RSS contos eroticos

Conto Erotico A amiga da minha filha

sou a márcia, casada 37 anos, uma filha de 14 chamada bia. era uma tarde de sábado, meu marido viajando a trabalho, minha filha saíra, acordei já a tardinha tomei uma ducha, vesti uma calcinha e meu roby resolvi navegar na internet para passar o tempo... li alguns relatos eróticos bem interessantes... na categoria de relacionamento bi, lesbicas por ai... estava bem gostoso eu ate me excitando passando de leve a mão nos meus seios lendo atentamente quando toca a campainha do meu apartamento... pelo olho mágico identifiquei sendo mari uma garota da idade da minha filha que costumava freqüentar nossa casa... abri a porta ela entrou sempre sorridente muito falante... trocamos beijinhos... -- tia (ela sempre me chama assim) a bia esta? -- não querida foi para a casa da minha irmã e depois parece que tem uma festinha com minha sobrinha acho que nem vai voltar hoje, ela havia marcado alguma coisa com vc? a garota fez um beicinho triste... -- não marcamos nada não, sabe o que é, tenho que fazer uma pesquisa na internet um trabalho chato e meu irmão resolveu arrumar nosso computador e, queria usar o de vcs? -- tudo bem, ta lá no gabinete... ela sorriu me dando um beijo e como era de casa foi entrando enquanto fui a cozinha servir um suco para nos, quando me dei conta que não havia saí­do do site de contos eróticos, puxa que mancada... dei um tempo e quando cheguei ao escritório ela estava terminando de imprimir duas paginas... sentei ao seu lado oferecendo o suco... ela então pegou o mouse e com uma carinha safada pediu para dar uma olhadinha... -- tudo bem mas não vai falar nada ta? -- ta tia fica so entre nos... disse dando uma risadinha... então começamos a ler juntas fazendo alguns comentários... mari tem os cabelos compridos lisos, pele clara, seios grandinhos e coxas grosas, usava uma saia jeans e uma jaquetinha sem mangas de barriga de fora abotoada na frente... por já estar naquele clima e com aquela garotinha ao meu lado comecei a sentir um tesão... -- vc gosta desse tipo de conto? -- adoro tia, mas la em casa e um saco o meu irmão sempre ta por perto e quando não é ele é a minha mãe... será que tudo isto é verdade? -- alguns são fantasia que as pessoas na realidade tinham vontade de curtir e jamais acontecera mas outros são verdadeiros, sabe como é o anonimato da internet deixa as pessoas extravasarem suas mais secretas fantasias... enquanto liamos outro senti seu joelho encostar no meu e depois a coxa... correspondi ao contato e assim ficamos de leve esfregando nossas pernas... -- ai nossa ate pode ser fantasia mas ta muito legal, to ate ficando com calor... ela se abanou enquanto dava uma risadinha... falei que tb e disse que iria buscar outro suco gelado... quando ia sair ela falou... -- deve ter umas fotos legais tb... -- mas vc em mari... ela deu uma risadinha... quando voltei sentei mais próxima colocando o braço apoiado no encosto da cadeira dela... -- então tia vamos ver umas fotos... -- vc sua safadinha... -- deixa vai tia prometo que não falo nada pra ninguém... concordei, ela pegou o mouse e voltou para a pagina principal clicando na opção de garotas que se curtem... e começou aparecer varias fotos de garotas e mulheres da minha idade... -- nossa olha essa que bonita... falou ela... e começamos a comentar os detalhes bumbum pernas seios... -- ai nossa olha essa que peituda... falou rindo... ate parece eu? -- mas vc não tem um grande assim mari... -- ai para tia claro que sim, são enormes, horríveis... -- deixa de bobagem, já te vi de biqui­ni aqui em casa na piscina... -- e lembra como são grandes? puxa queria que fosse menores do tamanho dos seus... -- mas vamos combinar os meus tb não são pequenos assim... me virei puxando pro lado o roby mostrando meu seio pela primeira vez ela sorriu olhando... -- olha so que bonitos redondinhos os mamilos pequenos... e os meus??? -- mas isto é assim querida depois normaliza quando vc tiver mais idade... em compensação os meus já estão um pouco flácidos sente so... peguei a mão dela fazendo tocar meu seio... ela me olhava meia nervosa... e falou meio baixo... -- puxa que bonitos... como são macios... não resisti e suspirei ela deu uma risadinha e tb suspirou... -- agora deixa eu ver os teus... -- ai titia tenho vergonha... -- que bobagem mari somos mulheres e como vc falou isto vai ficar so entre nos duas não? ela sorriu concordando... levei a mão abrindo os botões da sua jaquetinha expondo os seios fartos redondos claros com os mamilos grandes... -- ai viu so que feio? -- que bobabem querida são bonitos... levei a mão passando em um e outro... mais um suspiro... -- olha so tia tem uns clips... e foi clicando era alguns arquivos clips de 30 segundos onde aparecia mulheres se acariciando beijando na boca... enquanto eu mantinha a mão no seu peito... pressionei o biquinho entre meus dedos ela deu uma risadinha... -- ai to todinha arrepiada... -- to percebendo teus biquinhos estão bem durinhos... ela baixou a cabeça acompanhando os movimentos dos meus dedos... -- eles são bem sensí­veis? -- são sim... -- da vontade de dar um beijinho... ela deu uma risadinha eu não perdi tempo inclinei a cabeça beijando o biquinho, no mesmo instante que ela suspirou profundamente... passei a lingua sobre o bico que cresceu mais ainda e suguei.... -- ai tia que gostoso... a puxei mais para o lado e beijei suguei o outro seio longamente... quando parei ela sorriu... -- posso fazer tb? - claro querida... ela veio encostando os lábios no meu peito foi uma delicia sua linguinha passava no bico sugando de leve ficou mamando por um longo tempo... -- ai que gostoso nunca tinha tocado beijando um seio antes... falou sorrindo... -- e nunca foi beijada por uma mulher antes? -- não... suspirou olhando para meus lábios... -- então vou te mostrar como é gostoso ser acariciada por outra mulher... passei a mão no seu rosto ela fechou os olhos fui aproximando lentamente ate que nossos lábios se juntaram num beijo suave depois sua boca abriu e minha lí­ngua tomou conta... ficamos um longo tempo nos beijando enquanto nossas mãos tocavam uma no peito da outra... quando finalmente nos separamos estávamos ofegantes... -- ai nossa como a senhora beija bem... -- vc tb querida... tem outras coisas mais gostosas ainda que podemos fazer vc quer? ela não respondeu apenas mexeu afirmativamente com a cabeça... nos levantamos e mais um beijo nossos seios se grudaram... minhas mãos foram tirando a jaquetinha e depois abri o fecho da saia... seu corpo era muito gostoso a calcinha pequena uma bunda grande gostosa... deixei meu roby cair ela olhou para meu corpo suspirando... a levei pela mão ate meu quarto.... nos deitamos lado a lado voltando a nos beijar longamente... depois desci sugando mais os seios... ela suspirando gemendo apertando minha cabeça contra o peito... meus dedos desceram tocando a calcinha senti ela molhadíssima... com sua ajuda logo tirei... quando toquei o clitóris ela deu um gritinho continuei a beijar o seio sugando o bico dando uma mordidinha de leve enquanto meu dedo brincava com seu clitóris e a fiz gozar assim... -- ai tia que gostoso... levei meu dedo a minha boca sentindo seu gosto...