RSS contos eroticos

Conto Erotico Quando violaram meu cu dentro de casa.

Então, meu nome é Luciane, tenho 34 anos e resido em Viamão. Sou puta por gosto e diarista por profissão. Gosto muito de mamar num pau ou numa buceta, faço isso desde pequena. Morena meio mulata, 1,60, seios de tamanho médio, xana raspadinha e bastante poposuda. Este é o meu conto de apresentação. Vou contar sobre a vez que entraram na minha casa e violaram o meu cu. Isso foi a 4 anos atrás, quando o pai de uma das minhas filhas, que nunca nos ajudou, veio buscar abrigo em minha casa, com outros dois homens. Relutei em ajudar por que além de ele nunca ter me ajudado e ter me deixado sozinha e grávida, achei que eles estavam até fugindo da polícia. Ele falou: olha só Lu: têm três paus pra você chupar e a gente não incomoda mais. Então eu tive que aceitar. Comera minha comida, tomaram banho. Estavam sempre inquietos ou desconfiados com alguma coisa. Não paravam de olhar para mim até que o meu ex disse: não fiquem só olhando pra essa bunda não... podem atacar! Então, sem mais nenhuma cerimônia, vieram em minha direção e enquanto um deles pegava nos meus cabelos o outro tirava a minha roupa. Graças a Deus as minhas meninas estavam em sono profundo, eram minha única preocupação naquele momento. O que segurava nos meus cabelos botou aquela coisa pra fora e eu logo comecei a chupar. O que tirava a minha roupa começou a dar tapinhas na minha bunda e a falar aqueles nomes feios nos meus ouvidos. Dizia assim: que rabão maravilhoso vc tem. Não poderia acontecer outra coisa, ele penetrou no meu cu. Estava tensa, mas levando um pau na boca e outro no cu estava gostando e ficando cada vez mais molhada. Então o meu ex falou para o que comia o meu rabinho: agora dá licença que a vez é minha! Alguns anos haviam se passado desde nossa última transa e eu havia me esquecido do quanto era grande o pau dele! Enquanto ele penetrava o meu cu eu mamava nos outros dois e já havia esquecido completamente a tensão do momento passado, e eles também. Encostei os meus dedos e comecei a me esfregar; estava adorando aquele pau atolado no meu rabinho. E aqueles dois que eu nunca vi na vida fodiam sem parar a minha boca. Então chegou a vez do último, que era um homem enorme e que em cima de mim ficou pouco tempo por que o celular do me ex tocou. Enquanto ele atendia nós três continuávamos na putaria. Compreendi que eles deveriam sair. Então ele olhou para todo mundo e disse: vamos logo gozar na cara dessa vadia! Então tive que cumprir minha função de cachorra: ajoelhei com a boca aberta e a língua pra fora. O meu ex foi o primeiro a gozar bem dentro da minha boca. Os outros dois logo em seguida. Logo depois saíram meio apressados, mas um deles, aquele maior de todos retornou e me ameaçou dizendo : agora engole tudinho e não conte nada para ninguém! e também saiu... Não precisava ele me ameaçar, mas continuo sem saber o que aqueles haviam aprontando naquele dia além fazer sexo anal na ex-mulher de um deles. e-mail é lu-sempre-boa@bol.com.br putaria e sacanagem a toda hora que eu gosto. E quem quiser ajudar a mim e minhas filhas é só depositar qualquer quantia para uma conta poupança do Banco do Brasil número 986-5 da agência 5745-2 variação 51 porque estamos sempre precisando. Bjos! nos paus e nas bucetinhas tb!
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.