RSS contos eroticos

Conto Erotico O primeiro desejo

Me chamo danny, tenho 23 aninhos, sou morena ,com olhos castanhos claros,cabelos longos de pretos meço 170 e tenho 60kg.tenho um corpinho bem definido, uma boca bem carnuda, seios médio e pernas grossas. sou caloura numa universidade. sempre achei que na universidade acontece de tudo, é lá que temos a liberdade de agir da forma que quisermos. tive muitos namorados, perdi a minha virgindade aos 15 anos com um primo mais velho, e sempre transava com meus namorados, achava muito gostoso.
mas quando completei 18 anos uma menina ( se chamava andréia) deu em cima de mim, achei aquilo muito estranho, rejeitei todas as investidas dela e queria entender porque ela sentia atração por mim.e isso durou uns 3 meses, até quando ela foi embora da minha cidade, achei um alívio porque as pessoas estavam falando que eu era a namoradinha dela. continuei a minha vida namorando meninos, homens mais velhos que adora, esses sim me faziam mulher em todos os sentidos.
voltando para universidade, logo logo fiz muitas amizades com as mais populares de lá, pois sou paty e adoro está em evidência. em um fim de semana fomos para uma balada na casa de um amigo da faculdade se chama edson, moreno alto, corpo atlético um deus grego e solteiro.tinha muitos homens e mulheres, todos dançando e bebendo, fora os muitos amassos que rolavam.eu tava achando um máximo, fiquei com uns 3 carinhos, só um sarro.deixava-os doido e saía fora.adoro me sentir desejada, estava usando um vestidinho claro bem curtinho.quando menos espero, edson em minha direção perguntando se não quero dançar com ele.nossa!!! nem pensei e fomos dançar, eu sentindo aquele homem se roçando em mim, tava muito excitada.ele levou-me para a sala de estudos da casa dele, me sentou na mesa e começou a acariciar-me , diz que eu era muito gostosa, que era mulher para casar.passava suas mãos nas minhas costas, no meu pescoço,beijava-me a boca.... nossa!! eu estava com muito t, louca pra dá pra ele.foi quando vi que tinha alguém observando a cena. uma menina? continuei e olhava pra ela, enquanto o edson, tirava a minha calcinha, e me chupava... pela primeira vez na vida não estava sentindo o t pelo homem que tava na minha frente que o desejava desde de quando o conheci mas pela aquela mulher, que nos observou por algum tempo e saiu.
depois de ter dado pro edson, ficamos juntos a festa toda, mas com os olhos procurava por aquela mulher , morena, mediana ,usava óculos, calça jeans e uma camiseta branca.era bem feminina, parecia ser intelectual.a festa terminou e não a vi, mas perguntei para minhas amigas quem era, e elas disseram que não a viram.pena, achei gostoso o jogo.
na segunda, estava na universidade com minhas amigas e a vejo , nossa fiquei em exctase, era uma mistura de t com alegria.queria conhecê-la, e investiguei quem era.se chama andréia, o 7ºperíodo de direito.passou a semana e fazia questão de observá-la de longe, fiz amizades com algumas pessoas da sala dela para colher informações.me disseram que era uma cdf, e não gostava de festas.eu tava namorando o edson, a gente transava muito mas eu sempre pensava nela...
certo dia, não agüentava mais e fui até a lanchonete onde estava lanchando sentei próximo e disse: - boa tarde, tudo bem? você lembra de mim? ela baixou a cabeça, eu sentia o nervosismo dela. estava usando, uma saia jeans e uma camiseta com um decote lindo, e alguns acessórios.e me respondeu quase que sussurrando: - não! fiquei sem chão mas não perdi a pose e fui me apresentando. – sou danny estou no 1º de direito, e estava na festa do edson.vi você lá nos observando um tempo.
ela respondeu: - me desculpe, foi sem querer.estava passando e vi. nem gosto de sair mas aconteceu. ela me olhou nos olhos, fiquei sem ação.pois a conhecia, era a andréia que tanto dava em cima de mim e eu rejeitava.
ela disse : - que mundo pequeno o nosso? estamos na mesma universidade e nos reencontrando depois de anos.sabe, vivi tanta coisa.tive tantas namoradas que perdi a conta.quando lhe vi na festa lembrei imediatamente de ti, das vezes que estava próximo a você,dos fora que levei. é muito engraçado.
fiquei sem graça, e disse: - é, eu lembrei de você agora que te vi de perto.por que você não me ligou mais depois que foi embora?
andréia explicou que estava muito apaixonada por mim, e já que não queria nada com ela, ou outra mulher achou melhor se afastar de vez.conversamos por meia hora.não tive coragem de dizer que estava com muito desejo de sentir sua boca na minha, sentir o seu cheiro, o seu gosto.nossa tava muito excitada.mas o máximo que conseguir foi trocar telefone.
depois, voltei para o convívio de minhas amigas que pra minha surpresa me falaram que a cdf gostava de mulher, que era pra eu ter cuidado.putz, fiquei com medo de perder as amigas, já que eu estava iniciando naquela faculdade.chega a noite, e sair com meu namorado fomos para um barzinho, beber e petiscar algo.quando a vejo, conversando com uma mulher, aparentemente mais velha.fiquei enciumada, mas ela não me viu.observada cada gesto, movimento das mãos, vi a mulher a tocando por debaixo da mesa, passado as mãos em suas pernas, na sua buceta e ela sorrindo.nossa eu estava com muita raiva, mas não deixava o edson perceber.
elas foram ao banheiro, e disse que iria ao wc.nunca q iria passar pela cabeça dele que iria atrás de uma mulher.chegando lá, só ouvia os gemidos, as duas transando lá dentro.fiquei muito excitada, sentei no vaso e comecei a me tocar,ouvindo o barulho delas, nossa era muito t que sentia, acariciava a minha xoxota pensando nela fazendo em mim.fiquei por lá, até elas terminarem.não cheguei a gozar...retornei a mesa, e edson perguntou porque demorei.e disse: - você sabe como é mulher! estava lotado, e queria ficar linda pra você amor.vamos pra casa?
então formos para o carro, ainda tava muito excitada e enciumada.como estava de vestido, pois adoro usá-los.tirei a calcinha , e ele disse: - nossa estou dirigindo não faz isso.você sabe o quanto gosto de xupar e fuder essa buceta. ele começou a me tocar um das mãos, tava achando gostoso mas pensando na andréia. eu rebolava, no banco do carro, e mexia no pau dele que tava duro.depois, quando chegamos na porta da minha casa, xupei o pau dele, pedi p ele mudar de banco porque queria cavalgar no seu pau.e lá no carro sentei em cima, e subia e descia, até gozar.
entrei tomei, um banho e troquei de roupa ainda era cedo por volta das 22h.não pensei duas vezes, liguei para andréia.queria saber se ainda estava com aquela mulher, ou se estava só.ela atendeu surpresa: - danny? nossa não esperava sua ligação tão cedo.tudo bem amiga? aquilo me matou, amiga? devia ainda está com a namorada?putz!!! e eu disse: - pois é andréia, estava pensando em ti e resolvi ligar.fiz mal?( eu queria q ela dissesse que não que também estava pensando em mim).
ela disse : que bom, mas dannys.posso te ligar mais tarde? é que estou com visita.daqui a 30min te ligo.oh raiva, ela ainda estava lá.fui para minha cama, e acabei por dormir.acordei com o fone tocando, pense num susto, era ela.e disse: - alô? ela começo a fala: te acordei lindinha? desculpa, te ligo amanhã então. disse: - não!!! estava esperando você me ligar..só cochilei.
fiquei puxando vários assuntos com ela, falamos da nossa infância.e ela queria saber do meu namoro, e disse que gostava dele mas não o amava.e foi quando me disse que estava saindo com uma mulher mais velha.fiquei p da vida, mas não demonstrei.perguntei para ela como era transar com uma mulher.riu e disse: - você quer experimentar? eu te ensino. nossa fiquei muito molhada com isso.mas ri e disse: experimentar é? melhor você dizer como é e depois quem sabe, né? somos adultas.

e disse: - vou fazer você gozar por telefone.mas me diga como estais vestida. pra eu imaginar. e depois você fecha os olhos e imagina. (só com isso fiquei mais acesa.).disse: - estou só de blusão e uma calcinha de algodão nada sex. ( tive a curiosidade de perg) e vc? ela respondeu: estou só de blusa porque estou com muito calor, e agora com muito t e desejo por ti , meu amor.
fechei os olhos, e ela dizia: estou sentada ao seu lado na sua cama, começou tocando o seu rosto lindo.e percorro com minhas mãos o seu corpo.em seguida, realizo o meu maior desejo que é toca seus lábios , te beijar.
subo em cima de você, te beijo e fico me enroscando em cima da tua xaninha.é quando começo a ouvir os seus gemidos.e saiu e começo a passear pelo teu corpo, tiro essa camisa, e xupo bem gostoso as tuas tetinhas.nossa, como são deliciosos os seus melões!!! com as mãos fico acariciando a buceta que ta durinha e muito meladinha.
danny? ainda está na linha? respondo: - estou continua e não para isso por nada.estou com muito t..nossa!! andréia não para!!! ela continuou assim: - bom, nossa tou louca p sentir o seu melzinho danny!!! agora passo a língua nessa buceta molhada de desejo por mim.você é a mais gostosa de todas as mulheres que xupei.... agora deixa, eu conhecer essa caverninha...vou por dois dedinhos ta? ( eu estava me acariciando , morta de desejo por aquela mulher... comecei a gemer)
e ela: - nossa amor, eu sabia que um dia você sentiria desejo por mim... se toca vai, acaricia a sua bucetinha vamos gozar juntas... tou colocando os dedinhos em mim...
e assim, gozamos pelo telefone...
depois ela disse: eu sempre amei você!!! fiquei sem jeito e não sabia o que responder. disse que adorei, a experiência e que nos falaríamos depois.pois era tarde e precisávamos dormir.
nos encontramos no outro dia mas isso, eu conto outro dia.