RSS contos eroticos

Conto Erotico Banho de rio com as priminhas mais novas

Oi. Meu nome é Daniela, e encontrei aqui o único lugar pra compartilhar algumas coisas que de fato aconteceram comigo. Pra quem não me conhece tenho 20 anos, faço niver em maio, tenho 1,74, sou magra (jogo vôlei pelo time municipal), cabelos e olhos castanhos claros e pele branquinha. Sempre gostei mto de mato. Meus pais têm um sitio e sempre vamos nós e alguns parentes. Uns 15 min. de casa, dentro da propriedade, tem um açude onde as vezes tomamos banho. O Pessoal mais velho não curte mto, geralmente vamos eu e minhas duas primas, Camila (Cacá) e Joana (Ana). Meninas lindas. Cacá loirinha, pele branquinha e Ana morena clara, com um bumbum grande, bem gostoso pra idade dela. Sempre achei aqueles corpos lindos. Mas nunca falei nada. Sempre vamos nós e outros parentes passar a tarde toda lá. Não sou lésbica, mas garotas bonitas sempre me chamam a atenção e já me masturbei algumas vezes tendo fantasias com garotas. Sempre que se falava em banho no açude pensava naquelas duas meninas só de biquíni brincando na água. Não éramos mto próximas então nunca tive a chance de vê-las se trocando, peladinhas ou algo assim. Inicio desse ano, o pessoal recém tinha chegado de viajem e a gente saiu pra explorar um pouco o sitio (sempre fui meio moleka). Fizemos uma trilha que levou até o açude. Dessa vez ñ ia rolar banho, pq ñ tínhamos colocado os biquínis nem levado toalha. O calor tava terrível, os mosquitos nos matando e aquela agua geladinha ali na nossa frente. Todas loucas pra mergulhar. Cacá disse que ia se jogar na água de qualquer jeito e eu tb tava louca pra fazer isso. Como tava soh a gente e o pessoal ainda tava desfazendo as malas. Sabia q não ia aparecer ninguém ali, e como voltar pra casa depois com calcinha molhada assando a xaninha ñ rola. Sugeri de deixarmos a roupa numa pedra a cair na água (imagina minha carinha de safada na hora...). As meninas ficaram com vergonha, mas curtiram a ideia. Tiraram os tênis fácil. Tive que ser a primeira pra quebrar o gelo. Tirei a blusa e comecei a abrir o short devagarinho. Ana se sentiu mais a vontade e logo tirou a blusinha e a leg. Já naquela hora ñ conseguia tirar o olho do corpo das meninas, uma delicia. Ana num conjuntinho de calcinha e sutiã branquinhos com estampa de borboletas, pernas mais grossas, peitos redondinhos, minha ansiedade foi a 1000, então esperou Cacá tirar devagarinho o vestido. Aquela pele branquinha, linda. Calcinha com estampa de moranguinhos, ainda nem usava sutiã. Foi logo tirando a calcinha, se abaixando e deixando aquela bundinha lisinha apontada pra mim, deu mta vontade de lamber ela toda, mas sabia q a hora ia chegar. Jogou a calcinha de qualquer jeito sobre a pedra, mal consegui ver aquela delicia de corpinho lisinho branquinho novinho, e ela já foi se jogando na água. Terminei de tirar o short, tirei o sutiã, cheguei pertinho da Cacá, disfarçando fiquei com os peitos bem pertinho do rosto dela. Fui tirando a calcinha, percebi q meus peitos chamavam a atenção de Ana, eu adorava isso. Disse que era hora dela fazer o strip-tease e ficar peladinha pra mim. Sorriu, ficou de costas pra mim e tirou o sutiã e a calcinha bem devagarinho. Ela estava bem morena do sol e pude ver aquela marquinha nas costas e a bundinha peladinha bem branquinha. Q tesão, q vontade de morder. Me contentei em dar um tapinha e disse q hj era dia de tirar essa marquinha branca do corpo, me chamou de safada e esperou eu ir primeiro. Sabia q ia rolar alguma coisa, tava indo com calma pra ñ assustar. Caí na água, Ana com mão tapando a xaninha veio logo depois. Seus peitinhos estavam se desenvolvendo e estavam bem pontudos. Mto lindos, pedindo pra serem xupados. Tava tudo perfeito e começaram a rolar umas brincadeirinhas, numa dessas aproveitei pra segurar a Ana por traz, meio de lado bem juntinha do meu corpo e veio a Cacá tentar soltar ela. Senti aquela bundinha apertando contra minha xaninha e no segura e empurra abri bem minhas pernas e fui roçando minha xaninha mto gostoso, ela percebeu o q eu tava fazendo e se deixou levar pela brincadeira. Eu tava segurando por baixo dos peitinhos dela, bem firme e de vez em sempre “deixava escapar” minha mão e segurava com força aqueles peitos gostosos. Veio Cacá por traz, entrar na lutinha e tentar soltar a irmã das minha mãos, então me segurou por traz em meus braços e enrolou as pernas nas minhas... Ficou cada vez mais gostoso e posso continuar contando o que foi rolando. O q aconteceu depois, foi uma das melhores experiências da minha vida, mas o texto ta grande demais e tudo tem q ser contado com os detalhes q merecem. Ñ me importo em falar e ainda me lembro de tudo mto bem. Então se tiverem curiosas ou curiosos é soh me mandar um e-mail pedindo, que juro que escrevo o resto da história. Dani.molinari@live.com ... Bjos : *
Não permitimos pedofilia neste site! Ajude-nos a identificar.