RSS contos eroticos

Conto Erotico Abusei da novinha de 18 anos

Estava em um rodeio na cidade do interior, quando de costas vi uma bela bunda e um corpo fenomenal, então vim por traz e ja soltei uma frase:Oi amiga podemos tomar um drink quando a garota se virou era Lucimara uma gatinha novinha porem caiu em minha graça, já que tenho o dobro da idade, porem corpo malhado e sarado e não aparento, peguei beidas e logo estavamos nos beijando , que linda toda durinha sem barriga impecavel que morninha linda, então eu abraçava ela por traz e a beijava no pescoço meu pau latejava, quando ela dando de inocente deu um empinada e se esfregou em minha rola, eu disse no ouvido dela : Que delicia. Ela se fez de boba e disse:O que? Enfim lá pela madrugada eu dei uma carona e logico parei o carro com aquela gatinha novinha e comecei a beijar e fomos para o banco de traz, pegava no peito dela, ela ia e tirava a minha mao depois de um certo tempo fazendo cu doce eu saquei a minha rola cabeçuda e grossa, ela se assustou e disse: Você não vai por isto em mim não! Então peguei a cabeça dela e soloquei naquela boquinha linda e deliciosa que tesão a cabeçona mau cabia na boca dela e ela dava uma forçadinha e quando batia na garganta ela voltava, quando eu pedi a bucetinha dela e não aguentei e puxei o shortes jeans dela quando ela estava deitada no banco de traz e ela tentou protejer a bucetinha com as mãos porem consegui penetrar, que apertadinha que delicia, parecia virgem e gozei muito em toda a perna roupa e banco do carro dela. No outro dia nos encontramos e ela chupou e deixou eu meter bem devagarinho fazendo muito cu doce, enfim trocamos telefone e fui embora. Quando eu estava em São Paulo ela falava comigo a noite por telefone, inumeras besteteira e disse que eu era mole, porque eu nao soquei com força, que o maior desejo que ela tinha era ser pega com força e sem dó, que gostaria de ser abusada, amarrada e que alguem a fodesse ate ela chorar por dias , que batesse nela e que ela gostaria de sentir medo, e ainda falva porque vc nao me arrombou? porque vc não me pegou a força ? é o meu desejo ha alguns anos .. Vem me estrupar, vem seu mole . Enfim marquei e uma semana de folga fui para a cidade dela, lá chegando nos encontramos e a levei para uma pousada bem longe, na serra do mar onde não havia ninguem somente o caseiro, nos hospedamos então quando chegou no quarto ela disse; Quero ser estrupada todos estes dias, quero ficar amarrada, quero sentir medo,de imediato algemei ela e rasgeui a roupa dela a beijando meu pau estava babando estava a duas semanas sem gozar só para abusar daquela gatinha novinha . Saquei minha rola enorme e grossa e a fiz chupar muito dando tapas na cara dela, depois lambi o cuzinho da putinha e a bucetinha pequenina e a coloquei de quatro e comecei a penetrar meu pau fisicamente parecia impossível entrar naquela bucetinha, ela gemia .. e muito e soquei com força enterrei sem dó como era apertadinha a bucetinha dela na hora de gozar tirei e dei um banho naquele rostinho lindo e dozei gostoso, deixei ela toda suja com minha porra e a fiz lamber e dava tapinhas no rosto dela , quando meu pau estava duro de novo eu soquei no cuzinho e tampei a boca dela e sentia cada milimetro entrando no cu dela e comecei a arrombr e ela gemia horrores e gritava e eu socava sem dó aquele corpo todo durinho e apertadinho.quando não aguentei e gozei de novo enfim a fodi durente dois dias direto que delicia .
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.