RSS contos eroticos

Conto Erotico SURPRESA INESQUECÍVEL

Somos amantes, eu tenho minha esposa e ela tem o marido dela; mas quando podemos nos encontramos as escondidas. Esse conto foi escrito por ela… espero que gostem. Trabalham em uma empresa muito séria, onde seriedade, respeito, formalidade, comportamento adequado e tudo que é discreto fazem parte de exigências do local, afinal de contas trabalha-se nesse local com a educação de outrem, formando caráter, moldando personalidades.
Os colegas se conheceram em uma dessas enfadonhas dinâmicas de grupo de começo de ano. Os meses passam e os dois passam despercebidos um pelo outro. Repentinamente, a colega percebe que aquele abraço afável de boas vindas dá um arrepio gostoso! Começam a se aproximar, e logo a profissional séria não vê a hora de receber AQUELE ABRAÇO!
Abraço tão gostoso que logo é descoberto pela colega como algo que a excita; ela deseja arriscar e, de maneira discreta, diz ao colega que seu abraço a excita. Qual será a reação daquele homem sério, que trabalha a mil por hora o tempo todo?
Na primeira oportunidade ele a convida para um lugar mais discreto da empresa para dar-lhe um qualquer coisa, os dois já sabem o que querem dar e receber. Um beijo gostoso, porém rápido, é o primeiro indício de que aquele coleguismo profissional não será mais um coleguismo e, tampouco profissional.
Nos dias que se seguem, os dois resolvem fazer dois papéis: o de profissionais sérios, como o são, e o papel de um homem carinhoso, porém firme e bem tarado e ela faz, como gosta, o papel de putinha devassa e sempre que há uma brecha, eles se atracam em algum lugar silencioso: se beijam, se chupam, se tocam, gozam na boca do parceiro. Em certa ocasião ele joga sua coleguinha piranha em cima de uma mesa, arranca-lhe a calça e cai de boca na bucetinha toda encharcada; chupa, mete o dedo e nesse frenesi a leva ao céu em minutos.
Ainda extasiada, ela toma nas mãos aquele pau gostoso e começa a brincar querendo ver até onde vai o tesão de seu amante. Com o cacete duro, a amante começa a lamber como se fosse um delicioso sorvete, suga, mama, engole e vai nesse ritmo delicioso até sentir o caralho de seu macho se contrair e tremer dentro de sua boca. UAU! HORA DO LEITINHO!
Engole cada gotinha desse leite precioso, e quer mais! Depois dessa brincadeira toda, os amantes se recompõem e voltam aos seus postos na empresa.
Como não podem “brincar em serviço”, resolvem que o próximo encontro será em um motel e decidem que ela chegará primeiro e passará o número do quarto pra ele. Quando ele chega, surpreende-se porque encontra a porta entreaberta e ouve gemidos. Entra com cuidado e medo de estar no quarto errado, mas qual é sua surpresa quando se depara com 2 putinhas se esfregando deliciosamente na banheira.
Ah, entrarei aí agora mesmo, diz ele já tirando a roupa apressadamente. Não, não, respondem as duas; você irá assistir a um filmezinho gostoso ao vivo, só depois fará parte. Ele concorda, meio a contra gosto.
Sua amante está com um espartilho vermelho todo molhadinho, o que deixa os bicos dos seios bem rijos. A putinha contratada está peladinha e se esfrega deliciosamente no corpo feminino ávido de prazer!
Para fazerem valer a pena, saem da banheira e vão para a cama imensa. Ele só as observa! As duas começam a se beijar delicadamente e se tocarem sutilmente. As carícias se tornam mais tórridas e a putinha desce até a cintura da amante já encharcada de tesão. Ela beija a cintura, a vira e começa a lamber e morder o bumbum. Mas o cheio de fêmea no cio a enlouquece e ela sem demora passa para o cuzinho, a vira e cai de boca na grutinha molhada e bem macia.
A partir daí a putaria é geral! As duas se enroscam e esfregam suas xaninhas até gozarem, enquanto isso se beijam, lambem, mamam, chupam os peitinhos deliciosos. Após tanta loucura as 2 ficam esgotadas se beijando calmamente.
Já com o caralho latejando, ele cai em cima das duas e começa a acariciar-lhes coxas, bundinha, seios. É a realização de um sonho e ele ñ pode perder tempo! Desce até a grutinha das duas e intercala lambidas e dedilhadas entre uma e outra, sentindo o líquido gostoso de gozo e a carne macia de safadas gostosas!
Agora os três se envolvem em um fogo ardente, frenesi sem fim. Beijos a três, carícias magníficas, gemidos e sussurros deliciosos. Como macho alfa da brincadeira ele dá uma ordem: Quero as duas ajoelhadas mamando meu cacete agora! Sem pensar 2 vezes, as safadinhas se ajoelham e começam a lamber o saco, sobem suavemente pelo mastro, sentindo toda a rigidez, veias saltitantes e o tremor de todo o pau. Revezam nas lambidas e engolidas daquela cabeça que libera um líquido gostoso. Depois decidem enlouquecê-lo de vez, e começam a lamber a pica gostosa e ao mesmo tempo baterem um siririca vigorosa uma na outra, enquanto se beijam ao lamber a cabeça de seu pau.
Enlouquecido de tesão, ele dá tapas deliciosos na cara das duas e puxa-lhes o cabelo. Manda então que fiquem de 4 uma ao lado da outra, e começa numa foda enlouquecedora, comendo a boceta de uma com seu cacete duro enquanto mete um vibrador na boceta da outra. Alterna o cacete prá sentir a quentura das duas bocetas e assim vai até gozar e fazer as putas gozarem gemendo alto e se beijando!
Depois de tanta loucura, entram os três embaixo do chuveiro e, enquanto a água escorre pelos corpos extasiados, eles se beijam, se sentem, se massageiam. Ele sente que ainda tem muito o que aproveitar e começa a chupar os peitinhos das duas, fazendo com que os biquinhos intumescidos se encontrem; e ajoelha-se e começa a chupar e tocar os grelinhos que já estão inchados novamente.
Ainda no comando total, o macho safado manda as duas piranhas ficarem uma em cima da outra esfregando suas xaninhas, enquanto ele come com vigor o cu de uma; depois reveza-se e dá-lhe no cu apertadíssimo de sua amante. Já louco prá gozar novamente, ele fica deitado e pede pra se revezarem em cavalgadas de frente e de costas; as duas gozam com essa delícia! Então ele manda sua amante ficar de quatro e a putinha ficar de quatro na frente dela(era tudo o que ela queria! ). Ele começa a meter delicadamente em sua putinha, ao passo que essa se refestela com a boceta toda molhada da outra: lambe, chupa, bate siririca, passa a língua pelo reguinho.
Ele aumenta as estocadas, que a deixam pegando fogo. Ela, por sua vez, lança mão de um brinquedinho delicioso e trabalha na xotinha de sua amiga. Com tanto toque, tanta estocada, tanta loucura, os três gozam ao mesmo tempo e conseguem estremecer o quarto com seus gritos e gemidos!
Exaustos, mas radiantes de felicidade, deixam-se jogar sobre a cama e conversam sobre a possibilidade de outro encontro. Despedem a putinha contratada e ficam lá os dois, conversando sobre essa experiência tão enlouquecedora e deliciosa pela qual nunca dantes haviam passado, e chegam a uma única conclusão: COMO VALEU A PENA !!! ESCREVO CONTOS EROTICOS ONLINE PELO SKYPE: licbio@hotmail.com
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.