RSS contos eroticos

Conto Erotico Foi a vez da madrinha do meu filho.

Oi sou mister gi dos contos minha sogra puta vadia e tarada I eII, mas agora vou contar uma historia que aconteceu comigo e a madrinha do meu filho.Trabalho na manutençãode uma empresa e na hora do almço a maioria dos funcionarios almoçam juntos e de um determinado dia percebi que minha comadre começou a ficar mais proxima de mim na hora do almoço e depois que almoçavamos ficavamos batendo um papo até dar a hora de voltar pro serviço.Ela é uma morena com pernas grossas peitos grandes uma anca de dar inveja a qualquer potranca e comuma buceta apertadinha e raspadinha(do jeito que gosto).Um certo dia ela chega perto de mim meio triste e calada pergunto a ela o que foi que aconteceu e ela me disse que depois me contava e fomos almoçar.Depois do almoço nós ficamos sozinho e ela me contou que fazia duas semanas que seu marido não transava com ela e ela tava se masturbando direto,fiquei louco com aquelas palavras meu pau endureceu na hora mas eu por ser muito amigo dela e de seu marido falei pra ela se acalmar que talvez ele se sentia meio cansado com o serviço dele, mas ela me disse que no final de semana ela ia com uma turma jogar futebol na roça e deixava ela sozinha o dia todo e a noite ele ia beber e chegava em casa bebado e dormia sem ao menos tocar nela.Pra mim tava dificil segurar meu tesão mas mesmo assim mandei ela usar umas roupas diferente pra chamar atenção dele e depois era pra ela me contar. Na segunda feira ela veioperto de mim e contou que ela usou mas ele apenas meteu com ela e gosou rapido e dormiu e ela nem sequer sentir prazer.Nessa hora meu pau ja estava duro e ela viu e me perguntou se eu estava de pau duro só de ouvir ela e eu todo sem graça disse que sim.Para minha surpresa ela pediu pra por a mão no meu pau e eu sem pnsar disse que sim,ela virou de costa poes as mãos pra tras e pegou meu pau com muita vontade.À partir desse dia nossas brincadeiras começou a esquentar até chegar no ponto de eu entrar no banheiro com ela,nesse dia eu estava com o pau pra fora e ela com as calças abaixada pronta pra levar ferro mas ai chegou alguem e melou tudo.Todos os dias procurava uma maneira de transar com ela, até que meu patrão pediu para eu dar uma arrumada em um galpãoda empresa que aconteceria uma festa lá e pediu pra eu tambem limpar e organizar umas salinhas do galpão onde ficaria as cestas de natal guardadas, logo veio a imagem da minha comadre nua nessa salinha e pedi meu patrão se eu podia arrumar alguem para me ajudar a limpar que seria mais rapido e ele pra minha alegria autorizou e disse que era para eu chamar.Na hora do almoço falei pra minha comadre do que aconteceu e ela abriu um sorriso de "orelha a orelha" e topou na hora e me disse que usaria uma coisa especial.No dia seguinte eu ja estava no galpão arrumando algumas lampadas e ela chegou de roupa normal e veio correndo e me deu um beijo meu pau ja pulou nessa hora,falei pra ela esperar e começçar a limpar as salinha que depois que eu acabar eu iria la.Arrumei tudo e cheguei na salinha cheguei bem devagar e peguei ela por tras dei um beijo na nuca dela ela arrepiou todinha virou de frente pra mim e me disse:--quero sentir uma mulher completa hoje, ela beijou meu pescoço tirou minha camisa lambeu meu peito e desceu até meu cacate foi abrindo minha calça e me deixou só de cueca.Levantei ela e beijei loucamente aquela boca carnuda e tirei sua camisa ela estava com um soutien vermelho era lindo mamei nos seus peitos grandes e ela gemia muito de tesão fui abaixando passando pela a barriga até chegar en fretnte sua bucetinha que ainda com a calça ja sentia seu cheiro de sexo.Quando eu abri sua calça tive a visão mais linda que ja vi ela usava uma calcinha de renda vermelho escodendo sua buceta toda raspadinha e atras tinha apenas um fio entrando naquela bunda morena e grande.Deitei ela sobre uma mesa e sem tirar sua calcinha comecei a lamber sua buceta ela rolava de tanto tesão apertava minha cabeça e falava:-- Isso me lambe ,me chupa ,aquele corno nunca me fez sentir assim , vai me faz gozar com sua lingua gostosa,senti ela estremecer de imediato e gosar pela primeira vez.Ela levantou e me jogou na mesa e quando tirou minha cueca ela falou:--Não aguento isso que cacete enorme(ele tem20cm de comprimento e 6cm de expessura) do meu marido énem a metade disso, mas com certeza vou fazer ele sumir dentro de mim, vou apresentar pra minha buceta um pau de verdade, e ela começou a chupar com uma fome louca e ela cada vez mais essa fome aumentava.Quase gosei na boca dela tirei sua boca do meu cacete e beijei ela ,ela deitou no chão que estava forrado com um cochonete que eu levei, abriu as pernas e falou :tira a minha calcinha e quando fui levar as mãos ela falou--com a boca rasga ela toda essa calcinha foi só pra você ninnguem não vai me ver usar ela de novo.Rasguei a calcinha todinha no dente e quando comecei a enterrar ela pediu pra eu ir devagar pois a bucetinha dela não sabia o que era um pau daquele e pediu pra eu deitar pra ela subir em mim.Deitei com meu pau duro e ela veio descendo devagar nele e falando--Aiiiiii ta me rasgando, delicia,isso sim que é pau de verdade rasga minha bucetiha,detona ela,faz ela gozar com seu cacete, e quando ela semtou todinha nele ela parou e começou a rebolar, em seusolhos escorria umas lagrimas mas ela queria aquilo tudo dentro dela e ela começou a cavalgar ---Ai meu cavalo me come gostoso me faz sentir uma mulher de verdade mete, mete mais, me rasga aiiii vou gozar de novo ,to gozando, mete,mete não para aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii goooooooozei.Ela caiu sobre mim ofegante e pediu um tempo e eudisse que não coloquei ela de quatro e fui enterrando na bucetinha dela ela gemia e gritava e seus gritos estava me deixando louco de tesão equando mais eu socava mais ela grita e anunciou seu terceiro gozo: --Vou gozar de novo você ta acabando com a minha buceta ,assim eu não aguento estou gozaaaaaaaaaaannndddoooooooooo aaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiii.E eu anuciei que iria gozar tambem:--toma vadia toma vara você não queria .---Quero me da mais vara.---toma então cadela senti meu pau to gozando.---goza na minha buceta enche ela de porra de macho,faz essa porra escorrer pra dentro de mim.----Aaaaaaaaaaaa vou gozar aaaaaaaaaa, e gozei feito um cavalo derrramei porra todinha dentro dela e ela caiu no chão sem força toda gozada e falou:Putzz até que enfim dei pra um pinto de verdade que sabe fazer uma mulher feliz,e ela sorriu pra mimpegou sua roupa e disse que ia ter mais vezes mas essas deixo pra outro dia.Quem quiser me adicionar meu msn é mistergialves@hotmail.com fico esperando mais contatos e logo vai ter outroconto com minha sogra no carnaval desse ano.



Gostou? Então Compartilhe!