RSS contos eroticos

Conto Erotico Dando a buceta de troco pro meu tio

hoje tenho 24 anos, mas na epoca tinha 15 anos, tinha cabelos ruivo longos, olhos verdes que puxei da minha avó, cor de pele branquinha bunda média redondinha e empinada,peitos ja formado de tamanho médio labios carnudos e pernas bem torneadinhas,ja nao era mais virgen, pq tinha namorado e perdi a virgindade com 13 anos, estudava de manha e a tarde ajudava minha mãe nos negòcios de aluguel. sempre gostei de me arrumar bem quando eu saia, podia ser so pra ir até a padaria eu ia como uma patricinha, meu tio osvaldo tinha um bar proximo de casa de propiedade da minha mãe, uma certa vez eu estava indo a farmacia, estava com um topzinho verde e uma saia pouco justa de cor peta e saltinho meio alto, passei em frente ao bar do meu tio que estava cheio de bêbados, parei dei um oi pra meu tio e ele me disse assim... fala pra sua mãe vir buscar o dinheiro do aluguel amanha a tarde, eu disse tudo bem tio eu falo pra ela, os cara do bar me secavam com olhos fiquei até sem jeito com vergonha, pq eles so faltavam tirar o pau deles pra fora e se masturbarem, até entao percebi tambem que meu tio me comia com os olhos, oferecia doces de graça pra mim, refrigerantes, mas nunca pegava, meu tio osvaldo era viuvo tinha 46 anos, ele era daqueles tipo tony ramos bem cabeludo e estava um pouco acima do peso tipo aqueles fortinho gordinho, pois bem no dia seguinte cheguei da escola e como sempre fui ajudar minha mãe, ela estava muito atarefada, o tempo aquele dia tambem nao ajudava, era tarde de verão entao estava armando uma forte chuva, tinha contado pra ela o recado do meu tio, e ela me disse pra eu ir pegar o dinheiro antes da chuva começar, reclamei com ela que nao queria ir, ela disse, pq vc nao que ir amanda, eu disse, ah mãe aqueles bêbados ficam me olhando fico sem graça nao quero ir la, ela disse mas hoje seu tio esta com o bar fechado, mal sabia ela que meu tio tambem me secava, ela disse, ele esta la no quarto dos fundos do bar vai la bate na porta e pega o dinheiro e vem embora, fui relutante mas fui, cheguei la bati na porta do bar e disse, tio sou eu amanda vim pegar o dinheiro do aluguel, ele abriu a porta deu um sorriso e disse.... nao esperava vc aqui amandinha. eu estava com um jeans preto bem apertado mastigando minha bucetinha, eu falei tio vim buscar o dinheiro, ele nem ouviu tava concentrado na rachinha que o jeans mostrava, eu ja meio brava falei em tom um pouco alto... TIO VIM PEGAR O DINHEIRO DO ALUGUEL, ele se tocou e disse pra mim entrar, fiquei com medo de entrar mas eu entrei. ele foi até o quarto dos fundos, nao era tipo um quarto mas sim um pequeno estoque que ele fez como quarto, tinha fogao, cama, geladeira. nesse momento a chuva ja tinha começado fiquei preocupada, eu falei tio pega o dinhiero logo ja esta chovendo, ele disse ja vou amanda estou vendo se tenho algum troco. o aluguel era 470 reais e ele tinha 500 reais. eu falei deixa tio me da so 450 e amanha minha mãe pega o resto, ele disse que nada, ja vou resolver isso. e perguntou vem aqui amandinha? eu falei pq tio tras o dinheiro aqui, ele falou,nao amandinha pega aqui na minha cama pq estou segurando uma caixa em cima do guarda roupa e nao posso largar se não ela vai cair. eu não queria entrar, mas relutante eu fui. quando entrei nossaaa ele estava nú com o cacete duro como rocha , tentei correr mas ele foi mais rapido agarrou meu cabelo e me puxou de volta para o quarto e trancou a porta. comecei a chorar implorar pra ele deixar eu ir embora. mais ai ele perguntou amandinha vc escolhe ou vc me da o troco ou da a bucetinha? eu respondi, nao tio por favor deixa eu ir embora eu nao quero mais o dinheiro. ai ele falou pra mim, amandinha eu nao quero ti pegar a força, quero sim que vc goze comigo nao adianta chorar vc so vai sair daqui quando me fazer gozar. eu falei nao tio se minha mãe souber ela me mata deixa eu ir embora. entao ele se aproximou tirou meu topzinho o sutiã e comecou a chupar meu peitinhos eu dizia nao,nao, tio para por favor e ele abocanhou de vez e enfiou meu peitinho tudo na boca. depois de alguns minutos parei de chorar tentei relaxar, pq nao adiantava mesmo eu so ia sair dali de bucetinha inchada de tanto que ele iria me comer. ele continuava me chupando gostoso, eu ja tava sentindo um calor subir minha calcinha enxarcar, foi quando eu peguei a cabeça dele e coloquei no outro peitinho e disse chupa esse agora tio osvaldo. ele notou que eu ja estava em ponto de bala, ele tirou meu jeans minha calcinha que estava enxarcada me colocou de joelhos e mandou eu chupar ele com gosto. nossa ele tinha uma rola enorme devia ter 22cm era grossa cabeçuda. coloquei na minha boca e fiz ele delirar com meus labios carnudos chupando, chupando ele pegou minha cabeça pediu para eu colocar minhas mãos para trás e começou a fazer um vai e vem com o pau dele indo até a minha garganta e voltando. nossa aquele velho tremia de tanto tesão com o cacetão dele indo e vindo na minha boca ele me confessou dizendo... gatinha linda queria de possuir desde que vc tinha 11 anos. nessa idade eu ia muito na casa dele quando minha tia era viva mas até ai nao desconfiava desse desejo dele por mim. eu ja estava chupando a rola dele a uns 7 minutos sem parar, meus peitinhos ja estavam cheio de saliva que escorria da minha boca, foi quando senti seu cacete inchar na minha boca, olhei pra ele e ele disse vou gozar foi quando senti minha boca encher de porra nossa era tanta porra que engoli boa parte e o resto escorreu pela minha boca até meus peitnhos. ele gritava de tesão me chamava de putinha vadia e outras coisas. bom fui ao banheiro dele lavar minha boca, estava adorando aquela situaçao ja nao estava mais com medo eu queria mesmo que ele me comia, queria sentar naquela rola monstruosa e gozar muito. bom voltando ao quarto ele ja me esperava na cama de rola dura de novo e me disse... vem amandinha puxou- me pela mãos começou a chupar meus peitos e decendo até chegar na minha xaninha nooossaaaa ele logo achou o ponto certo e começou a sugar meu grelinho hummmmmmm gemia igual a uma cadela dava gritinhos pedia pra ele nao parar, que lingua gostosa, vai chupa meu tio. dali alguns minutos eu gozei na boca dele tambem. ele nao aguentando mais abriu minhas pernas e começou a enfiar devagarzinho ohhhhhhhh hummmmm que rola enorme tio vai mais devagar assim vc me arromba toda, depois eu vou falar o que pro meu namorado. ele com um sorriso safado no rosto me disse... eu sou seu macho agora. e enfiou aquele cacete na minha bucetinha dei um grito e ele disse... sua bucetinha vai ter que acostumar com ele. e ele foi enfiando devagar até que minha xaninha ficasse bem aberta depois ele foi enfiando bem mais forte, e começou aquele vai e vem gostoso que toda mulher adora. ele estava mentendo tão forte que as bolas dele ja batia no meu cuzinho. eu gemendo soltando uns gritinhos hummmmmmm que delicia vai tio me come gostoso. meu corpinho sumia debaixo dele so aparecia a minha cabeça do lado da dele com ele me falando muitas sacanagens no meu ouvido e minhas pernas envolta das costa dele. ele bombava tão forte que minha cabeça batia na cabiceira da cama . nossa como eu gritava de tesão. ele puxou eu pra cima dele ele ficou de joelhos na cama me agarrou na cintura e começou a me jogar pra cima e pra baixo no cacetão dele. nossa enxarquei ele com minha gozada e ele me encheu de porra, o leçol dele enxarcou com a porra que descia da minha buceta ja muito inchada. do lado da cama tinha um espelho do guarda roupa quando olhei vi minha buceta muito inchada e vermelha. ele me colocou de bruso na cama colocou seu travesseiro embaixo pra minha bunda ficar empinada pra ele. roçou seu cacetão no meu cuzinho mas eu disse pra ele hoje nao tio. entao ele enfiou na xaninha que ja estava ardendo e começou a bombar. a cama dele fazia um barulho como se fosse quebrar ao meio de tando que ele enfiava forte. até entao ele ja estava me comendo ja fazia uns 20 minutos eu ja estava preocupada achando que minha mãe viria atrás de mim, e ele nada de gozar minha bucetinha tava ardendo muito, nunca tinha sentindo minha buceta tão aberta recebendo uma rola tão grossa. começei a rebolar pra ver se ele gozava, ele começou a morder minha orelha, ele gemia como um cachorrro me falando muita putaria até que senti minha buceta cheia de porra de novo. depois que nos limpamos coloquei minha roupa ele veio até mim e me entregou o dinheiro do aluguel e disse.. toma gatinha vc ja me deu o troco rindo de satisfaçao. contei o dinheiro e vi que tinha 200reais a mais ele me olhou e disse.. esse dinheiro é seu, compra umas langerie bem sexy. fquei sem entender e perguntei por que tio osvaldo ? ele respondeu pq quero vc usando a proxima vez. eu disse nao vai ter proxima vez nao vou vir mais aqui. ele me olhou rindo foi até a sapateria dele que ficava em fente a cama e pegou a filmadora dele. eu arregalei meus olhos e ele disse... vc vai vir sim se não eu coloco esse video na internet. que filho da puta ele tinha planejado tudo. ele disse que queria me ver ao menos 2 vezes por semana pra minha mãe nao desconfiar, mandou eu ir embora. fiquei pasma, entao fui caminhando até a porta e ele me falou... amandinha compra um lubrificante tambem pq vou querer seu cuzinho rosado na proxima vez. aquele safado, ele me comeu durante três anos por causa daquele video, depois ele ficou muito doente e foi embora para o interior. nao sei se ele colocou na internet mesmo, mas se vcs verem um video caseiro com uma ruivinha branquinha e um velho gordinho peludo com a rola grossa pode crer que sou eu. fui beijos