RSS contos eroticos

Conto Erotico Meu avô me sondava

Lembro quando menina meu avô adorava abraçar as netas os netos sem pudor , ele nos colocava no seu colo e passava a mao no peitinho e na bucetinha e no cusinho e ficava brincando de serra-serra e esfregava a nossa bucetinha na perna e sempre escorregava um dedo e nos oferecia para seus comparsas velhos que nao saiam da casa dele que nos como criança nao achavam nada demais eu gostava muito. Quando esses amigos estavam la eles sentavam perto do banheiro e meu avo mandava a gente tomar banho e proibia de fechar a porta e vinha lavar a nossa buceta e abria pro amigos ver e as vezes os amigos lavavam a mao dentro de nos , eles metiam o dedo no cu e na buceta . tenho um tio filho do meu avo que me fudeu aos quinze mas sempre me cevou desde os nove sempre me da uns abraços apertados quando tinha oprtunidade me beijava na boca , quando eu deixava ele passa pinto na bunda sem pentrar ele me dava dinheiro, se eu tomasse banho e deixasse ele me chupar ele aumentava a grana, ele sabia que a minha trabalhava a tarde meus irmaos e meu pai, so ficava eu em casa, ele sempre vinha a tarde sentava no sofa e dizia vem com tio coisa linda, eu ja tirava roupa e sentava de perna aberta pra ele bolinar,ele ficava das duas as 17hs me alisando, me dedando, chupava e lambia so quando completei 15 que ele me possuiu e disse que ja estava uma potranca que ja aguentava um jegue depois disso transava comigo todos os dias ate eu compltar dezoito anos, ele vinha na minha casa. quando fiz dezoito me levou ao motel



Gostou? Então Compartilhe!