RSS contos eroticos

Conto Erotico Brinquei com fogo e acabei me queimando 3

Leiam o 1º e o 2º conto para conseguir entender o que aconteceu http://www.contosonline.com.br/conto-erotico/brinquei-com-fogo-e-acabei-me-queimando-1 http://www.contosonline.com.br/conto-erotico/brinquei-com-fogo-e-acabei-me-queimando-2 Vou continuar contando um pequeno trecho do fim do 2º conto para vocês entenderem ok. Comecei a sentir suas mãos em meus pés e foi subindo devagar parecia que ele estava apreciando, degustando cada pedacinho do meu corpo e ele me disse: “Sabe por que vendei você”? Eu disse que não com a voz tremula e ele respondeu: “Calma minha linda não vou te machucar e nem vou fazer nada do que você não queira ok?! Vendei você porque quero aguçar todos os outros sentidos! Vou te fazer gozar como você nunca gozou antes, vou começar ok se doer você me avisa e eu paro.” E assim fez, começou a beijar meu corpo inteiro, a tocar meus seios mordiscar os biquinhos, e eu não conseguia mais segurar a excitação então comecei a gemer bem baixinho e ele dizia: “ta gostando né, eu sabia que você não ia resistir por muito tempo Paixão, eu sei que você gosta disso!” Ele desceu e começou a me chupar, nossa que delicia, ele me chupava com tanta vontade, tão gostoso, parou de me chupar e começou uma massagem deliciosa no clitóris, nossa ai fui a loucura, mas ele parou eu escutei ele abrindo a porta e perguntei o que era que estava acontecendo, mas ele me ignorou, der repente escuto ele falando no celular, e ele disse o numero do apartamento e pediu para chegar e entrar, como eu estava vendada não sabia o que estava acontecendo e ele não me disse só disse que era uma surpresa que tinha preparado pra mim, mas que antes ele tinha outra surpresa, escutei um barulhinho estranho e perguntei o que era aquilo, em seguida senti uma coisa diferente que me deixou louca de tesão eu quase gozei, ele nem precisou responder o que era, eu já sabia, era 2 vibradores ele pressionava os dois em meu clitóris, alternava com sua língua e me deixava louca de tesão então já não agüentando mais segurar acabei gozando outra vez e pedi implorei que ele me penetrasse, mas ele disse que ainda não e continuou a usar seus dedos, os vibradores a língua em todos os lugares, me massageou o cuzinho, que eu já tinha dito que não ia liberar porque o pau dele era muito grande mas a essa altura do campeonato eu não tinha condições de falar mais nada, o jeito que ele me colocou, a sensação aumenta quando se esta de olhos vendados, parecia que eu iria desmaiar a cada toque dele. Foi quando ele soltou meus pés de minhas mãos chegou bem próximo me beijou com muita vontade e foi encaixando seu pau que estava duríssimo no meio das minhas pernas, a única coisa que consegui dizer foi pra ele ir devagar, mas ele foi cavalheiro demais colocou a cabeça esperou um pouco e foi empurrando devagar ate eu dizer ai ta bom chega, e ai começou aquele vai e vem maravilhoso que foi aumentando conforme eu ia gemendo, ele segurou uma das minhas pernas pra cima de fez muito rápido com muita velocidade e força que delicia que estava, ele parou e disse pra eu não retirar a venda que ele me guiaria, me colocou de 4 e me fudeu deliciosamente, parou me deu umas das bolinhas que vibrava muito forte e sem parar pediu pra eu colocá-la em meu clitóris nossa quase morri de tesão a vontade era maior e eu queria mais e mais ate que quase desmaiei, fiquei mole de um jeito que não consegui segurar o peso do meu corpo e deitei na cama, mesmo assim ele continuou socando com força e bem fundo, a sensação era maravilhosa mas eu ja estava satisfeita e muito cansada, queria parar pois estava quase desmaiando, estava muito fraca. Ele me virou de frente socou quase tudo e acabou gozando, eu adormeci por alguns instantes mas logo acordei com ele mexendo em meu corpo, percebi que ainda estava vendada e levei a mão no rosto para retirar a venda mas ele me interronpe dizendo que ainda não, e começou a percorrer meu corpo com suas mãos, fui sentindo meu corpo ficar eletrico a cada toque, uma sensação jamais sentida antes, e eu disse: "isso é bom, mas calma eu preciso de mais um tempo pra me recuperar". ele responde dizendo que dormi quase 1hr e que tinha mais um surpresa. André era um homem descidido e não ia adiantar eu resistir porque ele iria fazer o que tinha vontade eu querendo ou não, eu então resolvi entrar no jogo e aproveitar aquele momento. Fiz o que ele me pedia, me deitei de frente então senti tocando delicadamente cada pedaço do meu corpo, com algo diferente era macio, delicado, a sensação era diferente de tudo. Beijou-me e veio por cima lentamente me penetrou e começou aquele delicioso vai e vem, ele tirava quase tudo e depois socava tudo e uma só vez, fez isso até que eu gozasse outra vez, em seguida pediu que eu me sentasse e juntasse minhas mãos que ele amarraria as duas juntas dessa vez, assim fiz, vendada e com os pulsos amarrados ele me deu um beijo longo e pediu que esperasse um pouco ali, passado alguns minutos ele volta e coloca algo grande em cima da cama, antes que eu o perguntasse me responde parecendo ler meus pensamentos: "isso é uma maleta cheia de brinquedos e cosméticos eróticos". Fiquei muda e pensativa o que será que ele estava planejando? de onde saira aquela maleta se nós fomos com meu carro? mas preferi ficar calada e escutar suas ordens, então ele me pede para deitar de bruço me ajudou e eu percebi que tinha um suporte ou almofada mais dura que deixava meu bumbum para cima e minha cabeça para baixo, começou a massagear meu bumbu, nossa estava uma delicia foi quando ele me informou queria fazer sexo anal comigo, imediatamente eu tentei levantar e dizer não mas foi em vão ele simplesmente apoiou a mão nas minhas costas e disse pra eu ficar quietinha que não iria doer nada era só eu couperar, não consegui conter meu choro de medo ele vendo meu desespero me disse para ficar tranquila que não ia me machucar e sim me dar um prazer delicioso que era só eu relaxar e sentir. Então disse que iria começar e se eu sentisse dor era pra avisar. Começou me masturbando e chupando minha bucetinha bem gosto em seguida começou a chupar meu cuzinho e colocar a língua, nossa que tesão sem perceber eu já estava rebolando e gemendo feito louca na boca dele, nessa hora ele para abre a tal maleta e começa a tirar varias coisas, passa um gel no meu cuzinho e em seguida começa a colocar algo diferente e duro mas era fino então não senti dor e sim muito tesão, continuou me masturbando e quando ele percebia minha excitação e a minha vontade de gozar ele retirava o objeto e introduzia outro maior e mais grosso um pouco e nunca me deixava gozar fez isso por 4 vezes ate que já muito cansada e cheia de tesão senti que ele se ajeita atrás de mim abre minhas pernas e diz: "Paixão pede pra eu te penetrar pede, se não pedir não vai gozar mais, diz que você quer diz!" em seguida já não aguentando mais acabo pedindo, implorando que ele me penetrasse, ele veio bem devagar e foi colocando bem devagar até que a cabeça do seu pau passasse da entrada nossa que dor, ardeu muito na hora e eu queria parar mas ele pediu que eu me acalmasse e ficou parado até que eu acostumasse, passado alguns segundos ele começou um vai e vem que pra mim não estava nada agradavel, percebendo meu incomodo ele se levanta e pede que eu me levantasse também, como um bom cavalheiro me ajuda a levantar por estar com as mãos amarradas e me guia até uma poltrona diferente que tinha dentro do quarto, pede que eu coloque as mãos no braço da poltrona e diz: “vou te penetrar outra vez Paixão, se você sentir alguma dor por favor me avise, pois não quero você sentindo dor nenhuma somente prazer, fique calma não vou te machucar, mas vai ser diferente de tudo ok?! Tudo bem?” eu só balanço a cabeça afirmando que sim e então ele vem bem devagar e começa a colocar, eu estava muito sensível e resmunguei um pouco como ele percebeu que eu sentia um pouco de ardor ele abaixa o troco e começa a tocar meu clitóris deliciosamente e conseguiu me distrair a ponto de colocar tudo para dentro, quando percebi ele já estava fazendo um vai e vem bem devagar pra não me machucar, eu comecei a sentir um calor que subia até meu rosto e toda minha musculatura anunciava meu gozo mas ele para de massagear meu clitóris pega no meu cabelo levantando minha cabeça e meu tronco fazendo com que eu me encoste totalmente em seu corpo, nossa eu senti uma eletricidade em nossos corpos que me deixava mais excitada ainda, eu estava totalmente molhada e com muito mais vontade que antes, até me esqueci do resto do mundo nessa hora, eu só pensava o quanto aquele momento estava sendo maravilho para ambos, um segundo de puro silencio e ele diz: “ vem bem devagar, não quero sair de dentro de você meu amor, vamos sentar nessa poltrona, se doer você me avisa ta bom linda?!” “Sim, tudo bem” . Respirei fundo e então fiz o que ele pediu, quando ele sentou na poltrona eu senti que entrou um pouco mais e senti uma dorzinha me contraindo com medo, ele me abraça e diz: “Calma Paixão! Vai passar! Relaxa que eu vou te ajudar! Agora você vai abrir as pernas e colocá-las nos braços dessa poltrona ok?! Vou te ajudar”. Me encostou em seu peito, e com toda delicadeza passou suas mãos sobre minhas coxas apertando bem gostoso e levantou uma de cada vez bem devagar, perguntou se estava tudo bem já colocando sua mão em meu sexo me fazendo uma deliciosa massagem e disse: “Delicia coloque seus braços pra cima, isso cuidado pra não me bater (risos), ta gostoso?” Eu: “Humm sim, muito, ahhh continua amor!” Ele: “Nossa você esta toda molhadinha! Que delicia, vamos acelerar vamos, só um pouquinho, você é uma delicia, um tesão, nossa que delicia de sexo Paixão, você é toda apertadinha, ai que delicia, nossa nunca tive que me concentrar tanto pra não gozar sabia?!” Eu: “Humm continua vai amor eu estou quase lá, mais um pouco vai ....” Ele: “Vou parar essa massagem, não é pra você gozar agora, ainda não esta na hora minha Deusa!” Eu: “Por quê? Você só pode estar de brincadeira né?! Eu não agüento mais, estou a ponto de explodir, quero muito, por favor, continue! Vai, por favor! Ele: “Então você esta gostando? Você quer mais é? Pedi mais pede! Só vou continuar se você pedir, diz em voz alta o que você quer? Fala! Eu: “Eu quero você, vai, por favor! Me fode, continua esse vai e vem delicioso eu quero mais, por favor, continue! Ele: “Ok, você esta pronta, vou continuar, só me responde uma coisa, você confia em mim?” Eu: “Pronta pra que? O que você vai fazer, eu confio mais tenho medo.” Ele: “Calma eu sei que você vai gostar! Só vou realizar uma das suas fantasias!” Nesse momento eu gelei, não sabia ao certo o que ia acontecer, mas esta tão gostoso, eu sentia tanto tesão, o jeito que ele me pegava, suas caricias, seu pulso firme me segurando para me penetrar com precisão, nossa quando desejo escondido, quanto tesão, eu estava em êxtase, quando sinto que André para a massagem acelera as estocadas segurando minhas pernas com força ...... Continua .................... Não deixem de comentar, adicionem aos seus favoritos, ainda tem muita coisa gostasa para acontecer, garanto que vou mexer com varias fantasias, safadas e deliciosas de todos. Acompanhem ... Beijinhos molhados Larinha
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.