RSS contos eroticos

Conto Erotico Brinquei com fogo e acabei me queimando 2

Leiam o 1º conto para conseguir entender o que aconteceu http://www.contosonline.com.br/conto-erotico/brinquei-com-fogo-e-acabei-me-queimando-1 Vou continuar contando um pequeno trecho do fim do 1º conto para vocês entenderem ok. ............ chegando ao motel entramos e fui correndo ao banheiro porque estava apertada tinha tomado muita água, e quando fechei a porta do banheiro me bateu um arrependimento de estar ali de trair meu esposo, quando sai ele estava sentado na cama com metade da camisa desabotoada e as mangas dobradas ate o anti-braço, me sentei ao lado dele e comecei a perguntar sobre ele, mas ele me abraçou e começou a me beijar vorazmente, nossa que tesão que senti, mas veio a consciência outra vez e me lembrou que eu tinha um esposo maravilhoso e que não merecia aquilo, nesse instante eu empurrei ele e disse: Acalme - se André! Vamos conversar um pouco ta, calma! Ele _ Conversar pra que, estamos conversando a mais de 6 meses por mensagens e por ligações, eu te quero muito, estou louco por você Paixão! E veio pra cima de mim me beijando, aquilo estava me deixando louca de tesão mas eu me controlava muito bem e disse já empurrando ele: “Para André! Eu não quero mais! Vamos embora, não posso fazer isso ta! Chega!” E fui indo para a porta, quando tentei abrir ela estava trancada e a chave não estava ali, nisso ele vem com a maior calma, para bem próximo e diz: “Paixão você acha mesmo que eu ia deixar a porta destrancada? Você não me escapa não! Vem aqui vem!” Já puxando minha cintura contra ele. Eu empurrei e disse que não, pra ele parar, mas foi em vão! Eu estava com um vestido rodado bem florido de salto alto e um fio dental maravilhoso e bem fininho, ele encostou-me na parede me segurando e disse no meu ouvido: “Hoje você vai ser minha Paixão!” eu disse: Por favor, me respeita! Respeite minha decisão! Eu não quero mais to arrependida, vou embora, eu não estou excitada! Não estou sentindo tesão nenhum! Vamos por favor!”E ele já se encostando em mim, tocando meus seios por cima da roupa disse: ”Você acha mesmo que eu vou cair nessa sua conversinha? Hahahaha esquece Paixão, você me deixou excitado de pau duro durante 6 meses agora que estou aqui não vou perder essa oportunidade de jeito nenhum! Colocou a mão entre minhas pernas e eu relutei porque estava muito molhada, não queria que ele percebesse, mas não teve jeito ele era muito mais forte que eu, quando ele me tocou por cima do fio percebeu minha excitação e disse: “Isso tudo é porque você não está excitada hem! Que delicia! Quero chupar ela todinha sabia!” Eu disse que não e comecei a chorar, mas não teve jeito ele me puxou pelo braço ate o quarto, me abraçou por traz sentou na beirada da cama me fazendo sentar em seu colo. Com uma só mão ele conseguia segurar as minhas duas mãos, e foi colocando a mão entre minhas pernas, eu tentei fechar as pernas e não deixar, eu não queria sentir aquilo, meu corpo estava me traindo, mas a tentativa foi em vão, ele me disse: “Paixão quanto mais você resistir melhor vai ficar! Relaxa vai, curte tudo isso! Deixa eu te masturbar do jeito que você disse que gosta, se você continuar resistindo terei que arrancar tua roupa a força e isso pode deixá-la com as roupas rasgadas!” Brutalmente ele enfiou a mão entre minhas pernas colocou meu fil de lado e começou a me masturbar, mordiscar minha orelha e dizer coisas deliciosas em meu ouvido, eu continuei chorando de medo de remorso, acabei deixando ele me masturbar , não conseguia resistir aos toques dele, acabei gozando muito. Ele me colocou na cama, tirou toda minha roupa e se despiu! Nossa o pau dele era muito grande pra mim, tinha mais ou menos 20 ou 21cm de comprimento e 6cm de espessura, eu imediatamente pulei da cama e disse que não, não ia fazer que era muito grande e eu queria ir embora, me levantei e tentei me vestir mas ele segurou meus cabelos me encostando em seu corpo quente e convidativo, levantou meu queixo fazendo olhar em seus olhos e disse: “Paixão eu já disse que você não vai a lugar nenhum! Fique calma! Nós já tínhamos conversado sobre isso antes você se lembra? Lembra que eu só colocaria até o limite? Lembra que eu disse que nunca iria te machucar? Então Paixão relaxa!” Ele puxou meu cabelo eu não senti dor, mas me puxou devagar até ele e me beijou ardentemente, eu continuava apavorada porque estava sem saída, não tinha mais jeito eu não tinha como escapar, o maior medo nessa hora era o André não se controlar e acabar me machucando e como eu explicaria ao meu esposo? Ai sim eu estaria ferrada! Ele me virou de costas pra ele começou a tocar meus seios, apertava bem devagar o biquinho, enquanto beijava minha orelha e a mordiscava, levou a mão em meu sexo e começou a massageá-lo novamente, nossa que delicia que tesão eu estava entrando no clima mesmo com medo dele, eu sentia seu pau duríssimo encostando no meu bumbum e me dava mais tesão ainda. Quando ele viu o tamanho da minha excitação me disse: “Ta vendo só Paixão você já esta relaxando, eu disse que era só você ficar calma e tudo correria bem não disse?! Agora quero brincar um pouco com você ok?!” Ele me deitou na cama de barriga pra cima e começou a me beijar o corpo todo, nesse instante fiquei com medo e comecei a me encolher ele percebeu e se lembrou de que eu nunca tive paciência de receber caricias que geralmente não tenho preliminares antes do sexo, foi então que ele se deitou sobre mim e disse: “Paixão você é um tesão, eu não estava errado, tinha certeza que não me arrependeria de vir até aqui pra te conhecer, mas não quero só o sexo com você! Eu quero te sentir, quero ver você gozando varias vezes sem a penetração, quero tocar cada pedacinho sem precisar te segurar, mas como vamos fazer isso se você já esta se encolhendo toda minha delicia?” Eu mais que depressa tentei empurrar ele de cima de mim mas a tentativa não deu certo e então eu disse: “Amado, eu não consigo, vamos terminar logo com isso ok! Essa história não vai dar certo, eu não consigo deixar, não me machuque por favor!” Enquanto eu falava ele tocava minhas coxas, beijava meu pescoço, descia até meus seios e dava leves mordidinhas nos biquinhos me deixando mais excitada ainda parecia que não estava ouvindo nada do que eu dizia, quando terminei de falar ele parou olhou no meu rosto e disse: “Ok Paixão! Tudo bem! Mas mesmo assim quero você e hoje vou fazer tudo que tenho vontade ok! Fique tranqüila que não vou te machucar mas só tem um jeito de fazer você sentir esses toques! Vou colocar uma venda em teus olhos e em seguida amarrar tuas mãos ok! Mas fique tranqüila não vou te machucar, eu sei que no fundo você esta ardendo em desejos, eu sei que você esta tentando controlar tudo isso, mas não tem jeito amorzinho seu corpo entrega tudo de bandeja pra mim, você esta sentindo tanto tesão que seus músculos estão tendo pequenos espasmos, vou te ajudar a colocar tudo isso pra fora ok!” Ele se levantou e eu fiquei ali imóvel com medo do que iria acontecer, ele pegou o lençol de que ficava por cima da cama e rasgou um pedaço, pediu pra que chegasse mais perto pra colocar em meus olhos, eu me afastei e pedi que não fizesse aquilo que eu iria colaborar, mas não teve jeito ele me puxou me sentou na cama e colocou em meus olhos, em seguida escutei ele rasgar mais 4 parte nossa meu coração disparou,eu fiquei com muito medo, ele veio todo delicado me deitou na cama amarrou minhas duas mãos e em seguida meus pés. Comecei a sentir suas mãos em meus pés e foi subindo devagar parecia que ele estava apreciando, degustando cada pedacinho do meu corpo e ele me disse: “Sabe por que vendei você”? Eu disse que não com a voz tremula e ele respondeu: “Calma minha linda não vou te machucar e nem vou fazer nada do que você não queira ok?! Vendei você porque quero aguçar todos os outros sentidos! Vou te fazer gozar como você nunca gozou antes, vou começar ok se doer você me avisa e eu paro.” Continua .......... espero que estejam gostando desse conto. comentem o que acharão adicione aos seus favoritos que eu posto o resto, ainda tem muita coisa pra contar! Garanto que a surpresa é muito boa
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.