RSS contos eroticos

Conto Erotico Eu e meu meio irmão

Oi, meu nome é mariana tenho 19 anos, sou loirinha 1,67 altura e 59kg. cabelo liso e comprido.seios fartos e bunda grande e empinada. desde novinha taradinha.sou gaucha , e estou morando há alguns meses em são paulo (capital). vim morar aki sozinha e a trabalho. moro num flat .

sou filha unica do casamento de meu pai com minha mãe, e meu pai tem um filho de seu primeiro casamento (marcelo). minha relação com marcelo sempre foi muito distante e cheia de ciumes e conflitos na infância, nossa diferença de idade ajudava (7 anos). ele morava com agente no sul, mais já fazem mais de 6 anos que ele mora com a minha avó materna no rio de janeiro. nesse tempo distantes nos vimos muito pouco, ate porque evitava aquele que sempre me chamava de -pirralha!! nossas conversas eram por telefone e msn e eram curtas. sem muito interresse um pelo outro, pelo passado conturbado que nos ligava.

na sexta feira passada sofri um acidente de carro com uma amiga, nada de mais. apenas rochões e um cortezinho. meus pais se assustaram e vieram do sul me ver. passaram o fim de semana comigo. meu pai para se assegurar que eu ia fikar bem pediu para meu irmão vir passar a semana comigo aki.
nem estava sabendo de sua vinda. ate pq se soubesse não ia querer que ele viesse.
mais na segunda de manhã meus pais foram embora e nem pude me despedir , pq a hora que acordei eles já tinham ido embora e ao meu lado na cama estava aquele homem só de cueca durmindo quase colado em mim. ate me dar conta de tudo que estava acontecendo levei um baita susto. e só entendi pq havia um bilhete de minha mãe explicando tudo ao lado da cama.

nossa, os anos tinham passado e foram muito bons a marcelo , ele estava com corpo de homem muito gostoso , coisa q aos seus 20 não tinha , era magrão demais. marcelo é loiro , alto uns 1,84, olhos verdes fiquei observando ele durmir quase que secando seu corpo sem parar. não parecia ser aquele mala que na minha infância tanto me encomodou.

coloquei a banheira para encher q fikei do banheiro observando apenas parte de suas costas e bunda e ele continuava a durmir.não conseguia me conter, acabava sempre olhando e desejando. entrei na banheira e resolvi fikar de costas para onde ele estava para evitar fikar olhando.me lavando me deparei com minha buceta toda molhada. resultado do meu desejo pelo meio mano.
não acreditava que estava sendo tão irracional, desejando o proprio irmão.

foi quando senti a porta q estava entre aberta abrir lentamente, era ele. meio sem graça, me deu um oi e entrou no banheiro na maior . fez xixi na minha frente e eu sem a menor vergonha tentei enchergar o tamanho do seu pau. ele se sentou do lado da banheira e fikou meolhando na maior. e eu nua na banheira, era uma situação para eu fikar sem graça, mais não sei o que me deu que fui super natural. ficamos conversando bobagens. ate que ele começou a dizer que estava impressionado como eu estava diferente, tinha me tornado mulher e tal. mais o que me deixou mais assim foi uma largadinha q deu -podia passar por você na rua e nem reconheçe-la, ate podia fikar e transar com você sem saber! aquela frase me gelou, começei a perceber q ele tambem estava a me secar com os olhos. e os elogios estam ficando cada vez mais ousados. e eu estava muito exitada. ria e já não conseguia disfarçar meu desejo.foi quando ele saiu do banheiro e retornou pedindo para entrar na banheira comigo, (a banheira é redonda de hidromassagem). quando me virei para responder me deparei com ele sem cueca com o tico extremamente duro. meus olhos tentaram não olhar, mais foi inevitavel. e como num impulso deixei. minha buceta tava loka de tesão. e ia ser dificil de me aguentar com aquele gostoso ao lado com aquele pau imenso e duro. seguimos nossa conversa e ele cada vez mais ousado e entrando em assuntos mais picantes. ate que me confidenciou que quando chegou (na noite anterior) e me viu durmindo apenas de calçinha apenas com um lençol por cima.disse que fikou morrendo de tesão. que fikou olhando boa parte da noite. mais quando ele me contou que inclusive tinha tido que bater uma no banheiro para conseguir durmir do meu lado. eu quase morri de tesão. ele me perguntou se eu via problema em ele me tokar e sentir meu corpo como tinha fikado depois desses anos. deixei ele chegar perto, e ele ja veio me metendo a mão na minha buceta que tava muito molhadinha , ele delirou quando sentiu que eu tava fim tambem. ai foi como uma autorização para ele vôar em cima de mim. nos agarramos num amasso quente na banheira, beijos gostosos, ele chupava minha lingua e me dizia o quanto a pirralha tava gostosa.foi quando achei melhor irmos para a cama. me sentei nela e pedi para conferir de pertinho seu pau, ele de pé colocou aquela gostosurana minha frente, uns 20 cm uma delicia! começei a chupa-lo com muito tesão, chupava suas bolas e me cabava no seu pau. ele se entortava de prazer. dizia que era a irmã mais gostosa e safada que ele podia ter. chupei ele ate ele quase gozar, foi quando ele me pediu para tambem provar da minha bucetinha. deitei na cama e ele começou a chupar meu clitoris, chupou todo meu melzinho que estava escorrendo pela buceta. alíngua dele penetrava fundo, uma das linguas mais gostosas que me chuparam. urrava de tesão, queria chupar seu pau ao mesmo tempo e pedi para ele coloca-lo na minha boka para me deliciar com aquele pau enorme. ele gostava mais da chupada nas bolas, cada vez que chagava nelas ele gemia e me chupava com mais vontade. ate que coloquei meu dedo na entrada de seu cú de leve para ver sua reação.ao mesmo tempo que chupava suas bolas. ele começou a quase gritar de tanto tesão. chegou a parar de me chupar.lambi seu cuzinho tambem e ele foi a lokura. então ele quie dizia q se continuasse assim ia gozar rapidinho. me pegou pelos quadris e me colocou de quatro e me meteu aquele pau gostoso. tava quase estourando a minha buceta de tanto gozo e tesão. ele dava tapinhas na bunda e dizia que eu era a ninfetinha q ele tava procurando. apertava o seu pau na minha buceta deixando ele quase gozar dentro de mim. ele me metia com força e rapidinho, me fazendo ter orgasmos multiplos. foi então que para o delirio daquele gostoso que pedi para ele comer meu cuzinho (dou meu cú só para quem me deixa loka, quem me faz gozar muito, como uma recompensa) foi ai que vi meu irmão me virar de frente e com uma cara de safado e tarado começar a me beijar alucinadamente, enquanto me enfiava aos poucos o pau no meu cuzinho. depois de um tempinho naquele vai e vem devagarinho. meu cuzinho já tava bem gostoso de levar piça. foi então que ele me virou de quatro e começou a me meter com força no cú, me deixando loka de tesão. le dizia que ia me gozar toda, que não ia resistir a aquele cúzinho apertado vendo minha bunda gostosa rebolar. dito e feito, não deu minutos e ele se acabou dentro de mim. senti um dos melhores orgasmos da minha vida. gozei junto com ele e fikamos encaixadinhos por um tempo. davamos risada da situação e de como perdemos a cabeça rapido.
ele me perguntou se estava arrependida , e eu disse que tinha adorado, que tinha sido uma das melhores fodas da minha vida e ele todo orgulhoso fikou todo risonho e confessou que a minha chupada ele nunka sentido uma igual.
dali fomos para a banheira relaxar um pouko. nos beijamos muito na banheira e fikamos nos curtindo e fudendo o resto do dia.

ele ainda esta aki no meu flat. nem gosto de pensar sobre a questão dele ser meu meio irmão. prefiro aproveitar antes que ele tenha que voltar para o rio.
esse é o primeiro conto q escrevo, basiado em fatos reais.
pretendo contar varias das minhas aventuras sexuais.
votem!!
para poder continuar contando minhas lokuras! desde os meus 11 anos quando me masturbava com uma prima.

bjão