RSS contos eroticos

Conto Erotico Minha família é sã“ sexo-capitulo 1

Oi, estou aqui ensentivado por minhas irmãs para contar esse relato que ouve comigo e ainda á. eu so felipe hernandes, tenho 15 anos e tenho uma mãe que tem 38 anos com corpinho de 25, tenho uma irmã de 17 e outra de 13. todas elas são minhas amantes, vo comta como começo, a 8 meses no carnaval 2002, eu e minha família fomos a praia passar a semana na casa de meu tio. nesse tempo eu ja estava de olho nas minhas duas irmãs como se elas não fossem minhas irmãs, mas sempre com respeito na frente e muito descreto. minhas duas irmãs eram lindas, mesmo a de 13, ela era muito linda apesar da idade,ela tinha um corpinho muito lindo como se não fosse um corpinho de sua idade , o nome dela é andressa, a minha irmã mais velha se chama ana claudia e minha mãe se chama renata. eu fui com meus migos que ja tinha por ali e meus primos para o centro pois ja era noite, ao chegar lá ja me defrontei com minha irmã que tinha saido com minha prima, fiquei empressionado com o que ouve comigo, pois, minha irmã e minha prima estavam converssando com um carinha amigo de minha prima e isso de certo modo me deu ciumes, passei olhando torto para o cara e continuei com meus amigos, mas sempre arrumando um jeito de vela. no final do dia estavamos na casa de meu tio, lá ainda ficamos todos acordados até altas horas converssando(sem nenhum adulto por perto)todos foram um de cada vez para cama e ir embora, até que todos meus migos foram dormi ou embora, ficamos só eu e minha irmã, estavamos falando de mim, sobre eu andar de skate, enquanto ela falava eu tomava coragem para aprofundar nossa converssa e relacionamentio. depois de um tempo ela só falando de mim, interrompi ela e comecei a falar, e dessa vez eu falei bastante, nesse fala-fala ne perssebi mas estavamos abraçados em baixo de um cobertas e eu com a mão direita em sua perna, foi quando ela começou a falar do carinha que ela estava falando com a prima a noite no centro, ela falou muito até que perguntou se eu estava com ciumes pois foi o que ela perssebeu ao me ver rodeando ela no centro, ficando vermelho e sem pensar muito disse que sim, então ela disse que não precissava pois ela entendia meu estado(ela achava que entendia) foi quando eu soltei a lingua e disse que estava afim dela, ela no impulsso de minha fala pensou por um minuto e me beijou sem diser nada.mas ela não queria passar disso. nesse tempo nem perssebi que minha mãe me olhava desejando-me, fomos embora 2 dias mais cedo, pois minha mãe me disse que se não fosse embora ela ia me agarrar na frente dos meus tios(ela me disse isso a um mês). em casa passou 3 dias, nesses dias eu estava meio que namorando com minha própria irmã sem que ninguém percebesse. num certo dia faltei na escola e fiquei com minha mãe em casa, como era uma família liberada por não ter homem em casa a não ser a mim, andavamos a vontade, eu estava de cuéca samba canção e minha mãe de camisa de meu pai e calsinha, quando reparei em minha mãe como reparei em minha irmã ela me paressia linda, nnisso percebi que el não parava de me olhar com olhares sedutores. minha mãe me desejava, ela subiu até o andar de cima para tomar um banho da manhã e deixou a porta aberta de propósito, entrei no banheiro e vi aquele mulherão meu tesão subiu a mil, ela reparau minha presença de olhos fechados, e começou a se masturba, eu via aquilo e ficava loquinho, mas pensei” droga é minha mãe não posso fazer isso com ela” então sai fui ao meu quarto e fiquei lá pensando nela, derrepente ela entra pelada e diz para mim beija-la não entendendo nada atendo minha mãe. ela diz a mim que queria fazer isso já a muito tempo, arrancou minha cuéca e começou a bater um a pra mim, e logo quando ela olhou bem ela me disse” poxa filho se eu soubesse que você era bem dotado assim eu teria feito isso a mais tempo” sem falar nada ela desse devagar me beijando o corpo inteiro até chaega no meu cacete e começa a chupa ele, e chupava e chupava, mais eu cai na dela e queria dar algo a mais a ela, então num ato de mandar, coloquei ela na camadeitei por cima lhe dei um beijo, beijei seu corpo, mas para provocar não beijei os seus mamilos durinhos e lindos, virei-me e mandei ela chupa meu cacetãoela logo atendeu mas ates perguntou” meus peitos não le agradam?” sem responder para mais provocação, coloquei meu pau na boca dela e comecei a beijar suas pernas ela delirava pois eu beijava bem e cada vez mas perto de sua xoxotinha quando vi pareceia uma represa, ela tava muito molhada, beijei,chupei, mordi bastante aquela xaninha apertada de varios anos de siririca e só naquela xoxotinha, então ela goza na minha boca e eu na dela ela simplesmente limpa meu caralho todinho, viro novamaente e respondo a pergunta que ela me fez” sim mãe adoro seus peitos mais queria deixalos por ultimo” chupei, beijei mordi com força que ela não parava de gemer, quando mordi com muito força ela deu um grito bem forte e começou a dar pequenos chorors de dor, prazer e desejo por mim.
coloquei meu cacete nos seus peitos elas os pressionou e bateu uma espanhola junto com um boquete que foi d+, nisso gozei 2 vezes nelae novamente ela limpa meu cacete e pede para que eu a coma logo, coloquei meu pau na portinha, pincelei um pouco e ela dizia “ mete logo se não, não vô aguenta mais espera.................... mete de vagar tá filho?” eu disse ok, mas não atendi, vi que ela tava molhada. mandei ela da mais uma chupadinha, fico bem molhadinho meu pau e então, novamente coloquei na portinha de sua xana, e ela disse” com calma”.
eu simplesmente sem ouvir nada do que ela me disse coloquei minha cabeça e empurei com tudo, ela deu um grito, e me deu um tapa nas costa logo depois e começou a chorar e berrar de dor e prazer, pois comecei a dar varias bombadas e ela berrando me xingando, quando eu olho e vejo minha irmã mais nova na porta se masturbando, minha mãe pede não para então continuo e minha irmã já que viu que eu vi ela , entra no quarto e senta do lado na cama, quando minha mãe gozou pediu que eu gozasse na xana dela, foi o que fiz e com muito prazer. minha irmã não aguentou e foi de cara no meu pau quando tirei ele de minha mãe e copmeçou a chupa-lo, minha mãe disse” será que você aguenta nois duas?” eu disse sim, minha mãe então me beijou e me deu suya xana novamente para chupar, chupei tanto que ela gozou denovo, logo após já ter gozado. eu vi minha irmã que me chupava mais gostozo que minha mãe e comecei a tirr suas roupas. ela logo nua, deitou na cama e abriu as pernas e disse como minha mãe” come sua irmã, que eu estou morrendo de tesão” cravei nela bem devagar a primera.minha mãe sentindo dores ainda diz” a nela você vai mansso né” então ao ouvir isso comecei um vai e vem muito forte que minha irmã não aguentou e gozou em meu pau muito rapido. minha mãe ficou de quatro e disse termina aqui, olhei para seu cú, mas ela falava de sua xoxota, então cravei fundo em sua bocetinha e bombei até umas horas. mas sem querer perder a chance coloquei na porta do cúzinho dela ela tento fugi mas não deixei, minha irmã também não deixou e então fui colocando devagar e ela gritando”não põe seu filho da puta, tira isso daí caralho, ta doendo muito” isso porque só tinha coilocado a metade ainda. quando terminei de colocar comecei a fazer um vai e vem e ela foi mudardo de idéia, e gritava fode, fode mai, eu te amo me ame. minha irmã ficava chupando sua xana enquanto isso, e em compenssação minha mão chupava sua xana, nós todos gozamos juntos todos gozos longos, agitados e quentes, e logo depois despencamos no sono. essa foi o começo de meu relato aguerde o resto dela, espero que tenham gostado, quem quiser falar comigo mande um e-mail pra mim no endereço: rayzormalcomx@bol.com.br