RSS contos eroticos

Conto Erotico Chantageando a irmazinha (pt1)

Após ler diversos relatos de incesto no site resolvi escrever o que aconteceu comigo. Meu nome é Andre sou um rapaz 22 anos de 1,75m branco, cabelo preto e olhos da mesma cor, corpo definido porém não muito forte. Minha irmã se chama Ariane e tinha na epoca 19 aninhos, tem 1,68 de altura,loira, possui olhos pretos iguais aos meus, peitos medios porem bem durinhos, boca carnuda e uma bundinha nao muito avantajada porém empinadinha que faz com que todos meus colegas que visitam minha casa fiquem babando e comentando "Nossa que irmã gostosa", "e ai cunhadão" etc.. Um certo dia após voltar da faculdade percebi que meus pais não estavam, normal isso visto que vão bastante ao "cinema", enfim.. indo em direção ao meu quarto ouvi uns barulhos estranhos no quarto da minha irmazinha e resolvi checar o que era. Ao me aproximar notei que a porta estava semi aberta e por curiosidade resolvi checar a origem do barulho. Ao espiar para dentro do quarto tive uma visão que no primeiro momento me assustou porem em pouco tempo o susto se transformou em puro tesão. Minha irmã estava sentada de frente para o computador(que fica de costas para a porta) assistindo um filme porno de lesbicas, totalmente nua sentada com uma das pernas por cima do braço da cadeira. Ela fazia um movimento de vai e vem com um dos braços e com o outro era possivel notar que apertava e apalpava deliciosamente seus seios durissimos. O barulho que eu estava ouvindo era da safada gemendo bem baixinho enquanto socava um vibrador na bucetinha.. Ela estava de headphone e se empolgou um pouco mais do que deveria; Não aguentei e na hora tirei o pau pra fora e comecei a me punhetar vendo minha irmazinha toda gostosinha se masturbando. Eu estava totalmente dominado pelo tesão de ver minha irmã e entao resolvi que nao ficaria só na punheta; Subi minha bermuda e abri a porta com tudo, o barulho foi alto e fez ela pular de susto quase caindo da cadeira.. ela tentou fechar o vídeo so que nao teve sucesso.. estava toda atrapalhada pois havia sido pega no flagra.. Imediatamente ela começou a tentar se desculpar e dizer que não era nada daquilo que eu estava pensando e tudo mais.. Eu comecei dar um sermao nela dizendo se ela achava bonito o que estava fazendo, perguntei e se fosse os nossos pais que vissem aquela cena o que eles iriam pensar etc etc Nessa hora ela começou a implorar para eu nao contar nada para nossos pais, pois eles iriam ficar bravos e etc, e foi nessa hora eu vi minha oportunidade. Disse para ela que nao contaria nada para eles "se"... e ela termendo ainda pelo susto perguntou "se" o que? Entao eu terminei.. se voce me chupar bem gostoso e deixar eu gozar na sua boca. Caro leitor(a)... ela ficou paralisada e nao respondeu.. Eu abaixei a minha bermuda, meu pau pulou para fora dela, estava tao duro que parecia que ia estourar.. entao perguntei.. eai?? como vai ser? Ela perguntou respondeu.. não existe outra coisa? Eu respondi não... e me aproximei deixando meu pau bem pertinho do rosto dela.. Logo em seguida ela pegou ele com uma cara de nojo e deu uma lambida na cabecinha.. isso me deu uma tremedeira que nunca senti antes com outras mulheres. Após a lambida ela abriu a boca e colocou ele quase que inteiro naque boca carnuda.. foi a melhor senssação de toda minha vida.. lá estava eu ganhando um boquete daquela ninfa deliciosa que era minha irmã... Aos poucos ela foi perdendo o nojo e começou a chupar com gosto deixando meu pau todo molhado de saliva,.. Segurei minha irmazinha pelos cabelos e comecei a forçar a cabeça dela contra minha cintura fazendo meu pau entrar até o fundo da garganta dela.. por diversas vezes ela engasgou porem eu nem ligava pois tudo que eu queria era curtir aquele momento... Tive que segurar meu gozo umas 2 vezes para que aquele momento durasse um pouco mais só que essa missao se tornou impossivel na hora que ela com uma das maos começou a massagear as minhas bolas... Poucos segundos depois anunciei que iria gozar... ela tentou tirar meu pau da boca porem eu ainda a segurando pelos cabelos nao deixei e disse..o combinado é gozar dentro da sua boca sua putinha. E depois de falar isso comecei a gozar como nunca antes gozei em toda minha vida.. foram uns 4 jatos fortes que fizeram minha irma engasgar.. A cena que eu via era maravilhosa.. minha irmã tossindo olhando para mim com minha porra saindo de dentro da sua boca e caindo em seu corpo completamente nú. Depois que ela se recuperou ela me disse.. cumpri minha parte espero que voce cumpra a sua.. Eu então dei uma risada e sai do quarto sem responder nada... mal sabia ela que estava apenas começando a chantagem.. Espero que tenham gostado... caso os comentarios sejam favoraveis irei contar nas próximas duas partes como comi a bucetinha e o cuzinho da minha imazinha rsrs leiam meus outros contos :---> meu e-mail de contato é andrek.nun@gmail.com caso queiram trocar experiencias...
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.