RSS contos eroticos

Conto Erotico Reencontro com meu ex namorado

Olá a todos...

ja escrevi alguns contos eróticos em outros sites
gosto de sempre compartilhar minhas aventuras publicando meus contos.

bom não irei revelar meu nome aqui, sou loira, cabelos médios, magra
seios, bunda e coxas bem volumosas...
tenho penas 18 aninhos (recem completados) e no inicio de 2008 namorei por quatro meses um homem bem mais velho que eu, qdo nos conhecemos eu tinha 17 ainda e ele ja tinha 35 (sempre adorei homens mais velhos). o namoro não deu certo pela diferença de idade.
nós sempre nos demos bem em todos os sentidos, principalmente na cama.
depois que terminamos o namoro ficamos um bom tempo sem nos falar e no fim do ano acabamos nos reencontrando. ele é muito amigo do meu irmão e minha cunhada.
uma vez fui passar o dia na casa deles e nós saimos fomos dar uma volta pelo bairro e assim acabamos encontrando com ele. fazia muito tempo q ñ nos falavamos e acabamos ficando sem graça um com o outro, e ele disse que mais tarde dava uma passada la.
mais a tarde ele foi mesmo e passou o dia conosco, ñ nos falamos muito durante o dia mas os olhares rolaram soltos (nossos olhares ja diziam tudo).
a noite chegou ele foi pra casa dele e em seguida eu tbm voltei pra minha casa.
então dei um jeito de descobrir o email dele e assim começaos a conversar pela net.
eu acabei me entregando, disse que tinha ainda muito tesão com ele e que queria muito ficar com ele novamente, ele disse que tbm sentia ainda muito tesao por mim e que aquele dia q nos encontramos ele ficou com muita vontade de me ter novamente.
nossas conversas se tornaram diarias pela net e uns dias depois aconteceu uma festa na casa do meu irmão e é claro que nós dois fomos convidados.
la nós passamos o tempo todo nos olhando, aquele olhar cheio de tesão, sempre que dava ele dava um jeitinho de me provocar, de sussurrar coisas no meu ouvido e esse joguinho de sedução me deixava cada vez mais louca, eu ficava molhada só dele chegar perto de mim...
no final da festa meu irmão ia me trazer em casa e pra minha surpresa ele se ofereceu a me deixar em casa.
ele insistiu tanto que meu irmão acabou deixando mas é claro ficou muito desconfiado.
nós saimos da casa com o carro dele e assim que viramos a esquina da rua ele parou o carro e nos beijamos loucamente, quase gozei só com aquele beijo delicioso...
ele voltou a dirigir e em cada parava nos semaforos nós aprovitavamos pra nos beijar mais e mais... meu tesão estava a mil, eu não aguentava mais queria muito ser fodida de novo por ele.
nós chegamos a casa dele, ele guardou o carro na garagem e entramos.
assim que colocamos os pés dentro da casa ja nos agarramos meu óculos (que eu tenho que usar sempre) acabou voando longe, nós fomos para o quarto e quando entramos nos beijando eu me ajoelhei, tirau o pau dele pra fora, estava louca para devora-lo... coloquei-o enteiro na boca e o chupei com muita vontade.
eu adorava o cheiro, o sabor, aquele cacete era tudo o que eu mais queria... quase o fiz gozar na minha boca.. eu arrncava gemidos deliciosos dele de tanto que chupei se ele não parasse eu ficaria ali por horas e horas.
ele me levantou e me deitou na roupa, tirou as poucas peças de roupa que eu ainda vestia, e eu nem quiz mais nada só pedi pra ele me foder bem gostoso...
fiquei de quatro em cima da cama, com a bunda bem empinada (do jeito que eu mais gosto de ser fodida) e ele logo veio atras de mim.
seu pau parecia mais uma rocha de tão duro que estava...
ele sem pensar duas vezes enfiou todo aquele cacete em minha boceta de uma vez só, me arrancando um grito bem alto e firme de tanto tesão, ele pegou e puxou meus cabelos dando tapas bem fortes na minha bunda enquanto ele me fodia com bastante força, nessa brincadeira gostosa eu gozei duas vezes, e logo depois ele também gozou. mas meu tesão não foi embora e o pau dele continuava duro.
me deitei na cama ele abriu bem minhas pernas e sugou bem gostoso minha boceta.
ele chupava ela todinha e quando chegava em meu clitóris ele ia bem devagar e esfregava sua lingua nele, me deixando louca e ainda ordenava que eu olhasse o movimento da lingua dele em minha boceta principalmente no meu clitóris bem durinho...
ele socou dois dedos nela e fikou me mastubando e minha boceta estava encharcada só querendo mais e mais...
ele se levantou e pediu pra que eu me masturbasse pra ele olhar (ele adora isso), ele ficou na minha frente batendo uma bem gostosa enquanto eu com as pernas bem abertas em cima da cama deixava ele louco de tesão com minha mão dentro da minha bocetinha... vendo ele bater aquela punheta gostosa eu gozei bem gostoso.
quando ele percebeu os meus gemidos de prazer ele veio pra mim, segurou minhas pernas juntas e socou seu pau de novo em mim
eu dizia que era a putinha dele que adorava quando ele me fodia e que senti muita saudade do cacete gostoso dele, e falava mais e mais safadezas pra ele, pedia pra ele bater na minha bunda e eu gemia muito bem gostoso e ainda alo sem ligar se alguem poderia ouvir. na verdade eu só estava concentrada no momento.
ele tirou seu pau de dentro de mim e gozou nos meus seios e minha barriga.
depois disso fomos tomar banho juntos e no chuveiro continuamos trepando bem gostosoele me deitou no chão com as pernas abertas e com a agua do chuveiro caindo sobre nós ele me devorava muito sempre com mmuita força pois ele sabia que eu gostava ele parou um pouco e ficou brincando com meu clitóris ele ficou esfregando a cabecinha do seu pau nele me levando a loucura.
eu continuava deitada em baixo do chuveiro e ele perguntou pra mim se eu sabia o que ele ia querer comer agora, ele se tratava do meu cuzinho.
eu pedi pra ele comer ele, disse que meu cuzinho era só dele e que estava guardando pra ele novamente (quando nós namoravamos ele comia meu cuzinho todas as vzes).
lubrificamos ele com sabonete e ele encaixou a cabecinha da rola dele na entrada do meu cuzinho.
doia muito no começo, ele perguntou se estava doendo e eu disse que sim e competei dizendo que ele tinha parado de comer e que minha bundinha acabou fechando, ele deu uma risadinha safada e socou seu pau todo de uma vez, eu senti uma dorzinha chata mas ele disse que não ia parar, falou que eu era uma cachorra e que queria me ver com dor... ele bateu na minha bunda e fez movimentos leves... quando parou de doer eu pedi pra ele foder meu cu de uma vez.
ele fodia e eu empurrava minha bunda ainda mais pra traz pra poder entrar tudo.
ele gozou bm gostoso no meu cu enchedo ele de muita porra.
nós nos lavamos e ainda fiz ee gozar na minha boca enquanto eu chupava ele... ele batia sua rola na minha cara, esfregava em meus seios e gozou jogando aquele leitinho na minha garganta que engoli tudo não deixei escapar nem uma gota...
voltamos pra cama e tiramos um cochilo...
quando eu acordei eu estava de bruço... ele viu e ja ficou com seu pau durão de novo.
fiquei naquela posição mesmo ele chupou minha boceta por tras mesmo deixando ela toda molhadinha de novo e trepamos mais uma vez bem gostoso...
no final nós estavamos acabados...
ele me trouxe em casa depois quando ja era de manhã...

... e até hoje nós ficamos e trepamos bem gostoso escondidos de todo mundo... ele continua delicioso na cama e sempre me faz gozar muito com aquele cacete gostoso!!!

espero que tenham gostado do meu conto...

byee