RSS contos eroticos

Conto Erotico Comendo a vizinha novinha

Olá, é a primeira vez que eu escrevo um conto. Tudo que eu escrevo é real. Mudei os nomes por motivos obvios, então vamos lá. Tudo começou quando eu tinha 15 anos, forte, 1,70, 50kg, loiro, olhos castanhos. Minha mãe havia pedido para eu cuidar da minha irmã de 10 anos que ela iria sair de casa. Logo depois que ela saiu, disse para minha irmã para chamar nossa vizinha Bi de 12 anos, (pele dourada, peitos em formação, bunda já bem grande, loira escuro, olhos castanhos)para brincar com ela, sem segundas intensões, apenas para ela não encher meu saco. Quando eu vi ela falando no interfone, percebi que a Bi só aceitou vir aqui quando minha irmã falou que estáva sozinha comigo. Logo que Bi chegou, as duas foram direto pro quarto da minha irmã. Em seguida, Bi vem até meu quarto e pergunta se eu queria brincar de esconde-esconde em casa, eu respondi que não, mas ela ensistiu e eu continuei dizendo que não, dai nesse momento ela fechou a porta do meu quarto só com nós dois, sentou no meu colo e disse sussurando no meu ouvido: por favor, se tu brincar, tenho uma surpresa pra ti. Dai fui brincar. Ela disse pra minha irmã contar até 300 na parte de baixo da casa, e eu e ela nos escondemos no banheiro no andar de cima. Bi entrou e trancou a porta, logo me chamou de safado por que eu só fui brincar por causa da surpresa. No mesmo momento ela me agarrou e me deu um longo beijo, e ela parou por ai. Foi ai que senti a inocencia dela. Mas fiquei muito exitado, tirei meio a força a calça dela, deixando-a só de calcinha. Ela perguntou assustada o que eu tava fazendo, e respondi que iria fazer o dia dela ser o melhor dia da vida dela. Ela sorriu pra mim, e beijei ela novamente, só que dessa vez comecei a alizar sua bucetinha e logo ela parou de me beijar, e começou a dizer que nao era para eu para que tava muito bom. Ela deitou no chão do banheiro, e bem na hora minha irmã gritou ''la vou eu''. ela botou rapidamente as calças e perguntei se a nossa outra vizinha tava. Ela disse que sim. Então ela mentiu pra minha irmã que ia pra casa, e eu falei pra minha irmã ir na casa da nossa outra vizinha. Ela foi. Na mesma hora Bi entra na minha casa e eu levo ela pro meu quarto. Tirei novamente sua calça, e ela disse que nao sabia fazer nada, e então pedio pra me mostrar algum video no computador pra ela aprender alguma coisa. Ela sentou no meu colo e botei um video pornô. Na mesma hora em que a garota do video chupo o pau do cara ela tirou meu pau pra fora. Ela ficou meio em estado de choque quando percebeu o que iria fazer. Então botei minha mão em sua buceta e disse que se ela nao quisesse fazer isso nao precisava. Ela disse entra gemidos que tava louca pra dar para mim. Joguei ela na cama, tirei a calcinha dela (ela ficou só de camiseta) e assim me deixou muito louco vendo aquela bucetinha lisinha sem nenhum pelo, ela disse que depilava por que encomodava. meti minha boca em sua buceta lambendo toda ela. Ela começou a gritar de prazer e dizia pra eu nao parar. Obedeci e fiquei uns 10 minutos nisso. até a hora em que ela me tiro dali, ficou de 4, tirou meu calçao e meteu sua boca no meu pau. Tava tao bom, mas pedi pra ela para que eu tava quase gozando. Ela parou e ficou de 4 esperando o que eu ia fazer. Deitei na cama, virei ela de costas para mim e comecei a enfiar bem devagarinho naquela buceta, e ela gritava de prazer com dor. Quando senti que rompi seu imen saiu sangue, mas bem pouco e ela se assustou. Eu disse que era normal e limpei meu pau de sangue e comecei a enfiar denovo. Sua buceta era bem apertadinha, quando chegou na metade do meu pau, disse pra ela nao gritar muito para os vizinhos nao escutarem. tapei a boca dela e enfiei tudo de uma vez. Ela deu um grito muito forte, mas eu tapando a boca dela ninguem ouvio. Ela entao deitou sobre miim com meu pau cravado naquela bucetinha muito gostosa, e ela agradeceu por aquele momento. Eu disse que so estava começando. Me sentei sem tirar ela do meu pau, botei ela de quatro novamente e comecei a bomba BEM forte. Ela gritava de me deixava mais louco. Gozei muitoooo dentro dela, sem camisinha nem nada. Entao deitei ela na cama e eu sobre ela sem tirar meu pau dela. Tirei meu pau dela e comecei a lamber seus peitos bem pequenos. Rapidamente me animei denovo e comecei a lamber o cuzinho dela. Ela começou a curtir aquela labida e eu disse que iria fazer ela ter muita dor. Antes que pudesse falar alguma coisa tapei sua boca peguei o gozo da sua buceta, lubrifiquei seu cuzinho e enfiei tudo de uma vez só. Ela na mesma hora começou a chorar. Entao parei e ela disse nao para. Comecei a bomba chamando ela de cadela, ate q ela gozo eu eu em seguida tambem. Escutamos o barulho do carro da mae dela entrando na casa dela, e ela disse q iria embora e nao contaria nada pra ninguem. Mintira, comi a outra vizinha que disse que ela contou tudo, mas isso é uma outra historia.