RSS contos eroticos

Conto Erotico Papai ficou viúvo cedo I

Bom, Vamos a História...
Moravamos em um sitio no inteiror, eu,meu pai e minha mãe.
Meu pai, um homem lindo sempre com a barba por fazer,peito largo,
com 1,88. por fazer trabalhos pesados tipo:arar a terra,plantar..
tinha um corpo definido nos seus 85kg e com 34 anos.
minha mãe era uma mulher pequena e tb jovem com 32 anos...
e eu sendo um garoto normal que tinha uma vida feliz,vivendo na humildade
no campo. pela manhã eu acordava cedo e ia pra escola, voltava ao meio dia
almoçava e ia brincar com meu cachorro, andar a cavalo, tomar banho de rio.
enquanto meu pai dicava no campo trabalhando. e minha mãe cuidando da casa.
minha mãe ja estava no sexto mês de gravidez do segundo filho quando teve uma hemorragia. sendo levada ao hospital não resistiu. vindo a falaecer ela e o bebe.
Minha avó queria me criar mas meu pai disse que ficaria muito triste de perder toda a familia e pediu pra cuidar de mim.então voltamos pro interior...
meu pai se desdobrava pra cuidar de tudo.eu ajudava tb...
e passei a dormir com ele..como o banheiro ficava na rua...usavamos um pinico embaixo da cama pra fazer xixi durante a noite.
aquilo sempre me chamava a atenção pois quando ele sentia vontade de fazer xixi,ele se ajoelhava ao lado da cama, tirava o pau pra fora da cueca e largava na borda do pinico (ou urinol)...eu ficava olhando aquele pau grande,cabecudo e flacido..mas aquilo me chamava a atenção e eu ficava com vontade de pegar,sentir...mas nunca falava.
um dia ele estava mijando..e eu tive coragem e disse;
_pai como teu tico é grande né e tem cabelos em volta.
ele riu e disse:
_quando tu crescer tu vai ser igual a mim.
voltando a deitar, pois era cedo.
eu deitei no peito dele e disse que gostava muito de olhar o tico dele.
ele somente riu e ficou passando a mão no meu cabelo enqianto eu deitado no peito dele acariciava a barriga. tudo sem maldade.
dai tive uma idéia e pedi;
_paizinho, se eu te pedir uma coisa tu deixa?
_oque tu quer meu pimpolho(assim q ele me chamava)
_eu queria ver teu tico de novo..eu acho ele tão grande e bonito.
_bonito? tu acha o tico do pai bonito?
_digo grande e sempre fico olhando quando o senhor faz xixi e sempre me da vontade de pegar pra ver como ele é.
_filho, homem não pega em tico de homem.nem fica olhando...
_eu sei paizinho, mas eu não fico olhando tico de homem. fico olhando o seu
e o senhor é meu pai. e to contando isso só pro senhor...deixa pai, só um poquinho eu olhar ele????
_ta bom filho, mas tu não vai contar isso pra ninguém? e nunca querer ver de ninguém mais, ta certo?
_sim pai prometo pro senhor, não conto pra ninguém e nunca vou pedir pra ver tico de ninguém.
nisso ele baixa a cueca e eu olho aquele pau ainda mole...deitado nos pentelhos...e eu deitado no peito dele. não resisti e disse
_pai, como é grande né? deixa eu pegar um pouquinho pra ver?
e nem dei tempo, fui pegando.
ele riu e disse: chega! e subiu a cueca.
fiquei triste..mas não quis forçar até pq eu era um menino e estava me descobrindo. mas ja sabia que aquilo eu gostava.
um fim de tarde ele chega todo suado e sujo poia havia trabalhando na terra o dia todo. e eu disse pra ele que tomaria banho com ele.
levamos uns 4 baldes de agua pra casinha de banho e mais uma bacia.
e começamos a tomar nosso banho. nisso ele começa a lavar o pau e diz:
_filho tu tem que sempre lavar bem o tico, esgaçar elem lavar aqui pra não ficar fedido...
eu olhando não resisti e mais uma vez peguei o pau dele e passando a mão na cabeça do pau...pergutei se era ali que tinha que lavar bem..
_mas filho. que coisa é essa? tu gosta de pegar pau? pois ta sempre dando um jeito de pegar
_não pai, eu só peguei o teu aquele dia e hj;
e dai ele carinhosamente me perguntou se eu queria acariciar um pau
eu não respondi nada, fiquei com vergonha
tomamos nosso banho em silencio e ele madou eu virar de costas
pois ele disse que faria uma faxina em mim, pois ele havia se descuidado de mim e e eu estava precisando de um banho daqueles.
pegou um pano, passou sabonete e começou a me lavar como se lava uma criança. me esfregou todo.
quando foi lavar minha bunda, ele lavou com a mão...nisso sinto do dedo dele esfregando meu cuzinho....eu abri mais as pernas e ele sentiu que me abri mais.. olhei pra ele e ele estava com pau duro.
mas não falamos nada. nos secamos e fomos pra cozinha jantar.
logo ele me chamou pra dormir...
deitamos e no escuro eu deitado no peito dele falei:
_paizinho, hj no banho eu vi que teu tico ficou grandão.. deixa eu pegar ele um pouquinho? só um pouquinho...deixa?
_ta bom, mas é só um pouquinho ta?
nem falei mais nada, meti minha mão dentro da cueca. pois eu estava deitado no peito dele. e peguei, senti aquilo crescendo na minha mão. abaixei a cueca e fiquei acariciando
nisso ele pergunta se gosto de acariciar..eu disse que sim. que achava macio...
ele gemendo diz:
-filho da um beijinho nele..huuuum
beijei a cabecinha e ele gemendo diz
_que saudades eu eu tava de alguém pegar esse pau..
_filho, não pode contar isso pra ninguém tá?
quer que o paizinho te ensine umas coisas?
_quero, quero que me ensine paizinho....sou teu filhinho obediente...
me ensina tudo.
_então pega assim, acaricia assim, e me ensinou a bater uma punheta...segurando as minhas mãos em torno do pau dele ele batia...
eu estava adorando..
_agora filho vou querer que tu aprenda a mamar...quer mamar o pau do pai?
_como assim paizinho?
poe na boca e mama, lambe como se fosse teu dedo...botou o dedo dele na minha boca e mandou eu mamar primeiro o dedo dele...
e eu fiquei chupando o dedo...
ele disse: assim, não poe os dentes.. agora poe o pau na boquinha e mama
eu boquei aquela torana boca, sentia pulsar e sentia um gosto meio salgado...
_ isso filho, mama, mama gostoso esse pau....lambe ..lambe ele todo..
acaricia o saco do pai....engole ele agora hummmm....filhinho safado...
mama esse pau..quer ele pra ti?
vou te ensinar uma monte de coisas...tu vai ser minha putinha...
e eu mamando, chupando e acariciando o saco..nisso ele segura minha cabeça e diz:
_vou te dar um leitinho quente na boquinha e tu vai beber. beber todinho. ta
e eu só consenti com a cabeça..
e ele gemendo disse;
_isso filhinho....mama, chupa gostoso que vou te encher de leitinho...
tu vai beber todo esse leitinho do paizinho.....e urrou.........hummmmmmmmm
me enchendo a boca com aquele leite quente que eu nem sabia oque era..
mas como ele mandou eu beber tudo....eu sentia aqueles jatos na garganta e ia engolindo....engolindo aquilo que ele dizzia que era leitinho .
fiquei mamando até amolecer.
ele me puxou de volta e não falamos mais nada. logo dormimos.
me acordei de manha com ele fazendo xixi;;;fiquei olhando o pau dele e quando ele deitou novamente eu disse:
_deixa eu pegar ele...e já fui pegando..
logo estava duro e ele só disse que eu era muito safado.ouvindo isso, eu olhei
ele e começei a chupar, chupar com gula...e ele disse:
_já que quer safadezas..me colocou de 4 por cima dele, em posiçaõ de
69.
só que senti ele abrir minha bundinha branquinha e lisa...epassou a lingua aspera no reguinho, pra cima e pra baixo,,,eu gemi e pisquei o cuzinho.
ele disse que eu estava com tesão no cuzinho disse:
_mama gostoso no pau do paizinho...mama...e meteu a lingua no meu cuzinho...
lambia, chupava meu cuzinho, metia a ponta da lingua.....hummmm
eu gemia e chupava aquele pauzão gostoso....ele apertava minha bunda e escancarava bem a bunda....e metia a lingua ...que estava delirando...nisso ele começa alternar lingua e dedos. aqueles dedos esfregando a portinha do meu cu
zinho...e começou a meter um dedo. lambia o cuzinho emetia mais um pouco...começei a sentir uma dorzinha....e gemi...
ele disse pra aguentar...pois ele começaria abrir meu cuzinho.
pois logo ele meteria em mim....
depois que ele estava quase gozando....
me colocou de bundinha pra cima, colocou o pau nas minhas coxinhas...
e fudeu me encoxando....eu sentia o pauzão dele tocando meu saquinho...
e gemeu forte...me lambuzando as coxinhas com seu leite grosso e quente....
logo vou contar oque continuou acontecendo naquele sitio...
com um papai viuvo e um filhinho querido do papai...