RSS contos eroticos

Conto Erotico Meu pai enfiou dois dedos no meu cuzinho

Tudo começou quando eu tinha 13 anos nessa época morava com meu pai, eu, minha irmã e meu irmão mais novo e minha mãe morava com meu irmão mais velho. eles são separados. eu sempre fui muito agarrada com meu pai e dormia com ele desde os 10 anos, apesar de ter meu quarto com minha irmã. até os 13 anos tudo normal. até que um dia eu tava dormindo com ele, mas com a cabeça para seus pés, eu tava de camiseta, calcinha de algodão e shorts de malha daqueles largão e aí senti uma coisa passando em minhas pernas, eu tava dormindo de bruços e com a bunda para cima e barriga para baixa. pensei ser sonho e nem liguei, mas aquilo foi continuou e foi subindo para minhas coxas, nossa, senti um arrepio e percebi que só podia ser meu pai mesmo. fiquei gelada e quietinha, pois estava morrendo de medo, mas tava também com muito tesão sabe e deixei para ver no que dava. aí ele foi subindo com a mão e começou mexer nas minhas coxas e com a mão avançou para minha calcinha por cima dela e por baixo do short. ele ficava mexendo na minha bundinha e ao mesmo tempo empurrando minha calcinha para dentro da minha bundinha. aí ele pegou um dedo e forçou para baixo até encontrar minha xaninha e ficou mexendo nela por cima da calcinha, passava o dedo no meio de minha xaninha por cima da calcinha. eu tava paralisada e com medo, mas deixava porque tava bom. aí ele pegou e enfiou o dedo por dentro da calcinha e ficou mexendo o dedo na minha xaninha, ela tava toda molhadinha, olha só que mancada, mas não dava para evitar. naquela hora nem liguei o fato de ser ainda virgem. mas fiquei dando uma que tava dormindo, aí ele pegou molhou o dedinho na minha xaninha e começou enfiar no meu cuzinho, nossa, cheguei a arrepiar e apertar o cuzinho com o dedo dele lá dentro estava mesmo com um tesão danado, aí ele tirou o dedo e molhou outro na xaninha e enfiou dois dedinhos no meu cuzinho e ficou bombeando. aquilo tava me deixando louca. e aí senti que ele parou e notei que ele se levantara e ficara de joelhos na cama, só que não podia olhar para traz, senão ele ia saber que estava fingindo dormir. então fiquei quietinha e aí senti ele afastando a minha calcinha e senti ele colocando a cabeça do seu pau na ponta do meu cuzinho, nossa, aí gelei de vez e dei uma mexida como se estivesse acordando sabe e aí ele voltou rapidinho para seu lado e eu me levantei e fui dormir com minha irmã. no dia seguinte agi com naturalidade para não deixa-lo sem jeito e acho que ele ficou contente com isso. mas aí veio a duvida e agora durmo hoje com ele de novo ou não. na verdade eu queria, mas estava com medo e para azar meu o meu namorado disse que não viria me ver aquele dia, como era sexta-feira acabei brigando com ele e decidi dormir com o pai novamente. à noite de madrugada, não deu outra. senti a mão dele mexendo em minhas coxas só que desta vez estava dormindo de lado e com a bundinha para o lado dele, de costas para ele e aí era fácil mexer na minha xaninha e ao mesmo tempo ficar com o pau duro na minha bundinha. senti aquilo e comecei ficar doida, aí ele devagarzinho baixou a minha calcinha e eu dando uma que tava dormindo e aí como tava atrás de mim mesmo tirou o pau para fora e começar roçar no meu cuzinho, nossa, eu ficava quietinha e aí quando ele começou forçar a cabeça no meu cuzinho meu irmão que havia esquecido a chave, batia na porta fazendo escândalo para entrar e aí meu pai levantou e foi abrir a porta, aí me levantei e fui para o quatro de minha irmã novamente. no dia seguinte que era um sábado meu namorado que estava brigado comigo, acabou desmanchando comigo e aí fiquei pra baixo e falei para meu pai que disse que iria me comprar um presente especial que namorado algum iria me dar o fora, fiquei sem entender e perguntei do que se tratava. aí ele me disse que iria comprar um conjunto de langerie erótica que iria fazer meus namorados babarem por mim. só que ele disse que só me daria se ele fosse o primeiro a ver vestida, mas com estava acostumada andar de calcinha e sutian pela casa, concordei. à noite ele deu um jeito de meus irmãos não estarem em casa e trouxe o presente. eu peguei e fui vestir, nossa, depois que coloquei, até eu fiquei com vergonha. o conjunto era vermelho e com a parte de cima feita só em tiras, mais nada, dava de ver todo meu seios e a parte de baixo tinha dois zipers, um na frente e outro atrás, nossa, uma coisa que achei de puta, mas como tinha concordado em mostrar, fui até ele e ele me viu e assobiou e disse que eu estava linda. mas aí perguntei no que o conjunto iria me ajudar e ele disse com a maior cara de pau, minha filha a parte de cima é super pratica se seu namorado for querer fazer um carinho, basta baixar as tiras, assim ó e mostrou como fazer mexendo nos meus peitinhos, nossa, eles ficaram durinhos na hora só que ela dava uma de professor como se não estivesse de sacanagem, mas me deu um amassinho bem gostoso pegando nos biquinhos e tudo mais e depois disse: e se vocês quiserem dar uma transadinha e só abrir o zíper e se abaixou e abriu o ziper da frente e enfiou o dedo que deu direto no meu grelinho e disse que era só colocar outra coisa no lugar do dedo. aí eu discordei e disse que o buraquinho era mais embaixo e não daria, ele concordou comigo e disse que atrás daria sim e aí foi para traz de mim, abaixou-se novamente, abriu o zíper e enfiou o dedo que deu certinho no meu cuzinho. e disse: viu como dá certinho. eu tava com um tesão enorme e disse uma besteira, disse que o dedo dava certo porque não era durinho, aí ele tirou o pau e colocou no buraquinho do zíper que deu direitinho no meu cuzinho e disse, viu como dá certinho, aí eu disse que não tinha sentido nada ainda e aí ele forçou a cabecinha molhando ela na minha xaninha que já tava toda molhada e enfiou a cabecinha no meu cuzinho, aí me abaixou um pouco para frente e foi penetrando no meu cuzinho, tava tão gostoso que nem senti que estava perdendo o cabacinho do meu cuzinho, entrou que foi uma maravilha, mas ele tava tão excitado que gozou logo dentro do meu cuzinho, aí não teve mais jeito, fomos para o banheiro e começamos a transar, chupei ele pela primeira vez naquele dia e assim comecei dar a ele somente a bundinha por um ano, mais ou menos. o cabacinho de minha xaninha foi só aos 14 anos e, neste dia, bebi um bocado de red bull com uisque para me preparar. nossa foi demais. agora garotas que também fazem o mesmo que eu com seus pais e quiserem trocar experiências, fotos e relatos façam contato pelo e-mail carolaxe16@hotmail.com