RSS contos eroticos

Conto Erotico Brinquei com fogo e acabei me queimando 4 (final)

Leiam o 1º, o 2º e o 3º conto para conseguir entender o que aconteceu http://www.contosonline.com.br/conto-erotico/brinquei-com-fogo-e-acabei-me-queimando-1 http://www.contosonline.com.br/conto-erotico/brinquei-com-fogo-e-acabei-me-queimando-2 http://www.contosonline.com.br/conto-erotico/brinquei-com-fogo-e-acabei-me-queimando-3 Vou continuar contando um pequeno trecho do fim do 3º conto para vocês entenderem ok. Nesse momento eu gelei, não sabia ao certo o que ia acontecer, mas esta tão gostoso, eu sentia tanto tesão, o jeito que ele me pegava, suas caricias, seu pulso firme me segurando para me penetrar com precisão, nossa quando desejo escondido, quanto tesão, eu estava em êxtase, quando sinto que André para a massagem acelera as estocadas segurando minhas pernas com força, e subtamente sinto uma língua em meu clitóris, nossa eu não sabia o que fazer, fiquei perdida e cheguei a curvar meu corpo para frente, mas André estava esperto com meus gestos, ele me segurou e me fez voltar o corpo para junto dele e disse: “Calma gata, relaxa se entrega, vai ser diferente, mas vou ter que segurar você bem firme ok vai sentir um pouco de dor, mas garanto que vai gostar, vai sentir muito prazer e nem adianta pedir pra parar!” E assim continuou, eu sentia 4 mãos em meu corpo, o desejo a vontade, era uma mistura de medo e tesão, uma vontade incontrolável de gozar mas toda vez que ele percebia esse fogo subindo ele parava, estava me deixando completamente descontrolada e muito, mais muito cheia de tesão, a vontade era tanta que sinta dores musculares, vendo meu desespero ele disse: “Ok, vou deixar você gozar Paixão, mas antes quero que estique suas mão, quero que você sinta!” Nossa percebi que realmente era o que eu imaginava, aparentemente um rapaz alto, bem definido, forte, mãos grandes, dedos longos, quando toquei seu pau me deu um arrepio delicioso e uma vontade incontrolável que aquele estranho me penetrasse também, seu pênis era grosso e deveria ter mais ou menos uns 20cm. André me disse que era uma surpresa mas não me disse que era boa assim (risos), e ouvi uma voz deliciosa que se apresentava no meio daquela confusão metal que eu estava e me dizia: “Ola Senhorita, você é realmente tudo e mais um pouco que o Andre me disse, nossa que mulher maravilhosa, nossa mil perdões meu nome é Alexandre! Nossa André tem que ser assim mesmo cara? Precisamos deixá-la amarrada mesmo? André: Sim por enquanto, ela não é muito obediente, seus gestos são imprevisíveis e ela tem muita força! Eu: “Ei vamos parar de conversa eu ainda estou aqui e preciso de vocês, por favor, acabe com essa tortura!” André voltou a me massagear e me dando estocadas fortes disse: “então quer dizer, que você se acha no direito de cobrar alguma coisa mocinha? É assim é? Parece que esta gostando, parece que quer mais é isso? Eu: Sim, quero mais, por favor! André: Nossa ta mais molhadinha que antes! Hummm que delicia! Nesse momento ouvi novamente aquele barulhinho que não era mais assustador e sim confortante, pois eu sabia que assim que o Alexandre encostasse aquela bolinha milagrosa em meu clitóris eu iria gozar imediatamente, mas antes disso ele veio me penetrou de uma só vez, me fazendo sentir uma dor aguda e forte, fazendo que que eu desse um grito e pedisse e implorasse que ele tirasse por que eu não suportaria a dor, mas foi em vão por que o André estava gostando, e disse para o Alexandre continuar com o vai e vem, eu não tive alternativa pois estava amarrada e os dois erão fortes o suficiente para me segurar firme e não deixar que eu escapasse nem por 1 segundo daquela tortura, depois de alguns minutos me fazendo senitr aqueles dois membros grandes dentro de mim comecei a sentir uma pontinha de prazer novamente, estava ficando tão bom que eu nunca imaginei que pudesse sentir tanto prazer com uma DP, que delicia, eu estava completamente preenchida e muito satisfeita, escutei os urros de André e Alexandre com todo meu prazer, e isso me deixou muito mais exitada pois nunca tinha escutado nenhum homem urrar com tanto prazer daquele jeito, em seguida Alexandre aumenta as estocadas e coloca a bolinha milagrosa em meu clitóris, até parece que ele sabia que eu gozaria na mesma hora, e foi assim mesmo o tesão era tanto, que gozei desesperadamente, tive orgasmos múltiplos, parecia que nunca ia acabar estava maravilhoso, foi quando por instantes apaguei, e quando voltei já estava na cama sem a venda, desamarrada e sendo observada por 2 homens maravilhosos, só consegui dizer: “Pena que perdi vocês gozando (risos)!” Em seguida o André me diz: “ Mas quem te disse que você perdeu Paixão?” já mostrando uma câmera filmadora, eu fiquei super assustada e já fui dizendo com uma voz desesperada: “O que vocês vão fazer com isso? Pelo amor de Deus eu sou casada isso não pode cair na internet! Por favor apague isso! Desde que horas você estava me filmando? Eu não vi essa câmera em nenhum lugar!” André: Claro que você não viu minha linda! Essa câmera chegou assim que vendei seus olhos, você não percebeu, mas o Alexandre chegou alguns minutos depois que fiz a ligação que você me perguntou o que era se lembra? Então você estava tão preocupada com seus tabus, com seu esposo que nem percebeu quando ele entrou, mas fique tranqüila só quis filmar tudo pra você assistir como foi que tudo aconteceu ok?! Depois que você assistir se você quiser, eu apago esse vídeo, mas só se você quiser! Bom Alexandre valeu cara, vou ficar te devendo essa! Alexandre: Imagina André, foi o maior prazer, eu é que vou ficar devendo essa pra você! Bom tenho que ir agora pessoal, Samanta?! Tudo bem com você? Adorei ter você! Você é maravilhosa! Eu: Sim Ale esta tudo bem (risos), amei conhecer você, obrigada pelo elogio e pelo prazer (risos) Alexandre me deu um longo beijo que me fez acender outra vez e se retirou, nossa ele realmente era lindo assim como André, eu estava muito cansada com fome e um pouco dolorida, André veio bem devagar se deitou em cima de mim me beijou ardentemente e disse pra eu tomar um banho que iríamos jantar, eu tinha perdido a noção do tempo que ficamos ali e até estranhei quando saímos do quarto, passamos o resto da noite juntos, fomos jantar e depois rolou mais um pouquinho de amor, mas dessa vez sem surpresas e bem de leve porque eu ainda estava dolorida, assistimos ao filme e resolvi apagar mesmo para evitar que acontecesse uma tragédia (risos), foi maravilhoso, eu não vejo a hora de repetirmos a dose.
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.