RSS contos eroticos

Conto Erotico Troca de casal maravilhosa

Estávamos eu e minha esposa (núbia) numa boate muito interessante no interior de minas gerais. a noite estava ótima, era janeiro desse ano e a temperatura estava alta, ou seja, pessoas bonitas, vestindo roupas curtas e bem a vontade (inclusive eu e minha esposa). lá encontramos um casal amigo nosso (gláucio e janaína), com quem bebemos a noite toda, dançamos e nos divertimos. o lugar era sensual, luzes e músicas davam esse ar erótico. com o passar das horas, nossas esposas foram ficando mais “alegres” por causa da bebida, e com isso também foram ficando mais liberais. as danças eram sensuais, minha esposa núbia, uma morena de 1,70m, coxas grossas, bunda redonda e gostosa, seios não muito grandes e cabelos pretos, lisos e longos (uma verdadeira delícia) dançava ralando em mim enquanto eu cochichava coisas pornográficas em seu ouvido, percebi que o casal amigo também fazia o mesmo, sem falar quando as duas dançavam juntas (núbia e janaína, que é um pouco mais baixa que núbia mas tem seios maiores e durinhos, um decote maravilhoso, pernas menos grossas mas muito gostosa!), bem pertinho, até o chão... coisas que mulher gosta de fazer. chegou ao ponto de núbia ir ao banheiro, voltar sem calcinha só para continuar me sentindo melhor e eu a ela.
bom, a noite foi acabando e chegou a hora de irmos embora. gláucio e janaína pediram uma carona até o centro da cidade e, obviamente, concordei. a boate fica um pouco afastada do centro e enquanto nós passávamos em frente a algum motel, sempre tinha um para fazer alguma piadinha... até que em um cruzamento, parei o carro esperando o transito e percebi que tinha um motel a esquerda. brinquei acionando a seta e falei para o casal: “vocês esperem aqui que eu e minha esposa vamos entrar... mas prometo não demorar...hahaha”. eles também riram. até que gláucio disse em tom sério: nós vamos entrar também! nesse momento não sabia se eles realmente queriam entrar e se queriam entrar para o mesmo quarto que nós... a verdade é que essa segunda hipótese de estarmos nós 4 numa mesma suíte era muito excitante. núbia estava animada com a idéia e insistiu: vamos amor ... vamos entrar mesmo!!! e eu cedi... entrei no motel e parei o carro no portão e pedi duas suítes, na mesma hora gláucio e janaína esclamaram: mas por que duas??? vamos continuar nossa noite juntos, etc... fiquei assustado, mas meu pau endureceu na hora, confesso que adorei a idéia, mas estava preocupado com núbia, que parecia também estar preocupada e calada. bom, entrei com o carro e descemos dele.
gláucio foi entrando na suíte e antes mesmo de subir as escadas janaina se virou a minha frente e me beijou na boca (um beijão mesmo). aceitei o beijo e parace que núbia também... estava começando a gostar da noite! então eu e núbia fomos tomar um banho, entramos, deixamos a porta fechada, mas não trancada e conversamos sobre o que estaria prestes a acontecer... estávamos meio em dúvida mas com muito tesão, beijei-a na boca e foi então que gláucio entrou no banheiro de cueca, pegou núbia pela mão e a conduziu até a cama. terminei rapidamente meu banho, me sequei e quando saí gláucio estava deitado em cima de núbia, beijando e sarrando. nessa hora fiquei meio mal vendo minha esposa se enrolando com outro cara. voltei para o banheiro, deixei a toalha, janaína foi se banhar e quando entrei no quarto novamente gláucio já estava comendo núbia. nesse instante não me senti mal, pelo contrário, meu pau ficou duro na hora, senti um tesão absurdo vendo núbia dar igual uma puta para nosso amigo gláucio, que não tinha dó, enfiava um pau de 18 cm na boceta da minha esposa e a fazia gemer alto.
foi então que apanhei uma camisinha pois estava resolvido a participar da festa, antes de colocar a caminsinha no pau, janaína saiu do banho, peladinha, gostosíssima, tomou a camisinha da minha mão e começou a me chupar, ficou uns 20 minutos fazendo uma chupeta inesquecível, profissional!!! pedi janaína para parar pois não queria gozar naquele momento.
então já estávamos nós 4 na mesma cama. núbia agora me encarando, com cara de puta enquanto sentava no pau do gláucio. núbia pedia: eu quero os dois... mas janaína interrompeu dizendo: primeiro deixa eu brincar com seu maridão!!! e então comecei a fuder janaína loucamente, fazendo-a gemer como núbia estava gemendo. a cena era linda, eu comendo janaína de quatro, socando forte meu quadril contra aquela bundinha durinha, agarrando seus peitos, vendo seu cuzinho piscando pra mim... enquanto núbia gozava rebolando em cima de glaucio.
núbia foi tomar um novo banho enquanto eu continuava comendo janaína, papai- mamãe, beijando sua boca, até que senti um pau no meio do nosso beijo. era gláucio que enfiou o pau dele no meio do nosso beijo. nessa hora núbia desistiu do banho pois ela sempre quis me ver chupando um pau, mas não aconteceu isso, deixei o pau do gláucio só para as meninas. núbia veio logo e caiu de boca no pau dele. a cena era maravilhosa, as duas chupando gláucio, se beijando, se tocando, igual filme pornô! aproveitei, sem camisinha mesmo, enquanto núbia chupava gláucio comi ela de quatro também. até que não resisti... enchi aquela boceta estourada de porra. gláucio também gozou na cara das duas...
voltamos para o banho, nós quatro agora, rolou um beijo simultâneo entre os casais e com os casais trocados. levei o casal em casa e marcamos a próxima, que seria um jantar na nossa casa... sacanagem pura, mas .... cenas do próximo capítulo.... essa novela real continua até hoje... é só ficarmos sós que a orgia rola.
espero que tenham gostado, o caso é real...