RSS contos eroticos

Conto Erotico Clube dos cornos

bom como esse é meu primeiro conto vou me apresentar primeiro eu sou bco 34 anos 1.70 90 kg pernas grossas pois adoro e pratico muito esportes 18 cm de rola e adoro sexo , sou casado mas como minha esposa é daquelas que casaram é morreram pra vida eu dou minhas escapadinhas de vez em quando claro que tudo muito bem combinado e sempre sexo seguro , tudo que vou narrar eu estava usando camisinha então não preciso me ater a esses detalho. eu sempre tive uma vida sexual muito ativa desde sedo quando adolecente a de adulto , só dei uma parada depois que me casei , me mantive fiel a minha amada esposa por 7 anos de nossas vidas mas como entramos em ritimos diferentes não me contive e com a facilidade da internet não foi muito difícil voltar a ativa , mas no começo foi difícil , mas deixemos de mais delongas e vamos nós ater ao fatos. eu estava no escritório em uma sexta feira muito tranqüila e resolvi entrar em uma sala de bate papo. estava na sala de cornos pois comer a mulher alheia é uma delicia ka pra nós . dei uma passada rápida pelos nick´s e um em especial me chamou a atenção clube dos cornos , claro que não pude deixar de teclar com eles , achei que não iria nem me responder mas para minha supresa fui atendido e todas as perguntas eles respondiam prontamente , também fiz a enquête de sempre né como não poderia deixar de ser . fiquei sabendo que ela um grupo de 8 caras casados e suas esposas devasses que se reuniam em um sitio alugado no interior de são paulo para passar o final de semana fazendo altas orgias , isso me deixou exitadissimo , fui mais a fundo e perguntei o que tinha que fazer pra participar dessa grande farra , então veio a resposta . você tem duas opções a primeira e mais fácil ( fácil ao entender deles né , vamos deixar isso bem claro , pois na minha opnião a outra e muito melhor), é ser corno , ai você marcar com eles leva algumas fotos suas e claro da sua mulher e quase na maioria das vezes você é convidade a participar de um final de semana com eles , mas claro só entrara de sócio depois de ser aprovado , ( ou depois de todos foderem sua mulher até não poder mais ) , o outro jeito de participar é mandar um email para eles com descrição completa fotos diverças e dizem que quanto mais fotos e mais detelha melhor pois a seleção das pessoas fica mais fácil . achei tudo aquilo muito exitante e continuei a perguntar. eles me teclaram que a seleção dos homens são eles mesmo que fazem suas mulheres só ficam sabendo quem vai estar já no sitio mesmo , mas ai veio a coisa mais broxante do muito eles teclaram que a lista de espera pode varias de 8 meses a 1 ano e é claro ninguém garante que você vai ser chamado , o foda é que tudo tinha que ser na base da confiança tinha que mandar meu telefone fixo de contato e se fosse chamado tinha que estar a disposição deles pra uma entrevista previa , eu entendo que eles tem que se preservar pois é a mulher deles que esta na brincadeira mas pra caras casados como eu fica difícil. quando deu a hora do almoço sai da sala de bate papo com o devido email deles anotado muito bem anotado por sinal e fiquei matutando como eu gordinho poderia entrar em uma festança dessa , imaginei que eles recebecem centenas de caras bonitos novinhos e muito malhados pras esposas , meu melhor atributo esta sempre guardado mas mesmo assim não poderia contar apenas com isso , tinha que bolar uma idéia pra não perder essa chance , pois nunca participei de uma orgia dessas . quanto voltei do almoço tive a brilhante idéia de procurar uma gata que eu tinha conhecido a alguns meses atrás e demos uma trepada violente e cheguei a comentar com ela que curtia sexo grupal e ela tinha me dito que também curtia . peguei o telefone e liguei , ela meio surpresa pois depois que eu comi o cuzinho dela eu nunca mais liguei . conversamos muito por quase duas horas no telefone e consegui convensela da minha idéia , ai comecei a por meu plano em ação , entrei em contato com eles e passei por todas as etapas que eles me pediram , não vou descrever pois isso é um tipo de um segredo. eles ficaram de me avisar quando iria acontecer o próximo encontro , já tinha se passado mais de dois meses quando recebi um telefonema falando que ela do clube , já tinha até me esquecido , mas quando atendi era um cara marcando a festa pra sexta a noite em uma cidade do interior me deu todas as cordenadas e pedio sigilo total e muita mais muita pontualidade , liguei imediatamente pra minha amiga que se pessaria por minha esposa e ela disse que estava tudo ok com ela. o meu maior problema foi arrumar uma desculpa pra ficar o final de semana fora de casa , pois como já disse sou casado , mas dei um jeitinho como sempre. na sexta feira fui até a casa da minha amiga e pegamos a estrada no caminho fomos combinando tudo pra não dar bandeira que não éramos casados até descolei um par de alianças com nossos nomes gravados e a safada da minha amiga estava doida pra foder com todos os machos do encontro . chegando no ponto de encontro reparei que tinha muitos carros antes mesmo de para me pediram a senha e me mostraram onde deveria deixar meu carro, era um estacionamento não entendi mas mesmo assim fiz tudo o que dizeram . déssemos do carro e um homem nós esperava no portão. ele me informou para entrar em um ônibus que estava estacionado do outro lado da rua , comecei a estranhar pois essa parta niguem tinha me dito nada , mas quem esta na chuva é pra se molhar entramos no ônibus nossa poltrona era uma das ultimas e assim podemos dar uma olhadas nas pessoas que estavam dentro gente de todo tipo bonita cheia mas todas as pessoas com uma expressão de exitação no olhar . sentamos e depois de uns 5 minutos entrou um outro homem e disse que era pra manter as janelas e cortinas fechadas os vidros do ônibus eram fechados no insulfilme ele nós acalmou e disse que esse ônibus nós levaria para o sitio que ficava a uma hora dali . no caminho ai uma musica suave mas ninguém falava só ouvíamos sussuros e respiração ofegantes , nisso eu também não me contive e comecei a beijar minha amiga tirei os peitos dela pra fora e comecei a chupar ela gemia baixinho , eu pedi pra ele mamar minha rola ele chupou até eu gozar na boca dela como sempre pois ela sempre foi muito sadafa mesmo gozar na boca é dar o cu é com ela mesmo logo que nós recompomos reparamos que não era apenas nós que tínhamos tirado o atraso no caminho. chegando no tal sitio outro homem veio nos receber e pedio pra todos ficarmos juntos pois antes de entrar tínhamos que escutar as ultimas intruções. reparei que já tinha bastante gente no sitio ela um lugar grande e bem iluminado tinha campo de futebol duas piscinas e uma casa enorme mesmo , e do outro lado tinha vários chalezinhos perto de um morro , logo veio 5 homens sendo que todos esses eu já conhecia pois tinha feito a entrevista com eles . eles dizeram que todos alis tinham sido escolhidos pelos seus perfis e tinha vários outras pessoas não casadas na casa que as regras tinham que ser respeitadas e que os seguranças não poderiam participar , pediram também pra quem usassem drogas não usar seringas pois isso implicaria em espulção e coisas desse tipo o que poderia e não poderia fazer , foi então que ele disse a palavra mágica , vamos todos pra dentro e transar como loucos........... entramos na casa em uma sala grande que tinha duas loiras e quatro morenas e vários caras muito mais que mulheres todos pelados , eu e minha amiga como fomos os primeiros a entrar ficamos meio que estáticos mas logo um cara que estava atrás de mim pegou minha amiga pela mão e sei beijando ela pegando em seus seios , outro cara se juntou aos dois e comessaram a dividir minha amiga , eu fiquei meio deslocado pois todas as mulheres já estavam com dois ou mais caras todo mundo tirando a roupa só eu e mais alguns caras ficamos ali parado olhando sem reação parecia saída de estádio de futebol. fiquei muito contrangido de não ter o que fazer pois todos já estavam transando , até os mais velhos e bem mas bota bem mais gordo do que eu estavam transando , dei uma olhada pro lado e um cara me perguntou qual era minha mulher eu dei uma risadinha sem graça e disse que era a loira que estava com os dois caras. ai ele me perguntou se eu não queria tomar uma cerveja , como não tinha muito o que fazer aceitei , mas também não pude deixar de reparar que ele estava completamete pelado , coisa que todos estavam apenas eu agora esta de roupa. acompanhei ele até a cosinha e ele pegou duas latas e ficamos trocando idéia , ele me perguntou se eu não tinha ciúmes da minha esposa , eu disse que não , e ele pediu pra mim ficar avontade , eu não endendi direito e ele deu uma risadinha e falou , tira a roupa ... eu nem sei porque mas tirei ele falou que eu poderia deixar a roupa onde estava que ninguém mexeria em nada , quando me levantei da cadeira reparei que ele estava batendo uma punheta , ele deve ter reparado que eu fiquei assustado e disse se eu também não iria bater uma , disse que estava a fim de usar ela mas não sozinho, nem sei porque disse isso foi a maior besteira que eu disse a noite inteira. ele falou que por isso não poderíamos usar juntos pois ali ninguém era de ninguém . enquanto ele falava isso eu fiquei dando uma sacada no corpo e no pau dele , é confesso que o cara era bem dotado e tinha um corpo super bonito. ele me disse que achava que eu queria bater aquela punheta pra ele e foi se aproximando de mim , ficou a menos de dois dedos a pica dele da minha cara e disse ai cara só bate uma punhetinha vai ! eu dei risada e disse que não posso bater uma punheta aqui onde estou ? eu já não tinha mais nada pra fazer e balancei a cabeça confirmando que sim . ele começou a se punhetar bem pertinho do meu nariz com aquela rola grande de cabeça bem saliente e roxa um pau cheio de veias ele se masturbava e ai se aproximando de mim ai já estávamos os dois mudos só se escutava nossas respirações ofegantes e ele começou a esfregar a pica na ponta no meu nariz eu fiquei inerte sem reação apenas sentindo o cheiro dele e ele não parava cada vem mais perto começou a esfrecar a pica no meu rosto agora despudoradamente sem medo de ser feliz passava a cabeça pela minha boca batia o pau inteiro na minha cara e começou a ficar com a pica toda molhada e lambuzando minha cara , foi nessa hora que fechei meus olhos e fiquei aproveitando nunca tinha feito aquilo mas estava gostando e muito. derrepente eu senti que o pau dele parou de passar pelo meu rosto e abri os olhos foi quando vi ele apontado pra minha boca e ele mandou eu mamar sem medo. pronto lá estava eu machão casado sem nunca ter encostado em outro macho chupando um pau enorme como se fosse uma putinha eu chupava aquela rola e podeia sentir suas veias salientes a cabeça a testura e posso falar chupar um pau é bem melhor que chupar uma buceta. ele se sentou na cadeira e mandou eu me ajoelhar e continuar a mamar o que sim com prazer já que estava gostando mesmo nem reparei que tinha gente me olhando fui apenas chupando aquela tora sempre achei que meu pau era grande o dele não era maior que o meu mas era mais veiudo e cabeçudo , depois de algum tempo ele pediu que eu parace pois estava quase gozando. ele me pegou pela mão e me puxou eu quase cai em cima dele , ele me fez sentar em seu colo e ficou passando a mão por todo meu corpo fiquei arrepiado de tesão. ele lambeu a voltinha da minha orelha e perguntou se queria sentar no seu pau . eu olhei pra trás e reparei que tinha três mulheres e um cara parados na porta assistindo a tudo o que a gente estava fazendo lá. eu disse que não pois tinha vergonha e que nunca tinha dado antes que tudo aquilo era um engano. ele me virou de frente e começou a lamber meu peito e os meus mamilos fiquei novamente arrepiado e ele me disse sossega aqui não tem disse não pode ficar tranqüilo . eu disse aqui nem rola se quiser temos que ir pra um lugar mais confortável. ele se levantou imediatamente e pegou na minha mão e me levou de volta pra sala onde todos estavam transando , quando entrei na sala meu pau ficou duro como pedra pois tinha uma loira fazendo uma dupla penetração bem na porta de entrada e todos transavam , olhei pra minha dereita onde tinha um sofá e reparei que lá também tinha dois caras transando , nisso fiquei mais tranqüilo e mais exitado ainda , ele me puxou até o meio da sala bem no meio mesmo onde tinha vários colchonetes jogados no chão e me pediu pra deitar lá de bundinha pra cima . eu olhei pra ele e disse que a sego não iria entrar , então ele foi até o barzinho e veio com um vidro branco de liquido transparante e disse que eu não precisava me preocupar . então me deitei de costar e ele puxou minha bunda pra cima , abriu minha bunda com as duas mão e começou a lamber meu cuzinho peludo , nossa vou dizer fiquei doido fechei meus olhos e apenas aproveitei aquele coisa maravilhosa que estava acontencedo. foi então que senti um liquido frio escorrendo pelo meu rego , ele estava derramando um tipo de gel ou óleo não sei direito o que era aqui e começou a passar o dedo no meu cu eu estava doido de tesão ele foi passsando de enfiando a ponta do dedo cada vez colocava um pouco mais , eu já estava doido e falei sem medo , mete logo o pau no meu cu. ele não se fez de rogado e se posicionol atrás de mim quando senti a cabeça do seu pau na entrada do meu cu comecei a gemer , ele foi enfiando bem devegar isso demorou muito até ele estar todo dentro de mim , não podia nem acreditar no que estava acontecendo um cara arrombando meu cu no meio de um monte de gente eu eu estava adorando . fui ai que a coisa melhorou a dor passou e ele começou a fazer o vai e vem , meu cu parecia estar todo dilatado ao maximo , a extremidade latejava quando ele encostou os pelos na minha bunda eu gemia como uma vadia no cio ele começou a suar e escorria pelas minhas costas ele acelerou a velocidade , pareceia que eu estava flutuando não sentia mais minhas pernas meu pau estava todo encolhido meu cu completamente aberto e exposto pra ele eu também suava parecia que minha alma iria sair pelo meu traseiro , foi quando ele deu um gemido alto e gozou gostoso dentro me mim eu de quatro e ele se jogou todo pra frente suado pois tinha acabado de gozar , foi ai que olhei em minha volta todos sentados ou em pé sem transar apenas vendo eu dar o cu pro cara , fiquei com uma vergonha fora do normal nunca me senti tão mau na minha vida . minha amiga me olhava e sorria mas não com deboxe e sim com carinho , ele veio em minha direção e pediu licença , o cara saiu de cima de mim ele me chupou pela mão e samos da sala . conversamos e ela disse que tudo estava bem pois isso acontece mesmo , e que eu iria adorar o final de semana que estava apenas começando. eu adorei mesmo , mas isso foi apenas o começo depois em outro conto eu relato o resto que aconteceu ok ...............................fui