RSS contos eroticos

Conto Erotico Chantagem e tentativa de estupro

Quando eu tinha 15 anos, um primo meu que era viúvo e tinha duas filhas pequenas, precisou vir morar aqui em casa, nessa época inicio dos anos noventa, eu ainda era bobão, em assuntos de sexo.era baixo magro aparentando ter ainda uns 12 anos, apesar de já ter os 15 anos.meu primo um homem de uns 32 anos 1,85 pesando quase 90 quilos, era marinheiro e passava muito tempo fora, inclusive um mês após a sua mudança foi que ele veio dormir em casa pela 1ª vez, suas filhas já estavam instaladas.
quando cheguei em casa por volta de 19130, ele já estava jogando no sofá, com as suas filhas em volta, eu o cumprimentei, e me assustei pois ele era bem maior do que eu lembrava, fazia algum tempo que não nos víamos,ele apertou forte a minha mão, e disse cresceu em moleque, e deu uma piscadinha e um sorriso de canto por baixo do seu grande bigode.minha mãe chamou as meninas para jantar e eu fui trocar de roupam, ele entrou logo atrás e me viu só de cueca, na mesma hora exclamou que razão eu primo, eu fiquei sem graça, e ele continuou, falando ta brincando muito de troca-troca, eu mais sem graça ainda,disse não.
nisso a minha mãe veio e eu fui jantar também.após a janta, ele falou, primo vamos comigo pra eu comprar uma cerveja, eu meio que contrariado, fui,pois algo me disse que ele estava com segundas intenções,sempre matei as charadas de cara.
dito e feito ao começarmos a caminhar pela rua, ele já começou a me fazer perguntas sobre sexo,se eu me masturbava,e se já havia transado, e eu é claro que nessa época ainda era bv.
nisso ele disse que precisa fazer xixi e foi pra traz de um caminhão,e nessa rua era bem escuro, e eu o acompanhei,ele logo, tirou um pau enorme e grosso, ainda mais pra mim que tinha estrutura física de 15 anos, me assustei e ele já veio me puxando, beijando meu pescoço, dizendo que tava cheio de tesão que ficou maluco com a minha bunda, abaixando a minha cabeça,com força, e fazendo chupar, e fiquei apavorado sem conseguir me soltar dele,até que consegui escapar e sai correndo até em casa,e entrei e fui direto pro quarto, por sorte dele minha mãe havia saído com as meninas se não chupasse ele contaria tudo.
e u estava completamente assustado.
aí cerca depois de meia hora ele chegou para meu azar ,ainda não havia ninguém em casa.ele entrou no quarto,completamente transtornado e com cheiro de bebida alcoolica, me pegou pelo, pescoço e fez eu tirar a camisa, e apertou o bico do meu peito dizendo esses carocinhos no seu peito é de ficar batendo muita punheta, eu falei e daí ?e ele disse eu, sei que vc e nosso primo robson,fazem troca-troca,fiquei completamente sem ação.lembrei na mesma hora que uns meses antes eu esse meu primo 02 anos mais velhos, ficavamos, no roçando,mas nada além.disse para mim mesmo, ele, contou, e agora ?
e agora você vai chupar eu pau, disse o meu primo, e aí abaixei e comecei a chupar, o pau que não cabia na minha boca e minhas mãos tão pequenas, nem se fecham devido a grossura.ele fez me ficar pelado de bruço, passou margarina no meu ânus, e forçou durante uns 40 minutos mas não houve, jeito eu comecei a sangrar e ele desistiu pois ouviu as meninas chegando em casa eu, corri para o banheiro e me lavei, eu estava todo lambuzado de fezes e muito sangue com uma dor enorme no estômago.
continua