RSS contos eroticos

Conto Erotico Comendo minha namorada na rua

Ola a todos me chamo Jon, tenho 19 anos, moro no pará, há algum tempo leio contos eroticos mas esse é o primeiro que vou escrever, sempre gostei de aventuras e no sexo nom é diferente. Minha namorada se chama Camila tem 17 anos, ela é bem branquinha, tem uma bunda enorme e muito gostosa, cintura fina otima pra segurar, seios fartos maravilhosos e uma buceta suculenta de dar inveja a qualquer mulher, eu nunca resisti sempre caio de boca naquela bucetinha apertada. O que vou contar aconteceu ontem com agente,tudo começou quando descobrimos que minha namoradinha esta viciada na minha pica, isso foi no domingo a noite depois que transamos muito, na segunda feira ela foi trabalhar, falamos de sexo por mensagens o dia todo, ela ja estava muito exitada e eu tambem, assim que ela chegou fomos a academia para malhar um pouco, a academia estava muito cheia e eu disse que queria faze-la malhar de outra forma, sou louco pela buceta dela e lhe falei que eu queria muito transar loucamente e gozar muito, voltamos para casa nessa mesma hora, assim que chegamos tomamos um banho gostoso e entramos no quarto, como sempre fantasiamos e perguntei se ela queria ser a minha putinha, ela na concordou disse que sim, tratei ela feito uma putinha mesmo tirei toda sua roupa,vendei seus olhos e amarrei seus braços com o meu cinto, ela estava louca de tesão, pedi para ela se ajoelhar que a minha putinha ia levar uma surra de pica, ela gostou e se ajoelhou, minha safadinha foi logo abrindo a boca, eu enfiava a pica em sua bokinha sex e tirava, quando eu tirava eu batia no rosto dela com o meu pau bem duro, ela chupou muito mesmo, estava gostando de ser minha putinha. eu ja non aguentando mais deitei ela na cama ainda amarrada e vendada, chupei aqueles peitões gostosos e dizia que ia fuder muito a minha putinha safada, ela dizia que era a minha puta e que queria pica, fui beijando ela ate chegar na bucetona e comecei a chupar e lamber eu ja estava mamando a boceta, ela gemia muito, chupei pra valer ate que ela gritou que ia gozar e gozou na minha boca, eu subi em seu corpo nu e falei pra ela pedir pela minha pica, ela pediu muito e eu comecei a meter, o ritmo foi ficando mais e mais rapido nos dois gemiamos muito, eu perguntava se ela estava gostando de ser putinha e ela dizia que estava adorando, meti bem mais rapido e ela gozou de novo, eu pedi pra ela ficar de ladinho porque eu ainda queria fuder muito, ela impinou bem aquele rabão gostoso todo molhadinho eu meti muito mesmo,batia na bunda dela, dava tapinhas no rosto, chamava de safada e ela adorava, veio a vontade de gozar e eu pedi pra gozar na boca dela, tirei a pica rapido ela abriu a boca e eu gozei muito, foram jatos e jatos de porra na boquinha dela, ficamos na cama um tempo conversando sobre contos eroticos,era por volta de 2 da manhã e eu ja estava de pau duro cheio de tesão de novo, tive uma ideia meio louca mais muito exitante, tive vontade de transar na rua, contei pra ela minha ideia, ela estava com medo de alguem ver mas eu disse a ela que nom tinha niguem na rua e que ela ia gosta da aventura, ela concordou em me dar na rua, então eu fui olhar como estava la fora, nom tinha ninguem, logo ela apareceu atras de mim com apenas uma toalha e uma blusinha, ficamos na porta de casa, eu estava de short ai coloquei o pau pra fora e disse ''me da essa bucetinha gostosa vai minha putinha,'' ela tirou a toalha e virou de costas pra mim, fique louco com aquilo e meti a pica de uma vez naquela bucetão, estavamos delirando de tesão quando pedi pra ela tirar a blusa, ela tirou e eu fiquei mais louco ainda que nom resisti e gozei naquele bundão maravilhoso, se alguem viu eu nom sei mas foi uma delicia fuder na rua, entramos em casa sem acreditar no que fizemos e nos preparamos para a proxima... abraços espero que gostem.



Gostou? Então Compartilhe!