RSS contos eroticos

Conto Erotico Uma puta me tirou o cabaço

olá! me chamo Jake e vou relatar a vocês como perdi minha virgindade... Bom, minha primeira vez, eu nem gosto de lembrar, foi terrivelmente horrível na época, mas já me fez bater várias e deliciosas punhetas, eu era um garoto comum meio gordinho e muito, muito tímido tinha 15 anos e nunca tinha transado logicamente, e também nunca tinha ficado com uma menina, era alvo de muitas gozações por parte de meus ''amigos'', até q um dia o meu cunhado(filho da mãe), me propôs o seguinte... ''eu arrumo uma menina pra você e você come ela'' feito? eu respondi na hora que sim pois não queria parecer frouxo... Passaram-se os dias até certo momento ele me convidou para ir olhar um jogo do grêmio em um bar,..., só q naverdade ele ia me levar era em um puteiro(zona ou sei lá o nome). Chegamos lá, um lugar aparentemente limpo com várias pessoas andando pra lá e pra cá, sentamos em uma mesa e começamos a olhar o jogo... eu imaginando que ali era um bar...(bocó)... De repente uma mulher morena mais baixa q eu, olhos pretos e cabelos lisos e pretos... disse para mim seguir ela... eu, tímido como sempre não falei nada e apenas a segui, nem me preocupei com o meu cunhado que ficou lá olhando o jogo... Era um quarto pequeno, tinha uma cama e um criado-mudo onde tinha algumas camisinhas encima,eu já sabia que aquilo era uma zona, e também já havia percebido que era ''aquela'' menina que o PASTEL( meu cunhado) havia me arrumado... ela fechou a porta e começou a tirar a roupa, olhando pra mim o tempo todo sem falar nada, quando ela tirou a calcinha, eu comecei a me despir, eu já sabia o que fazer... ela ficou deitada na cama, abriu as pernas e me chamou...''vem, me dar um trato'' eu tirei alisei o pau e deitei por cima dela procurando sua buceta o mais rápido possível, enfiei naquela rachinha quentinha e molhadinha mas nada apertadinha...ela era arrombada...dei umas duas enfiadas e ela me parou, apontou para as camisinhas... logo entendi o recado e coloquei uma no mue pinto,''você não quer ser papai não é?'' Nem respondi abri as pernas dela e comecei de novo a enfiar na xoxota dela agora sim... comecei freneticamente, ela começou a gemer( ou fingir que estava gemendo) e eu enfiava cada vez mais fundo... '' vai mete na sua puta vai'', ''me come seu virgem de merda...'' eu ficava assutado com aqueles palavrões mas metia fundo...ela ficou de quatro e pediu pra mim comer mais, nem precisava, fui logo estocando na xana da minha nova amiguinha... tirei um pouco e comecei a chupar o grelo dela ( aprendi isso com os filmes pornô) massageava e lambia, ela gemia e gritava, até q ela virou aquele cuzão pra mim ''fode o cuzinho da sua cadelinha fode...'' Mas é claro... comecei a foder o rabinho daquela puta do inferno ela rebolava e pedia mais e mais...chupava o meu pau... nossa aquilo estava me deixando louco e eu pensava ''Nossa, até que aquele filho da puta do Pastel foi parceiro, pagar uma puta pra mim comer, eu como mesmo, agora está provado...'' continuamos aquela foda gostosa ela mandava eu fazer as coisas e eu obedecia como um cachorrinho já que eu não sabia nada hehe... foi comendo a buceta q senti uma onda elétrica passar pelo meu corpo... gozei feito um cavalo até que parei e deitei podre na cama. ''sabe, nunca vou te esquecer...você foi minha primeira mulher, sim eu era virgem gostou de trepar com um virgem? ela nem respondeu, estava limpando o meu gozo quando virou e disse: É? legal... são 50 reais... ''ah isso é por conta do meu cunhado, deixa eu ir lá falar pra ele'' cheguei na sala onde estava passando o jogo do grêmio e... todos já haviam ido embora, inclusive o cuzão do meu cunhado... olhei pra ela e disse ''er...eu não tenho dinheiro''... continua...