RSS contos eroticos

Conto Erotico Meu primo gostoso me comeu.

Meu nome é Julia, 16 anos, corpão. Eu tenho no total cinco primos. Todos fortes, bonitos , fofos e muito safados. Sempre me masturbava, pensando neles nus me comendo, me fazendo delirar... Bem, então nas ferias, nós iamos para a casa de praia da familia, só que meus pais não queriam ir, nem os pais deles. acabamos indo só nós, numa caminhonete. Descrevendo meus primos. 16 Anos (O Caio, lindo, tanquinho, extremamente fofo e querido, super safado, pau de 17 cm) 17 Anos (Augusto, o Gota, ou guto. lindo , perfeito, 19 cm) 18 anos (Nel, Thiago e Henrique, todos EXTREMAMENTE TESUDOS, Todos com a pica de 19 cm) Ok, estávamos conversando, cantando zoando e falando putaria assim que se juntamos na caminhonete, Henrique estava dirigindo, o Thi estava do lado, O Nel estava do meu lado e o Caio do outro. Conversa vai, conversa vem, começamos a falar sobre sexo. A viagem tinha 1:30 h. de duração por inteira, e podiamos falar a vontade. - Caralho, eu to num puto de um atrazo, faz umas 2 semanas que não tranzo nem bato uma, to sem mina e punheta é uma merda depois que se acustuma com elas. - O Nel falou. -Naas, no atrazo vale tudo -risos- Eu falei. -Então bebê (meu apelido para eles) Já tranzou ? Todos me olharam com carinha de safados. - Sim , porque ? -Eu fiquei vermelha - Ah, não sei, tu é tão santinha... - Falou o Caio. - Aé ? - Eu sentei no colo do Caio e dei um beijo nele, comecei a tirar a camiseta e chupar seu pescoço, minha mão ficava passando no pau dele e ele estava ficando louco. Num gesto rapido me deitou no banco, e começou a tirar meu short. - VIU ? SOU SAFADA E O CARALHO A 4. - Todos riram - - PORRA BEBÊ, AGORA FIQUEI DE PAU DURO. - TOMA NO CU, VIADO. Todos deram uma gargalhada gigantesca, mas eu queria mesmo era o Nel. Cabelo castanho escuro, olhos castanhos, pele moreninha, tanquinho de ouro, cabelo meio Justin, meio arrepiado, realmente um garoto perfeito. E então começamos a voltar para o papo normal, sexo, pornô e etc... Tudo estava bem. -- Chegamos na casa de praia, estava um calor infernal, e o Thi, Caio e o Henri foram surfar, eu e o Nel ficamos no ar condicionado, arrumando nossas coisas. Tinham no total 5 quartos, mas não iriamos ficarmos separados, iamos todos dormir no quarto do meio, o maior. Senti um beijo no meu pescoço, aqueles de se arrepiar. - E então bebê, vai dormir no lado de quem essa noite? - Não sei, de quem quiser . - Deita na ponta, ok ? Eu deito do seu lado, o Henri , Caio e o Bruno vão dormir cedo, surfar cansa... - Sim eu sei. - Então... como foi sua primeira vez ?Você nunca me contou né - ele fez carinha de triste- -Ah, foi normal. Eu estava dormindo, senti meu cobertor sendo puxado, ele estava dormindo lá em casa, ou seja, rolou. - Gostou bebê ? - Gostei, sexo é a melhor coisa. - Sim... ainda mais quando é feito com carinho, da mais tesão, ir bem devagarinho.. Ele me encostou no guarda roupa, olhando nos meus olhos. se encostou em mim, se me beijar nem nada. - é... minha voz falhou, o tesão era imenso . Ele se aprocimou para me beijar e o telefone tocou. - Tchê, que saco né. Eu ri. - BEBÊ, TÃO PERGUNTANDO SE A GENTE QUER IR NUM BARZINHO RUSTICO A BEIRA DA PRAIA , QUER IR OU VAMOS FICAR EM CASA ? Eu berrei : - NÃO SEI, SE A GENTE FICAR EM CASA, OQUE ACONTECE ? - FILMES, AR CONDICIONADO NO ULTIMO, COBERTAS E BRIGADEIRO OU PIZZA, OU OS DOIS HAHA - OS DOIS, VAMOS FICAR EM CASA HAHA Ele desligou, o tesão ainda estava mais ele sabia que eu ficava pegando fogo com ele prolongando tudo. Voltei a arrumar minhas roupas. - Bebê , vou tomar banho ok ? - Ele me deu um beijo no meu rosto. - Ok, pode demorar se quiser, tenho muito oque arrumar... Prefere que eu arrume suas coisas ? - Pode ser -risos- Beijos. Comecei a arrumar as coisas dele. Esperei ele entrar no banho e abri o netbook dele. A senha estava na dica de senha , foi fácil. Comecei a olhar as fotos dele, ele era realmente muito lindo. Percebi que uma conversa no msn não havia sido fechada, era ele e o Caio conversando antes de vir para cá. Comecei a ler, lá pelo meio da conversa o Caio falou : *~Caio~ diz: Vélho, viu como a bb ta gata ? *Nel diz: CARALHO, A BB TA UM PUTO DE UM TESÃO, EU FICO LOUCO MANO *~Caio~ diz: Tua sorte, porque eu acho que ela quer te dar. *Nel diz: Acho que não... Mas se for, eu quero ela pra mim, ela é perfeita d+ kk Eu juro, eu parecia estar pingando, o tesão era supremo . voltei a ver as fotos, acabei e fui ver os videos. Percebi um video meu , era um do ultimo ano, ele falando de zueira que eu e ele estavamos namorado. Eu sorri, eu sempre fui apaixonada pelo Nel, ele era fofo de mais... Suspirei e fui fazer brigadeiro . Fui fasendo, e na cozinha estava muito quente, com o brigadeiro no fogo, tirei minha blusa, ficando só de bikine e um shortinho. Ainda estava quente, tirando meu shortes vi meu primo me observando, ele estava só de cueca, dava para ver o volume. - Hmmm, tentou ver meu netbook ... - Tentei nada, consigui . - CONSEGUIO ? OQUE TU OLHOU LÁ ? - Nada não, queria ver suas fotos só - risos - - Aaah tá , achei que tinha deixado um negocio aberto. - Hmmm, que negocio ? - Sei lá, e o brigadeiro ? - Aaa droga , tu me distraindo né u-u - Haha , vou botar uma roupa . - Não... falei baixinho, mas ele ouviu. - Hmmmmm, não porque hehe ? Ele me abraçou por trás. Senti os lábios dele roçando no meu cabelo, ele estava com um cheirinho perfeito, docinho pra falar a verdade, a lingua dele percorreu meu pescoço. - C-cuidado, esta quente. Tirei o brigadeiro do fogo, e botei o conteudo da panela dentro de um recipiente e botei no frizer, para ir mais rapido. Ele pegou uma colher e raspou uma parte da panela, assoprou e comeu. - E a nota ? - eu disse - - 10, véi, faz mais, vou comer um monte , é muito bom! - Ook , vai lá ligando o ar. A pizza pesso depois. Ele entrou e ligou o ar. -- Quando entrei ele já estava deitado, escolhendo um filme. - Que filme vai ser ? - Ele disse - Pornò, pega um que tenha bastante sexo lésbico. Anda logo . - Hmm, tu gosta ? - Sim, afinal, sou bi. - SÉRIO ? - Sim, porque o espanto ? - Da tesão - risos - - Hmmm, bota logo o filme. Não demorou muito e uma garota já estava chupando a outra. Peguei e me ageitei, para poder brincar comigo mesma. - Vemk . - Oque ? - eu disse - - Vemk, agora... Fui para perto dele, ele desligou a tv. - Sabia , que eu combinei com eles para eles nos deixarem a sós ? - N-não.. Ele me deu um beijo delicioso. A lingua dele percorria pelo meu pescoço, ele me beijava sorrindo, e me deitava de leve. Comecei a tirar seu calção que ele botara contra minha vontade. Ele dessamarrou a parte de cima e começou a chupar meus seios, me arrepiei. Dessamarrou bem devagarzinho a minha calcinha, se abaixou e começou a passar a ponta da língua envolta da minha entrada "da frente", me deixando mais e mais molhadinha, ele se aproximou mais e começou a passar a língua inteira, não só a pontinha. Eu me contorcia de tesão, ele comessara a me massagear com os lábios e era muito bom. Não se ouvia nada, só meus gemidos e ele começando a chupar com mais e mais vontade. Comecei a me contorser e senti que ia gozar, ele colou a língua dentro de mim, me fazendo gozar muito naquela boca linda. Ele sorria. - Seu gosto é bom... - Sera que o resto também é ? sorri. Tirei sua cueca e comecei a punhetalo, ele não gemia, mas sim rugia. O pau dele pulsava em minha mão, ele me deu um beijo delicioso no pescoço e sussurou no meu ouvido : - Quero de ladinho mô... Fiquei de ladinho e ele levantou um pouco minha perna, para a penetração ser mais fácil. Ele enconstou a cabecinha , e foi colocando devagarinho dentro de mim, senti cada instante mais e mais prazer. Senti suas bolas batendo em mim, ele sussurrou um você é perfeita e começou um vai e vem frenético , extremamente delicioso, ele rugia e eu também. Fiquei de quatro e senti ele mordendo minha bunda, sorri. Ele incostou a cabecinha, mas devido ao gozo que havia soltado enquanto ele me chupara, escorreu e facilitou a entrada. Ele ia rapido, rugindo atráz de mim, senti o pau dele pulsando , sai rapidamente da frente dele e comecei a chupalo, ele gozou em minha boca. Ele me deitou e ficamos abraçadinhos. dormi. Acordamos as três da manhã , com o Henri rindo e falando alto: - AAH , NÃO VALE BB, MEU COBERTOR - E uma gargalhada - Senti o Nel acordar. - A vai tomar no cu, pega o meu, e deixa eu e a bb aqui. - Ui, ele esta bravinho. - Só n te bato pq to nu, sai daqui. - Ui, ele é safadjenho. - Sai daqui henri. - eu falei. - Só porque amanhã vou te comer. Nesse momento o Nel levantou a cabeça. - CARALHO HENRI, DEIXA DE SER VIADO E SAI. - Tá, estressadinho. me virei de modo que pudesse olhar nos olhos do Nel. Ele sorriu e me deu um beijinho, ficamos trocando caricias e eu te amos, dormi de novo abraçando ele. Era 6 da manhã quando acordei com o Sol batendo em meu rosto. Fomos para a praia, surfei e bem, o resto é outra historia. Espero que gostem :}



Gostou? Então Compartilhe!