ELA FOI DE CALÇA E APENAS ALISEI SUAS PERNAS E A XOTINHA POR SOBRE A CALÇA. FALAMOS MUITO DE SEXO E CONTEI PRA ELA COM DETALHES O QUE QUERIA FAZER COM ELA NA CAMA. SENTI SEU AR DE CURIOSIDADE E DESCOBRI QUE O CAMINHO ERA ESSE. BATATA! NO OUTRO DIA ELA ESTA SEXY COMO SEMPRE, COMO SE TIVESSE SE VESTIDO PARA MIM. FOMOS, CONTEI COMO FOI A NOITE COM MINHA ESPOSA (JÁ TINHA FEITO ISSO ANTES E PERCEBI QUE ELA GOSTAVA DE RELATOS DE SEXO) E NOVAMENTE INVENTEI UM ENCONTRO ENTRE NÓS DOIS; MAS DESSA VEZ COLOQUEI ROMANTISMO, JANTAR A LUZ DE VELA, DANÇA, VINHO, BEIJOS (EMBORA EU SEJA PROIBIDO DE BEIJA-LA, ISSO ME LEMBRA UM ARTIGO DE REVISTA QUE LI QUE AS PROSTITUTAS NÃO DEIXAM SEUS CLIENTES BEIJA-LAS, PARA QUE ELAS NÃO CORRAM O RISCO E SE APAIXONAREM POR ELES) E TUDO MAIS QUE MINHA IMAGINAÇÃO PERMITIU PARA OCASIÃO. NA VOLTA, ARMEI UM PLANO E TIREI MINHA CUECA E EU CINTO E GUARDEI NA MINHA PASTA. SENTI ELA MEIO TRISTE, ENTÃO PAREI NUM LUGAR E PEDI QUE ACOMPANHASSE, COMPREI DOIS SUCOS, CONVERSAMOS, ELA NÃO QUIS ME REVELAR O QUE ERA, MAS A CONSOLEI, VOLTAMOS AO CARRO E EU JÁ IA ALISANDO ELA. PARAMOS NO NOSSO CANTINHO ESCONDIDO E MEU DEDO JÁ MASSAGEAVA SEU GRELINHO, ENTÃO PAREI E TIREI A MÃO DE LÁ; ELA SE ASSUSTOU, COLOQUEI MEU PAU PARA FORA E VOLTEI A MASSAGEÁ-LA; AGORA ELA OSCILAVA ENTRE FECHAR OS OLHOS E ABRI-LOS OLHANDO MEU PAU DURO E LATEJANTE. QUANDO JÁ IA GOZANDO, PEGUEI A MÃO DELA E COLOQUEI SOBRE ELE, DESSA VEZ ELA NÃO TIROU, BATEU UMA PUNHETINHA, MEIO SEM GRAÇA E GOZOU FORTE. PASSAMOS NOVAMENTE, ALGUNS DIAS NOS CULPANDO, PEDINDO DESCULPAS UM AO OUTRO. EU JÁ FAZIA ISSO NO AUTOMÁTICO, SEM SENTIR REMORSOS, SEMPRE MAQUINANDO QUAL SERIA O PRÓXIMO PASSO. EM POUCO TEMPO JÁ VOLTAVA A FALAR PRA ELA AS SACANAGENS QUE ELA TANTO GOSTA E FATALMENTE A CONSEGUIA DE NOVO. DESSA VEZ, HOUVE NOVIDADES, ELA ME DEIXOU MAMAR AQUELE LINDO PAR DE SEIOS E A FIZ GOZAR, ENQUANTO ELA ME MASTURBAVA. DEPOIS QUE GOZOU, PEDI QUE CONTINUASSE, POIS EU ESTAVA PRA GOZAR TAMBÉM. NÃO É QUE ELA SABE FAZER DIREITINHO, BATEU UMA PUNHETA BEM GOSTOSA PRA MIM E ESPORREI EM SUA MÃO. - LAMBE. PEDI. - LAMBE VOCÊ! ELA FALOU LEVANDO A MÃO DELA NA MINHA BOCA. NUNCA TINHA FEITO ISSO, MAS PARA TER AQUELA MULHER VALERIA TUDO. E LAMBI O DEDO E A MÃO DELA COM VONTADE. NOS RECOMPOMOS E QUANDO ESTAVA INDO DEIXA-LA EM CASA, NOTEI QUE DISFARÇADAMENTE ELA LAMBEU UM POUCO DE PORRA QUE FICOU ENTRE SEUS DEDOS. NA HORA DE NOS DESPEDIRMOS FALEI EM SUE OUVIDO: - GOSTOU DO MEU GOSTO? VAI DORMIR HOJE COM GOSTO DA PORRA DO SEU MACHO NA BOCA. PASSAMOS UM DIA SEM NOS VERMOS, NÃO FUI TRABALHAR. TIVE QUE LEVAR MINHA ESPOSA AO MÉDICO, MESMO SOB MUITO PROTESTO DE QUE TINHAM COISAS IMPORTANTES NO TRABALHO A SE FAZER, FUI. JÁ ERA FIM DE SEMANA E NA IGREJA, HAVERIA UM "ENCONTRO DE VARÕES". DISSE AO MARIDO DELA QUE EU NÃO PODERIA IR. E PARA MINHA ESPOSA, DISSE QUE IRIA A PÉ ATÉ A CASA DELE, POIS ELE IRIA SE ATRASAR DO SERVIÇO E EU ESTANDO LÁ APRESSARIA-O, PARA NÃO PERDERMOS O CULTO. SABIA QUE ELA ESTARIA SÓ EM CASA, POIS SEU FILHO TINHA IDO DORMIR NA AVÓ. BATI NO PORTÃO E ELA VEIO ME ATENDER, COM UM SHORTINHO LINDO E UMA BLUSA FOLGADINHA. NOTEI OS BIQUINHOS DO SEIO SE INTUMESCEREM SÓ AO ME VER. - PRECISAMOS CONVERSAR, O QUE ESTAMOS FAZENDO NÃO ESTÁ CERTO. AQUILO ERA PAPO PARA BOI DORMIR, ERA APENAS PARA ELA ABRIR A PORTA E ME DEIXAR ENTRAR. ENTREI E COMECEI A LENGA-LENGA DE QUE ERA ERRADO E TAL E COISA. MAS VIREI O JOGO E COMECEI FALAR QUE AO MESMO TEMPO NÃO CONSEGUIA VIVER SEM AQUILO E FUI ME APROXIMANDO E JÁ MUITO PERTO DELA NO SOFÁ DE SUA SALA, PELA PRIMEIRA VEZ A BEIJEI. FUI DESPINDO SUA ROUPA E ELA A MINHA, SABÍAMOS QUE O CULTO DEMORARIA E TÍNHAMOS MUITO TEMPO. TUDO ERA COM CALMA E MUITO CARINHO. ACARICIEI SEUS SEIOS, OS APERTEI, BRINQUEI COM OS BIQUINHOS, BEIJEI SEU PESCOÇO, SENTI SEU CHEIRO (QUE CHEIRO), DESCIA BOCA LAMBIA E SUGAVA SEUS PEITINHOS, A MÃO JÁ ACARICIAVA SUA BOCETINHA, ELA GEMIA E SENTI QUE GOZARIA, ENTÃO ENFIEI UM DEDO NA SUA BOCETA E MASSAGEEI SEU PONTO G E ELA GOZOU. TIREI MEU SAPATOS, MEIA E CALÇA, ENQUANTO ELA, RESFOLEGAVA NO SOFÁ. FIQUEI NU E ME AJOELHEI EM SUA FRENTE, A BEIJANDO NOVAMENTE, VOLTANDO PARA OS PEITINHOS, TIRANDO SEU SHORT, ELOGIEI SEU CORPO, SUA CALCINHA, TUDO... BEIJEI E LAMBI SEUS PÉS, SUBI PELAS PERNAS, CHEGUEI NAS COXAS E FIQUEI BOM TEMPO COM MINHA CARA ENTERRADA EM SUA BOCETA POR CIMA DA CALCINHA. CHEGUEI ELA PARA O LADO E COMECEI A LAMBER SEU GRELINHO. ELA DAVA PINOTES E TIVE QUE A SEGURAR FIRME, SE CONTORCIA, GEMIA E PEDIA MAIS... NO MEIO DESSA CONFUSÃO ME CHAMOU DE UM NOME DE HOMEM QUE NÃO ME LEMBRO E NOVAMENTE GOZOU... GOZOU DE PERDER O FÔLEGO. - CALMA... VAMOS COM CALMA, NÃO ESTOU ACOSTUMADA. AQUILO ME DEIXOU LOUCO, ERA CONFIRMAÇÃO QUE O MARIDO DELA ERA MESMO UM BANANA. FIQUEI DE PÉ E SEGURANDO FORTE EM SEUS CABELOS A FIZ ME CHUPAR. E COMO ELA CHUPAVA GOSTOSO, ATÉ LAMBEU MEU SAQUINHO. SUGAVA ELE TODO, O COLOCOU INTEIRO NA BOCA (COISA QUE MINHA MULHER NÃO FAZ), SUGOU A CABECINHA, PASSANDO A LÍNGUA NO BURAQUINHO, ME DEIXOU LOUCO. ME AJOELHEI E ABRINDO AS PERNAS DELA, A PENETREI. SENTI AQUELA BOCETA, MOLHADA, QUENTE E APERTADA... DELICIOSA, ERA TUDO QUE EU QUERIA. METIA COM VONTADE E ELA GEMIA, ERGUI AS PERNAS DELA, MUDANDO O ÂNGULO DE PENETRAÇÃO, O QUE AUMENTOU SEU PRAZER E RAPIDAMENTE GOZOU OUTRA VEZ. A DEITEI NO SOFÁ E ME DEITEI POR CIMA, QUIS FICAR UM POUCO ALI, SÓ A OLHANDO, BEIJANDO. - NEM NO MEU SONHO MAIS LOUCO, IMAGINEI QUE FOSSE ASSIM. - NEM EU, ELA ME DISSE, FECHANDO OS OLHOS. E LOGO SENTINDO EU METER DE NOVO NELA, AGORA SUAVEMENTE, SÓ COLOQUEI METADE DE E QUASE O TIRAVA TODO, PARA RECOLOCA-LO EM SEGUIDA. A ABERTURA E FECHAMENTO DOS LÁBIOS A DEIXAVA DOIDA. - QUER ME FAZER GOZAR DE NOVO? - QUERO TE FAZER GOZAR MUITO... - POIS ASSIM VAI CONSEGUIR... MAS NÃO CONSEGUI, COMECEI A SENTIR UM DESCONFORTO NA MINHA PERNA, ENTÃO, ERGUI UMA DAS PERNAS ELA SOBRE MEU OMBRO E METI BEM FUNDO. APERTANDO SEU CORPO (LEMBREI DELA DIZER QUE GOSTA DE SER APERTADA), E ACARICIANDO SEU SEIO, A FIZ TER UM NOVO ORGASMO, PORÉM DESSA VEZ GOZEI JUNTO. CAÍMOS NO TAPETE. RESFOLEGANDO. PUXEI ELA PRA MIM E A ANINHEI ME MEU PEITO. EU FAZIA CARINHO E LHE FALAVA O QUANTO ELA É ESPECIAL PARA MIM E COMO EU ESTAVA GOSTANDO DAQUELE MOMENTO COM ELA; LHE FALAVA ALGUMAS SACANAGENS E O QUE QUERIA FAZER COM ELA DALI ALGUNS MINUTOS. - E VC VAI DAR CONTA? - ME CHUPA E VC VAI VER... ELA RIU. E COMEÇOU A ALISÁ-LO E ELE COMEÇOU A CRESCER. SENTI QUE ELE AINDA ESTAVA SUJO COM MINHA PORRA. - ME CHUPA E SINTA DE NOVO O MEU GOSTO NA SUA BOCA. ELA RIU E OBEDECEU. - SÓ QUE VAI TER FAZER UMA COISA PRA MIM TAMBÉM, DEPOIS. PELO OLHAR QUE ELA ME DEU, PARECIA SER UMA TRAVESSURA. MAS NÃO QUERIA PENSAR NISSO, APENAS FECHEI OS OLHOS E SENTI COMO ERA GOSTOSA AQUELA BOCA. ELE JÁ ESTAVA MUITO DURO E EU LOUCO PARA ESTAR COM ELA NOVAMENTE. - TE QUERO!!! - QUER. FALOU COM A CARA E A VOZ DE SAFADA, MUITO SAFADA, QUASE UMA PUTA. DE FATO NÃO RECONHECI A "IRMÃ", ALI; E SEI QUE A MUITO ELA NÃO MAIS ME VER COMO UM "IRMÃO". - SIM... E É URGENTE. - SÓ VAI TER SE ME FIZER GOZAR NA SUA BOCA. - MAS ESTÁ SUJO, VOCÊ VAI LAVAR? - NÃO... QUERO ASSIM.... ENGOLI EM SECO, PORÉM PENSEI, ESTAREI LAMBENDO A XOTINHA DELA, VALE A PENA. ENTÃO FUI, LAMBI. PRA FALAR A VERDADE NEM DEU PRA SENTIR MUITO MEU GOSTO, PELO MENOS, ERA MAIS SUAVE DO QUE QUANDO LAMBI DO DEDO DELA. SÓ SENTI MESMO QUANDO ELA COMEÇOU A SE CONTRAIR NO GOZO E METI POR INSTINTO MINHA LÍNGUA DENTRO DELA, AÍ EU SENTI. - VAI, SAFADO.... ESTOU GOZANDO... VAI... CHUPA... CHUPA... FALANDO ISSO, GOZOU. SE CONTORCEU NO SOFÁ E APROVEITEI ELA DE LADINHO COM A BUNDA EXPOSTA PARA FORA DO ACENTO E METI NA SUA BOCETINHA, COM ELA DE LADINHO, TIPO CONCHINHA. COMO ELA GEMIA E POUCO A POUCO SE SOLTAVA, FALANDO SACANAGENS E ME CHAMANDO DE NOMES QUE ME DEIXAVA COM MAIS TESÃO, COMO: SAFADO, GOSTOSO, AMOR... ELA GOZOU INTENSAMENTE. E EU QUERIA MULTIPLICAR AQUELE ORGASMO, SABIA QUE SE FIZESSE ISSO, ELA IRIA ME QUERER OUTRAS VEZES, POIS ESTAVA NÍTIDO QUE EM CASA NÃO TINHA NADA DAQUILO. SEGUREI FIRME NELA, DENOTANDO QUE QUERIA QUE ELA FICASSE DE QUATRO, APOIADA, NO ENCOSTO DO SOFÁ. ELA RELUTOU, DISSE NÃO MAIS AGUENTAR. ENTÃO FORCEI DE NOVO E ELA FOI. QUE POSIÇÃO DELICIOSA, VOLTEI A LAMBER SUA BOCETINHA, POR TRÁS E ENFIEI MINHA PICA NELA, COM FORÇA... COMO EU FODIA AQUELA MULHER, COMO PASSEI QUASE SEIS MESES PARA CONQUISTÁ-LA E COMO ESTAVA VALENDO A PENA, CADA INVESTIDA. - VOU GOZAR DE NOVO... ANUNCIEI. - GOZA, GOZA EM MIM, ME ENCHE COM SEU CALDO BEM QUENTINHO... VAI... - QUER LEITINHO? - QUERO... QUERO MUITO... GOZEI COM FORÇA E EM ABUNDÂNCIA. FICAMOS MOLES. DEITEI ELA NO MEU COLO NO SOFÁ E CONVERSAMOS, AMENIDADES. ELA DISSE NUNCA ESPERAR ISSO DE NÓS, E EU PERGUNTEI SE ELA TOPARIA IR A UM MOTEL COMIGO. DISSE QUE NÃO QUERIA PENSAR NISSO E QUE ESPERAVA QUE ESSE FOSSE A PRIMEIRA E A ULTIMA VEZ JUNTOS. DEPOIS DE CERTO TEMPO ME VESTI. E FUI EMBORA. DEU TEMPO DE VER A LUZ DO BANHEIRO DELA ACENDER LÁ DE FORA, ENQUANTO EU AI PARA CASA. É AMIGOS, SÓ TEM UM PROBLEMA... ESTOU CONTANDO ISSO PARA VOCÊS, POIS NÃO SEI SE VOU SOBREVIVER AO QUE VIRÁ POR AÍ. NESSA CONFUSÃO, DEIXEI MINHA CARTEIRINHA DE MEMBRO DA IGREJA CAIR NA CASA DELA. O MARIDO, QUANDO CHEGOU, ACHOU... ME LIGOU BRAVO, POIS AO ACHAR A CARTEIRA, OBSERVOU A SALA, CHEIROU O SOFÁ E PERCEBEU, QUE HAVIA ALGO ERRADO. ME LIGOU NO OUTRO DIA CONTANDO O QUE ACHOU E O QUE DESCOBRIU... QUER QUE EU VÁ AO SEU ENCONTRO HOJE NA HORA DO ALMOÇO... ACHO QUE VOU MORRER, POIS ELE É UM SANSÃO. MAS ARDILOSO COMO SOU, JÁ TENHO UM DISCURSO NA PONTA DA LÍNGUA. SEI QUE ELE É UM FANÁTICO RELIGIOSO, ENTÃO COLOCAREI TODA CULPA NELA, A CHAMANDO DE SERPENTE DO PARAÍSO... O IMPORTANTE NESSA VIDA É TIRAR O SEU DA RETA.... ESCREVO CONTOS EROTICOS ON LINE NO SKYPE, ME ADICIONEM. LICBIO@HOTMAIL.COM OBRIGADO

Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.