RSS contos eroticos

Conto Erotico Aventuras juvenis i - o início

bem, esse é o primeiro conto e de início vou me apresentando: me chamo "t" (inicial não verídica), tenho 16 anos, meço 185 cm, sou do sexo masculino, peso 67.5 kg, moreno claro, cabelos longos, pretos e lisos (até quase o meio das costas) e olhos castanhos escuros. essa história aconteceu há um ano aproximadamente, com uma amiga que eu a conheço a cerca de dois anos, mas nós somos muito íntimos e amigos, e às vezes ficamos sem compromisso. ela tem 16 anos também, não é lindíssima não, mas é muito simpática e tem muitas outras qualidades que substituem a beleza, em excesso (porque um pouco de beleza também é essencial, e isso ela tem), ela é moreninha, magrinha, peitos pequenos e uma bundinha ideal, cabelos negros ondulados e do tamanho do meu e mede 1,70 (aproximadamente).
vamos à história agora: nessa época, agente andava ficando toda semana, agora, com menos freqüência, devido à escola e outros motivos; nós nos encontrávamos numa praça e íamos para um canto escuro, e nos pegávamos, do jeito adolescente, passando a mão em todas as partes, mas não passando da roupa, entendem? pois então, nesse dia foi
diferente. nós estávamos na maior pegação, quando eu, como de costume, fui passar a mão por cima da bocetinha dela, quando eu percebi que o zíper dela estava aberto. aí nesse momento eu comecei a enfiar o dedo e encostando no grelinho dela por cima da calcinha. ela, que estava com a mão sobre o meu tórax, foi descendo a mão, até chegar na minha calça, por cima do pênis. depois de uns minutos nessa 'sacanagenzinha', eu, que estava a ponto de bala, com o pênis duro que nem uma rocha, resolvi dar um passo a frente, e abri meu zíper, deixando ela passar a mão sobre a cueca se ela quisesse, e ela correspondeu às minhas expectativas, e ainda melhor, foi muito além delas: ela começou passando a mão sobre a cueca, massageado meu pênis me deixando com mais tesão ainda, até que ele o tirou pra fora e começou a me masturbar. meu pênis não é gigante, haha, ele é normal: tem seus 17cm de 'altura' e sobre a expessura eu acho que é normal, pelo menos é tão grosso quanto os caras de filmes pornôs que eu vejo, hahahha. mas voltando à história, eu acho que era a primeira vez que ela masturbava alguém, porque ela não tinha muita maestria no ato, hehehehe, mas aos poucos ela foi pegando o jeito, e foi ficando muito, muito bom. enquanto ela me masturbava, eu decidi abrir o botão da calça dela, e quando eu fiz isso, eu enfiei minha mão por dentro da calcinha, e fiquei acariciando a bocetinha dela, que por sinal, estava muito molhadinha. foi uma sensação maravilhosa, a bucetinha dela estava depiladinha e o grelinho dela estava bastante inxado; cada toque que eu dava no grelinho dela, ela dava uma gemidinha, porém abafada pelos nossos beijos. depois de uns instantes, quando um masturbava o outro, nos paramos de beijar (mas não de masturbar) e ficamos olhando um para o rosto de prazer que o outro fazia; estávamos mais concentrados no órgão sexual do outro do que nos beijos e em qualquer movimento ou pessoa que pudessse aparecer perto do local. eu estava quase gozando, quando eu pedi pra ela tocar mais devagar, para prolongar o prazer. e ela fez isso, começou a tocar vagarosamente, e eu aproveitando cada instante e começando a enfiar um dedo na xaninha dela. quando eu ameacei enfiar mais o dedo, ela pediu pra eu não fazer isso, porque ela era virgem e ela nao queria perder a virgindade (mesmo que pelo meu dedo, haha) na rua, e sim num lugar tranquilo. por causa desse 'banho de água fria' e dá cara de triste que eu fiz, ela falou que já estava planejando da gente transar na casa dela, os pais delas viajariam no proximo fim de semana e eu poderia durmir lá (sem os pais dela saberem, lógicamente!). depois dessa eu abri um sorriso de orelha a orelha e lasquei um beijao nela, apertando o corpo dela junto ao meu, fazendo meu pênis ficar totalmente 'esmagado' entre nós dois. no mesmo instante ela ja voltou a mao dela para o meu penis e falou que ela nao poderia demorar muito pra ir embora, entao eu tinha que gozar rápido. então nós voltamos a nos masturbar, mas dessa vez eu fui com minha mao na xaninha, lubrifiquei meu dedo lá, e fui para o cuzinho dela... no momento que eu encostei lá, ela deu um pulinho, acho que mais de susto do que de tesão, hahaha, mas ela aceitou a idéia e parasse que gostou também, hahahha. ela então começou a me punhetar muito rápido e com uns dois minutos eu avisei que eu ia gozar... sem dó nem piedade ela colocou meu pau pra dentro da cueca, conclusão: me gozei todo! hahha, mas diante da situação e do prazer que tava sentindo, eu nem me importei, hahahhahhaahaha.
depois disso eu levei ela até o ponto de onibus; eu estava numa felicidade que só alguem que acabou de gozar gostoso pode estar :d. o onibus dela chegou, e ela foi embora.
assim termina esse meu primeiro conto, espero que tenham gostado. no próximo relatarei como foi a nossa primeira vez. beijos e abraços.