RSS contos eroticos

Conto Erotico Sacanagem de praia

Fiquei de passar um fim de semana na casa de praia de uns amigos. Cheguei uma dez horas da manhã e fui recebido pela Marlene( nome fictíio), caseira do local e seu marido Jorge, jardineiro e pau para todas as horas. Esse pau para todas as horas era real. Toda hora que eles não estavam trabalhando, ficavam trepando. Meus amigos também eram assim e chegaram ao ponto de transarem juntos com os caseiros, afinal o casal era um tesão. Fiquei por ali ouvindo os gemidos daquelas mulheres fogosas e seus garanhões. Bati uma punheta na beira da piscina e depois vesti a sunga. Chegaram para nadar e para meu deleite, o caseiro saiu para compras. Julio e Fran, estavam comigo quando a gatona veio e deliciosamente perambulou pela nossa frente, só de calcinha microscópica com um montão de pelos de buceta aparecendo e um fiozinho na bunda. Sorriu e perguntou se queríamos algo. Julio e Fran disseram que não queriam nada, apenas nos ver trepando. A putinha deliciosa da empregada foi logo se achegando e tirando minha sunga e sua calcinha e copmeçamos uma chupação tremenda. Nossas boca passaram por cada centímetro de nossos c orpos. Metemos de frente de tráz, de cima para baixo e gozamos bastante. Meus amigos se deliciaram com nossa performance. Ficamos todos pelados nos bolinando. A noite chegou e o caseiro me chamou para trepar com aquela empregadinha safada, pois ele queria assistir sua puta ser comida por mim. Meti novamente naquela puta de buceta peluda. Gozamos e o caseiro bateu punheta pra gente. Eu vinha de volta a segunda feira e antes de sair a minha empregada bucetuda, vei me fazer um boquete maravilhoso de despedida, aos olhos brilantes de tesão dos nossos três voyeurs
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.