RSS contos eroticos

Conto Erotico Dança de forro com o meu maninho 8===>

Dança de forro com meu maninho 8===>
estou respostando esse conto pq adoro ele

olá, essa historia que irei contar agora é totalmente verídica...sou uma garota do interior paulista, de cabelos pretos e lisos, rostinho de anjo, uma bundinha bem gostosinha, com os peitinhos pequenos, mais pra mim é o tamanho ideal, tenho mais ou menos 1,55m de altura, a historia ocorreu com meu irmão mais velho, eu e ele sempre nos demos muito bem, conversamos de td, de td mesmo, conto a ele sobre minhas transas com meus namorados, e ele sempre conta as deles, confesso q as vezes fico excitada com o que ele relata, nós somos bem liberais um com o outro, ele sempre anda de cueca na minha frente e eu sempre ando de calcinha e sultien na frente dele, de vez em qd eu pego ele olhando para a minha bundinha rss...
nós morávamos tds juntos, eu meu pai minha mãe e meu irmão, até q meu irmão passou no vestibular e foi morar em outra cidade, fiquei com muita saudade dele, e sempre ligava pra ele e ficava horas ao telefone, o tempo foi passando e nós começamos a nos distanciar, e eu já não conversava tanto com ele. mas de uns tempos pra cá eu comecei a sentir muita a sua falta, e sempre pensava nele, mais até em tão sem malicia alguma, foi qd eu comecei a ter sonhos eróticos com meu irmão, e eu sempre acordava com a calcinha e a minha xaninha tda meladinha, eu não agüentava de tanto tesão e começava a me acariciar assim a eu acordava lembrando dos meus sonhos, q sempre eram muito prazerosos, sempre sonhava q estava chupando aquele pau gostoso, q já imaginava como era, por ver a protuberância por de baixo da sua cueca, e com os relatos contados por uma amiga minha q tinha saído com ele.
o tempo foi passando e eu tb passei no vestibular e mudei para uma outra cidade, próximo a q ele estava morando, cerca de 1h... .
era outubro, e em outubro sempre tem a semana do saco cheio nas faculdades, eu votei para minha cidade natal e qual a minha surpresa, meu irmã estava lá, nós conversamos muito e colocamos o papo em dia... eu nem lembrava mais dos sonhos q eu tinha, mais td veio a tona na minha mente outra vez qd o vi saindo do banho soh de cuecas, e reparei direto no tamanho do seu pau, q já era bem grandinho ainda mole.
os dias foram passando e eu fui ficando cada vez mais perturbada com aquela situação, faltando 4 dias para o fim daquela semana de folga, não tinha ninguém em casa naquela tarde, somente eu e meu irmão, eu estava para entrar no banho, só de calcinha e uma camisetinha cortada estilo top sem soltien, qd meu irmão coloco uma musica de forró no computador e me chamou para dançar, eu disse q eu estava para entrar no banho e q depois eu ia , mais ele estava muito eufórico e alegre, ele veio até meu quarto e me puxou até a sala, dizendo, “vai vem logo, para de frescura, vamos dançar um pouco de forró.” eu disse “não espera eu me trocar então” ele “não vai assim mesmo, só estamos nós dois aqui” e me puxou para a sala, ele estava usando uma camiseta preta e um short estilo de surfista, a sua camiseta estava meio suja de poeira, ai eu fui limpar a camiseta para q não me enchesse de pó, qd comecei a tirar o pó da camiseta dele fui dando tipo tapinhas no peito dele para retirar o pó, e fui descendo pela camiseta, qd cheguei na altura da cintura senti uma coisa dura passar pela palma de minha mão, o danado estava com o pau muito duro, eu enlouqueci, e continuei “tirando o pó”, e esbarrando naquele cacete duro que deu para perceber que estava com a cabecinha para fora do seu short e cueca, mais por de baixo da camiseta, ele deu um sorrisinho maroto e me colou junto ao seu corpo, eu senti tda a dureza do seu pau na minha barriguinha, na hora eu estremeci, e continuei dançando, e naquela colação a coxa dele ficava rosando na minha xaninha depilada, que a essa altura já estava tda melada, ele me girou e me colocou de costas para ele fazendo eu esfregar a minha bundinha no seu pau duro, ele me girou outra vez e continuou a esfregar a sua coxa na minha bucetinha, ele foi passando as mãos nas minhas costas, e descendo até a minha bundinha , colocou só um dedinho no começo do meu reguinho só pra me enlouquecer, eu sentia os biquinhos dos meus seios tdo durinho encostando em seu peito, foi qd ele me colocou de costas outra vez e começou a beijar a minha nuca e passar as mãos nas minhas coxas, nessa hora eu já estava me retorcendo e empinando a minha bundinha contra aquele cacete duro, ele subiu as mãos até minha barriguinha alisou os meus peitinhos e desceu outra vez, dessa vez descendo junto a minha calcinha, ele começou a passar a mão na minha xoxotinha , eu me retorcia tds, foi qd eu me virei de frente pra ele e disse, “vem maninho, vem me comer gostoso, vem come sua irmãzinha putinha vem !!” eu pulei na cintura dele e ele me levou até o sofá, ele me chupava inteira, meu pescoço, meus peitinho, a minha coxa, ate chegar na bucitinha... aaahhh, nossa como ele chupa gostoso, bem que minha amiga tinha me dito, eu gosei na sua boca igual uma louca, eu apertava a cabeça dele em direção a minha bucetinha, ele pediu para eu ficar de 4 no sofá com as mãos apoiadas no encosto do sofá, começou a beijar a minhas costas, foi descendo e começou a descer a linha pele meu reguinho até chegar no meu cuzinho, eu fui ah loucura, rebolava naquela língua macia no meu cuzinho, eu não aguentava mais de tesão , virei e comecei uma fantástica chupeta naquele pauzão, gostoso e cheiroso, foi qd eu com uma carinha de menina putinha e safada falei com o pau dele na mão e olhando para cima bem nos olhos dele, “vem me come logo seu puto tarado, vem foder sua irmãzinha querida” ele esfregou o pau na entradinha da minha bucetinha e foi enfiando de vagarzinho, e eu fui sentindo centímetro por centímetro aquele cacete entrando em mim, eu delirava, ele começou a bombar cada vez mais rápido e eu rebolando naquela pica gostosa, eu estava louca de tesão, eu lá de 4 no sofá e meu irmãozinho me comendo gostoso. eu não queria ser mais uma pra ele eu queria que fosse inesquecível, e falei pra ele “vai meu taradinho come o cuzinho virgem da sua putinha come, fode ele todinho...!!!”, então ele lambeu meu cuzinho novamente para dar uma lubrificada no meu rabinho, passou a cabecinha do seu pau na minha xaninha meladinha para lubrificar o seu pau com o meu melzinho, foi colocando com muito carinho na minha bundinha, o tesão era enorme, ele colocava 2 dedos na minha xaninha em qt ele comia meu rabinho, ele bombava muito gostoso, não sabia que ser enrrabada era tão bom, eu disse que estava gozando, e ele logo anunciou o se gozo e eu senti tda aquela porra quente, enchendo a minha bundinha, ele tirou o pau do meu rabinho e eu senti a porra escorrer até a minha bucetinha.... ai q tesãooo...
bom foi assim que comece a minha vida amorosa com meu irmão, hj em dia sempre que da eu vou até a cidade onde ele mora e estuda, e durmo na republica dele, como somos irmãs, os seus amigos acham normal nós dormirmos no mesmo quarto, é uma delicia td vez ele me come muito gostoso, e eu volto pra casa satisfeita e assadinha rss de tanto sexo do fds... hj ele esta namorando , mais mesmo assim nós damos um jeito de transar sem q ninguém desconfie de nada, espero que gostem da minha historia, e que tenha espirado diversas punhetas e sirirícas a vc´s que transam ou são loucos para transar com seu irmão ou irmã...
beijos a tdos dessa ninfetinha que adora sexo de tdas as formas... ;-*

quem quiser conversar... comigo ou com meu irmão
paty_putinha_safada@hotmail.com