RSS contos eroticos

Conto Erotico FINAL DE SEMANA NO RANCHO

Essa aventura aconteceu recentemente. Eu, minha esposa fomos convidados por um casal de amigo a passar um final de semana no rancho. Combinamos tudo ao todo iriam quatro casais. Sendo eu casado e o amigo que me convidou também, já os outros dois são apenas namorados. Não irei mencionar nomes reais aepnas fíticios para evitar transtorno. Meu nome é Henrique, tenho 29 anos, sou moreno, estatura mediana, cerca de 62kg, olhos castanhos e corpo sarado, já minha esposa tem 27 anos, do estilo oriental, branquinha, de olhinhos puxados, cabelos longo liso, cerca de 1m50 de altura. O meu amigo chama Nascimento, tem 28 anos, é loiro de cabelo liso, cerca de 1m85 de altura, já sua eposa Fernanda tem 24 anos, loira de olhos verdes, cerca de 1m55 de altura. Os dois casais que até então desconheciamos são: O carlos de 25 anos, moreno claro, 1m70 de altura, e sua namorada a priscila morena clara, cerca de 1m60 de altura, olhos castanho escuro. O outro casal é o Diego de 23 anos, branco, cerca de 1m75 de altura, cabelo preto e sua namorada a Thais de 18 aninhos apenas morena clara, cabelo liso preto, com tatuagem de borboletinhas aparecendo próximo a cintura, do estilo Dêbora seco. Arrumamos tudo e saimos sábado depois do almoço em dois carros. Em um foram eu e minha esposa e meu amigo com a esposa. No outro foram os outros dois casais. Durante o caminho surgiram várias conversas tortas, dando margem a nossas mentes, uma delas foi onde todos iriam dormir sendo que a casa só possui um quarto grande, uma cozinha e um banheiro. Ao chegarmos desembarcamos as tralhas todas e arrumamos mais ou menos o local. Meu amigo chamou todos para tomar banho de cachoeira,todos aceitaram afinal estava um calor danado. Estavamos todos nos divertindo na cachoeira e dentro d"agua quando começaram as brincadeiras. Os homens tiravam a sunga debaixo da água, as mulheres morriam de rir. Teve uma hora que nascimento teve a brilhante idéia de mandar as meninas virarem o rosto para os homens ficarem nus e pulassem na água. As meninas deram corda e pegaram nossas sungas e sumiram com elas. Incitando a gente falando agora quero ver como vocês vão fazer para sair daí. Eu e os outros rapazes não quisemos saber e saimos pelados de dentro da água. As garotas foram ao delírio, estavamos todos de barraca armada. Elas começaram a correr para a casa e a gente peladão atrás delas. Consegui alcançar minha esposa dentro do estábulo e ali mesmo começamos a fazer amor. O meu amigo pegou sua esposa dentro do galinheiro. O Carlos trepou com sua namorada na varanda da casa e Diego começou a fazer sexo no meio do mato com a namorada. Após isso fomos todos para a casa para arrumar algo para comer, beber e também tomar banho. A noite foi chegando e junto com ela as fantasias que rondavam a cabeça de todos. Por volta de 22:00 resolvemos deitar, colocamos um cochão do lado do outro. No decorrer do tempo fui alisando minha esposa, o mesmo foi acontecendo com os outros casais. O quarto estava escuro. De repente escuto um gemido baixinho, que deixou com um tesão danado parecia que era a Thais dando para o Diego. O tesão foi subindo e logo coloquei minha esposa de quatro e comecei a meter nela como se ninguém tivesse ali. Os gemidos foi aumentando, virando uma bagunça danada, até que acendi uma vela e pode presenciar uma cena inesquecível na minha vida. Todos transando no mesmo quarto. A putaria estava só começando, Meu amigo vira pra mim e fala na tora se eu quero trocar um pouquinho de esposa. Olhei para minha esposa e ela riu gostando da idéia. Só pelo olhar meu amigo já foi colocando o pau na boca da minha esposa nem deixando ela falar nada e eu cai de boca na buceta de fernanda. Diego foi pra cima de priscila e carlos pra cima de Thais. O cheiro de porra tomou conta daquele quarto. Só que ainda não estava satisfeito tinha que matar minha vontade de ver minha esposa transando com mais de um homem ao mesmo tempo. Não demorou muito enquanto minha esposa chupava o pau do nascimento cheio de porra, Diego aproveitou para meter seu pau na buceta dela e carlos no cu. Ficaram assim por uns 30 minutos, tempo que aproveitei para matar a vontade de Thais, Priscila e Fernanda. Cada hora uma chupava meu pau, tinha hora que as três queria colocar na boca ao mesmo tempo. Cada hora chupava uma bucetinha, até que peguei a Thais e a Priscila e coloquei uma em cima da outra de um jeito que meu pau alcançasse a buceta de ambas quase ao mesmo tempo. Hora metia o pau na buceta de Thais, hora metia na buceta de Priscila. E a Fernanda só apreciando a cena e tocando siririca. Eu dava cerca de umas cinco a seis estocadas em cada uma, até que acabei gozando primeiro na buceta da Thais e depois na Priscila. Quando tirei meu pau de dentro delas, ele estava todo lambuzado de porra sendo acabado de ser limpado pela Fernanda. Quando me dei conta da minha esposa, ela estava completamente cheio de porra. Sua buceta, seu cu, sua barriga, sua boca, seu rosto, seu cabelo estavam lambuzados de porra. Diego, Carlos e Nascimento estavam desmaiados quase um em cima do outro. Levei minha esposa até ao banheiro e dei um banho nela. No meio do banho eu minha esposa começamos a transar e nascimento entrou escondido no banheiro. Estava comendo minha esposa de quatro, dava para perceber que sua buceta estava relaxada, quando nascimento encaixou atrás de mim. Tentei reagir mais Carlos e Diego me seguraram logo em seguida. Não sabia o que fazer, o que me restou foi continuar metendo na minha esposa e aceitar aquela situação. Sentir o pau do meu amigo dentro de mim e enfiar meu pau na buceta arreganhada da minha esposa e vendo ela chupar o pau dos outros dois caras. O tempo passava e nada dele e eu gozar, ficamos na faixa de uns 20 minutos até que gozei na buceta e no cuzinho da minha esposa e logo em seguida Nascimento gozou dentro de mim, no começo senti uma dor enorme, mas quando ele gozou senti um prazer imenso. As garotas aplaudiram a cena. Durante a manhã de domigo, fizemos churrasco e a putaria continuou solta. Mulher transando com mulher, Homem transando com homem, uma mulher com dois homens, um homem com duas mulheres e assim por diante até que viajamos no final de tardinha para nossas casas. Foi uma experiência inesquecível, tivemos todo tipo de experiência sexual nesse passeio. Todos os homens foram ativos e passivos, nem por isso deixaram de ser homens, pelo contrário buscaram a certeza de sua sexualidade. Os nossos relacionamentos melhoraram 100%.